Aerógrafos

Com a ajuda dos colegas estou reconstruindo um Sagyma SW770. A razão de tê-lo desmontado foi justamente aprender a limpar a agulha, já que nunca usei um aerógrafo na vida. De qualquer jeito, estou pensando em comprar um outro aerógrafo de ação simples e gastar um pouco mais. Vi um Badger modelo 200, que promete ser bom para pintar detalhes. Este modelo vale a pena para um iniciante? É fácil de tirar a agulha? Obrigado. 

O Badger 200 é na minha opinião um dos melhores aerógrafos de ação simples. Fácil de usar e resistente.

 

 No entanto vale lembra que a Badger tem dois modelos 200. O antigo que é o que eu conheço, tinha pontas intercambiáveis, grossa, média e fina. Com a troca destas pontas se pode fazer desde coberturas grandes, até pequenos detalhes. Existe hoje um outro Badger 200, modelo NH. Ele usa um sistema diferente com uma única ponta e uma agulha de conicidade variável, que em tese permite com um único conjunto fazer desde traços finos até a cobertura de grandes áreas. Acho o sistema antigo melhor, ainda que você tenha de comprar as pontas adicionais separadas. No estilo antigo só é vendido hoje o com alimentação por cima, Badger 200G

 

O antigo

https://sites.google.com/site/...badger-old-style-200

 

O novo

https://sites.google.com/site/...ushtips/badger-200nh

 

O 200G

https://sites.google.com/site/...rushtips/badger-200g

Originally Posted by rgflores:

Com a ajuda dos colegas estou reconstruindo um Sagyma SW770. A razão de tê-lo desmontado foi justamente aprender a limpar a agulha, já que nunca usei um aerógrafo na vida. De qualquer jeito, estou pensando em comprar um outro aerógrafo de ação simples e gastar um pouco mais. Vi um Badger modelo 200, que promete ser bom para pintar detalhes. Este modelo vale a pena para um iniciante? É fácil de tirar a agulha? Obrigado. 

Eu tenho um 200g para serviços gerais (primer, vernizes...)e ele é excelente, robusto e durável. Ele veio com agulha e bico médios, mas creio que posso colocar o conjunto fine do meu 100g e pintar detalhes, apesar de nunca ter feito isso.

Engraçado como as coisas mudam. Quando eu respondi a este tópico, na página anterior, eu disse que possuía um único xing ling. Pois é... O filho da p... deu pau. Entupiu que nem por decreto divino ele desentope. E olha que ja fiz de tudo. Aerógrafo barato mas não dura nada.

Resultado tive que comprar outro. 

Acabei comprando um IWATA NEO. Não sei se é bom. Alguém conhece/possui? 

Ainda não o recebi, mas espero que seja melhor que estes made in china.

 

Quanto ao Badger 200, onde consigo comprar dele? Cacei em tudo quanto foi lugar e não achei. Ah, só serve no Brasil e de preferencia do modelo velho que o Augusto mostrou.

 

Abraços

Originally Posted by Deodato:

Engraçado como as coisas mudam. Quando eu respondi a este tópico, na página anterior, eu disse que possuía um único xing ling. Pois é... O filho da p... deu pau. Entupiu que nem por decreto divino ele desentope. E olha que ja fiz de tudo. Aerógrafo barato mas não dura nada.

Resultado tive que comprar outro. 

 

Botou em maquininha de ultrassom? Comprei uma e foi uma ótima aquisição. Limpa os aerografos e os pincéis sem deixar porcaria grudada!

 

Originally Posted by Deodato:

Quanto ao Badger 200, onde consigo comprar dele? Cacei em tudo quanto foi lugar e não achei. Ah, só serve no Brasil e de preferencia do modelo velho que o Augusto mostrou.

 

Abraços

Olha, no Brasil vc pode ver com a Challenger em Floripa... O Seu Nilton atende muito bem, alguns acessórios eu compro com ele. Meus aeros, quase sempre, compro na Chicago Airbrush.

 

http://www.challengermodelismo.floripa.com.br/

 

Abs!

Originally Posted by МиГ:
Originally Posted by jacavoadora:
Botou em maquininha de ultrassom? Comprei uma e foi uma ótima aquisição. Limpa os aerografos e os pincéis sem deixar porcaria grudada!

 

Vale a pena essa maquininha?

Cumpre o que promete?

 

 

 

[]s!!!

Que maquininha seria essa?

Eu tenho um desses limpadores ultrassônicos, vale cada centavo. Até já indiquei no Blog

Quanto ao aero Sagyma, se a assistência for a mesma do compressor, caia fora porque é furada!  Comprei um compressor desses Sagyma que só me deu dor de cabeça, tanto que de tanta raiva joguei ele no lixo.

Quanto ao IWATA NEO, ele é uma linha menos precisa do IWATA, mas é melhor que muitos chinesinhos por aí.


Originally Posted by Lucas:

Eu tenho um desses limpadores ultrassônicos, vale cada centavo. Até já indiquei no Blog

Quanto ao aero Sagyma, se a assistência for a mesma do compressor, caia fora porque é furada!  Comprei um compressor desses Sagyma que só me deu dor de cabeça, tanto que de tanta raiva joguei ele no lixo.

Quanto ao IWATA NEO, ele é uma linha menos precisa do IWATA, mas é melhor que muitos chinesinhos por aí.


Buenas!!

 

Lucas e outros amigos, usuários desta banheira de limpeza.

Ficou a questão, o que vcs usam no recipiente para fazer a limpeza dos aeros, água? Outra substância recomendada como no vídeo que postei?

Ou vai depender do tipo de tinta usada durante a pintura?

No aguardo.

 

 

 

[]s!!!

 

O Augusto já explicou. O lance é esse mesmo, aliás no manual do meu vem bem expresso pra não usar produtos inflamáveis!

Eu sempre usei água e umas gotinhas de detergente (pra ajudar a quebrar a tensão superficial da água) e sempre limpou muito bem.

Aliás esta é uma ferramenta que uso muito pouco, pois quase nunca desmonto meus aerógrafos pra limpeza, não gosto de ficar desmontando rsrss. Como eu uso somente acrílicas a limpeza é sempre tranquila.

É isso aí.

O problema é que as pessoas não entendem como funciona o processo e acham que é preciso algum tipo de solvente. Não é um processo químico, é um processo mecânico chamado cavitação. Como disse o Lucas você pode adicionar a água um agente que diminua a tensão superficial, detergentes fazem isso, o que aumenta a eficiência do equipamento.

 

O problema dos líquidos inflamáveis é o risco de algum curto na máquina, principalmente nestas chinesas cujo controle de qualidade é bastante deficiente.

  Bom, eu virei um CONSUMISTA de aerógrafos!!!! Depois de ANOS usando meu velho e bom Gatti AG2, comprei 2 "Xing Ling" na E2046. Um não gostei e passei e fiquei com um TG-135 para uso com tintas metálicas. Comprei um Sagyma SW770 com copo grande só para usar verniz (já tive o dissabor de não ter limpado o aerógrafo direito na hora de usar um verniz!!!!!). Comprei um Evolution que fiquei APAIXONADO e agora estou aguardando um Infinity... acho que paro nestes! rsrsrsrs

 

  Ah, comprei também o tal limpador ultrasonico!

 

  Um abraço a todos.

  Claudio Moura

Originally Posted by edufari:

Desmistificando para mim mesmo a ideia de marcas e modelos, comprei outro dia um da marca F&M, nunca ouvi falar, nem mesmo por aqui.

Paguei $100,00 em um shopping popular.

As expectativas não eram altas, mas quando fui testar o bicho, fiquei impressionado com o controle que consegui ao pintar, o bico é de 0,25 mm e o corpo da agulha é fino, o que sugere trabalhar com pressões maiores; apesar disso, operei com pressão baixa e fiquei impressionado com a uniformidade da camada, com a facilidade com que se controla a quantidade de tinta.

Só não testei em uso efetivo, a espessura do traço, mas em testes também é bom.

Claro que por esse preço, não se pode esperar demais; a qualidade do material de que é feito, não é igual a, por exemplo, um Iwata que tenho, o protetor do bico é bem leve para o tamanho da peça, o que sugere um material de menor qualidade.

Mesmo assim para o nível de pinturas que faço, que não é a de artistas cujas imagens vejo por aqui, atende perfeitamente, tendo no final uma excelente relação custo/benefício para o meu caso.

 

 

 

Edu

Oi Edu!

Confirmo tudo que disseste a respeito desta ferramenta.

Veja que interessante: Por não ter cartão internacional, ter medo de efetuar compras no exterior. Acabei consumindo o que o mercado gaúcho oferecia...O modelo é exatamente o mesmo, porém o nome já mudou mais que 'não sei o quê!'...Comprei o 1º com tal nome TORREBRASIL, depois WS e ainda depois STEULA e agora F&M. Bem esta ferramenta é boa e precisa, porém para quem usa as "auto-mortivas", não há milagres, qualquer um destes tem vida curta, aproximadamente 2 a 3 anos, mas é conforme o uso(é claro, daaá.

O que mais pegou para mim foi que: De tanto desmontar e limpar, notei que as peças de latão internas, cursor do gatilho, perdeu alguma espécie de banho, se é que é banhado, pois estava tão gasto que não sei por que cargas d'água, teve efeito contrário e travava no o'ring. Consegui contornar lubrificando com grafiti.

Quem usa tintas não agressivas, eu recomendo.

Abc

Chaves 

Originally Posted by salvato:
Olá pessoal,

Minha modesta contribuição:
Tenho pouca experiência com aerógrafos. Venho de um Aztek A320 ação simples, passei por um Sagyma 440 dupla ação. Ambos não uso mais. Aztek funciona perfeitamente mas está encostado. Sagyma apresentou vários problemas e acabei colocando-o no lixo.

Há mais ou menos um ano adquiri esse da foto abaixo. Um aerógrafo feito em Taiwan, HD-130 0,3mm dupla ação. Se mostrou, durante esse tempo, um bom aerógrafo...bem mais regular do que o Sagyma. Xing-ling mas ótimo custo/benefício!




Uns 3 ou 4 meses atrás comprei um Hansa 381 0,3mm, dupla ação. Ótimo aerógrafo! Muito superior aos "modelos" que tinha tido anteriormente. Super bacana de usar!




Um abraço,

Gustavo

Saudações gurizada!

Fiquei meio temeroso, pois havia acabado de entrar numa fria comprando um aerógrafo nacional.

Puxa vida, porque não soube deste tópico antes???

E que bom que possuímos colegas negociantes...!

Pois, assim que pagar o Salvato pela compra deste H&S 381, vou investir no H&S 281(0,2mm).

Abc

Chaves

Originally Posted by Rato Marczak:
quote:

Eu desmonto e limpo tudo. Nunca tive problema.


Não é questão de ter problemas. Cada vez que vc desmonta, vc provoca micro-amassamentos nos filetes das roscas, assentos, encaixes, etc. Em alguns casos, isto até 'amacia' o aerógrafo, em outros, vai produzindo folgas ou, para os que tem mãos mais pesadas, aumentam micro trincas sempre presentes.
Um aerógrafo com 50 desmontadas nunca - repito NUNCA - tem as mesmas tolerâncias de um novo ou com uma dúzia de desmontadas... O seu pode estar mais limpo, mas é menos novo.

Não há razão para desmontar sempre.

É legal desmontar aerógrafo. É gostoso, é nerd, é passa-tempo, e nos dá uma sensação que está tudo limpo e organizado (até está.

Mas é ruim para o aerógrafo...


Rato Marczak
www.ratomodeling.com

Fala seu Rato!!!

Tchê! Caso tu tivesse um H&S 381, que tipo de lubrificante tu usaria? Ou recomendaria?

Abc

Chaves

Originally Posted by МиГ:

Depois dos argumentos apresentados, nunca mais desmontarei meu aero.

Creio que comparei uma bacia sônica e desmonte se houver necessidade, uma vez por ano e olhe lá

 

 

[]s!!!

Eu sou desdes que nunca desmonta o aero pra limpar, e posso te afirmar nunca tive problemas com isso, mas lógico uso tintas acrílicas que limpam muito mais fácil que tintas automortíferas por exemplo

Incluir Resposta

Curtidas (2)
LihH PandaHOmarr
×
×
×
×