Aviões Gigantes 1/48.

Pessoal, tenho curiosidade em saber se tem gente por aqui que montou ou esteja montando algúm dos kits gigantes na 1/48, tais como: B-17, B-24,B-29, Lancaster, Catalina,  Hercules, etc. Estou pensando em montar algúm.

Seria legal saber sobre o espaço e  o local de montagem . Processos de montagem, e  principalmente como acomodaram os grandalhões na estante junto com os caças tradicionais. Ou ainda , como arrumaram espaço para expor o bixo na estante.

Para quem já passou por uma dessa,  a publicação de   fotos  seria interessante...

ABRAÇOS

 

Original Post

Salvo se você for como eu, um saudável velho de 66 anos, fuja dos kits grandes. Deixe-os para o pessoal mais avançado na idade que já vai apresentando problemas de visão, de movimentos, de destreza manual mas que tem sobretudo paciência.

Para montar esses kits gigantes, você precisa ter liberado, no mínimo, 1,50mx0.80m para que não haja caos na sua bancada. Isso são medidas mínimas.

O AC-130 artilhado (ou Gunship) da Italeri (1/48), por exemplo, tem 0.60m de comprimento e uma envergadura de 0.80m. Ocupa muuuuuuito espaço...

O pior vem depois: onde os colocar?

As habitações de hoje estão ficando cada vez menores. Moro numa casa com muito espaço e mesmo assim ainda não escolhi o lugar onde colocar os modelos grandes que tenho.

Recomendo-lhe que faça montagens em 1/48, dependendo do kit, em 1/32 e, na medida em que vai envelhecendo, passe para esses kits gigantes que dão um grande prazer na montagem e oportunidade para exercer muita criatividade.

Espero ter ajudado.

Abs e um bom domingo para nós e nossas famílias.

Como disseram aí em cima, kits 1/48 de aeronaves grandes ocupam muito espaço. 

Além disso consomem muuuuuitos insumos. Você pode pensar que um kit 1/48 vai consumir mais ou menos o dobro de um 1/72 em cola, tinta, masking tape, etc. Mas é muito mais que isso, algum engenheiro pode explicar melhor, a minha percepção é que o consumo de insumos cresce exponencialmente com a escala. Montei um wellington na 1/48 há muito tempo e o bixo acabou com meus potes de tinta gunze raf. O mesmo kit na 1/72 iria consumir uma fração disso.

 

São kits muito legais, mas, na maior parte das vezes, antigos. Dentre estes que enumeraste, só o Catalina tem linhas de painel baixas. Entretanto, mesmo os antigos, quando montados, chamam muito atenção. Fiz recentemente a B17F da revell que é o mais fraquinho de todos. Basta ter espaço. Acho entretanto que o hobby é pra dar satisfação e diversão. Por isso vai em frente. O meu B17F está publicado na bancada virtual aviação se quiser dar uma olhadinha.

 

Viper posted:

Eu tenho um B-1 na 1/48 pra montar e mesmo tendo espaço na minha estante, ainda não tive coragem de iniciar a montagem do *Pequenino*.

Resultado de imagem para b-1 1/48

 

Também tenho uma criança dessas, só que na 1/144😎. Mas tenho uma B-17G na 1/48 que será montada, inclusive, em vôo.

Houve um ano em que passei nos cobres parte dos meus bimotores 1/48, como o Do 217 Revell e o B-25 Accurate. De alguns ainda não me desfiz, como o Ju-88 ou He-111, mas fico imaginando se algum dia vou monta-los. 

Espaço é um problema, especialmente se você mora em apartamento. Além disso, sempre lançam novos kits daqueles que você já tem, em geral de melhor qualidade, então acho que é mais lógico reduzir o estoque e, se pintar uma vontade irresistível, comprar um molde novo. Acabei de fazer isso com o Me 410 1/48 - vendi o kit da Revell anos atras, que vinha em uma caixa enorme, e acabei de receber o da Meng, melhor detalhado e em uma caixa menor.

Spit,
 
A gente se anima na hora de comprar kits grandes, mas geralmente desanima na hora de montar e se desespera quando percebemos não ter onde guardar... É óbvio mas a gente continua comprando, sonhando que um dia vamos ter um "hangar" para guardar tudo, além é claro de acreditarmos que teremos tempo para montar todos...
 
Tive uma coleção razoável de caças 1/32, dos quais devo ter montado talvez uma meia dúzia. até não ter mais espaço... Passei tudo adiante, mais uma série de outras coleções e hoje monto apenas militaria 1/35, mas como também existem kits enormes nesta escala, tento evita-los... Nem sempre consigo, tenho um grande tendência "boxmodelistica" de ter kits, apenas pelo prazer de ter 
 
Hoje costumo comprar muito do que me agrada (1/35), quando percebo que "passei do limite" separo alguns menos preferidos e passo adiante, substituindo "parte do vácuo" deles por outros mais novos, melhores ou mais interessantes (assim como o Xerife, que "trocou" um Do 217 Revell por um Me 410 Meng).
 
Tenho algumas recaídas sérias, como aquela coleção de Bombardeiros Die Cast 1/144, comecei comprando um ou outro mais bonitinho, acabei com meia centena e não tenho onde expor, os maiores (tem uns bem grandinhos) estão no fundo de um armário, os menores embalados em plástico bolha em duas caixas grandes que nem sei bem onde guardei... Moral da história, grande é relativo, o espaço necessário para armazenar 2 ou 3 bombardeiros "enormes" 1/48, pode ser até menor que para 50 1/144 "pequenos"...
 
Poucos fogem muito desta regra, no geral temos centenas de kits na caixa, alguns realmente grandes, além de muitos montados também, mas pouco realmente grandes.
 
Nunca contei os meus neste critério, tenho impressão que se o, fizer vou me assustar 
 
PlastiAbraços

Interessante como o pensamento da maioria dos colegas meio que converge para a mesma conclusão: é difícil armazenar kits muito grandes. 

Taí um ponto positivo para a militaria. Geralmente tanques ocupam menos espaço. Um tanque montado na escala 1/35 ocupa muito menos volume na hora de expor e armazenar do que um avião na 1/72. Numa emergência, mudança, etc. é só tacar o bicho dentro de uma caixa de sapatos e já era. Aviação se não tomar cuidado na hora do transporte ou armazenagem cai tudo, asa, aerials, ordnance, trens de pouso.

O espaço é o principal problema, uma vez que eu não me preocupo muito com os sets de detalhamento, etc. Quase sempre monto direto da caixa. Então, nesse caso, vou levar quase o mesmo tempo para montar um Lancaster ou um Bf-109. Sendo que na estante um Lancaster equivaleria a vários 109's.

Esse galpão aí encima daria para colocar uma "meia dúzia" de quadrimotores.

ABRAÇOS

Macoy posted:

Interessante como o pensamento da maioria dos colegas meio que converge para a mesma conclusão: é difícil armazenar kits muito grandes. 

Taí um ponto positivo para a militaria. Geralmente tanques ocupam menos espaço. Um tanque montado na escala 1/35 ocupa muito menos volume na hora de expor e armazenar do que um avião na 1/72. Numa emergência, mudança, etc. é só tacar o bicho dentro de uma caixa de sapatos e já era. Aviação se não tomar cuidado na hora do transporte ou armazenagem cai tudo, asa, aerials, ordnance, trens de pouso.

Os tanques são, hoje em dia, apenas uma parte do item Militaria.

Os veículos de transporte de tanques, os caminhões especializados, os sistemas de defesa antiaérea, os kits de artilharia ferroviária alemã. tudo isso criou uma necessidade maior de espaço que o plastimodelista tem que levar em consideração na hora em que pretende comprar algum kit. Não é apenas o aspecto de ter o dinheiro ou bancada adequada.

Artemius,
 
Sim, mas no geral temos poucos 1/35 "grandes", contei uma dúzia de kits meus acima de 30 cm, o maior com 50 cm, é um Dragon Wagon... É pouco, comparado aos quase 70 cm de envergadura de uma B17 1/48 
 
Lógico, existem algumas exceções, um Dora 1/35 por exemplo, é descomunal 
 
Mas como citado pelo Macoy, aviões são "cruciformes" e ocupam muito espaço, eu tinha, sem grandes problemas, uns 80 aviões 1/72 montados e outros 40 na caixa, enquanto morava com meus pais... Mas quando casei e mudei para um apartamento menor, além de muita coisa quebrar no transporte, não havia onde colocar. Ficaram anos a fio guardados em grandes caixas em cima do armário, até eu tomar coragem e passar adiante.
 
Aliás me livrei de meus 1/32 um pouco antes, só guardei um... Justamente um Phantom F4E II, provavelmente o maior de todos 
 
Conheço ou conheci muitos modelistas com características parecidas, é raro encontrar alguém com uma centena de kits montados, todos devidamente expostos (sem ocupar a casa inteira) e menos de uma dúzia na caixa... Geralmente é o oposto...
 
Seria no mínimo divertido, se cada um colocasse aqui qual seu maior kit, quando comprou, quando montou (ou pretende montar) e como planeja expor.
 
PlastiAbraços

Também monto militaria 1/35. Aliás, 10% de militaria 1/35 e 90% de aviação 1/48.

Acredito que na militaria o problema com espaço seja infinitamente menor com relação a aviação. No geral, o  aspecto "retangular" dos blindados facilita em muito na acomodação na estante.

Sempre montei aviação 1/72 ( 25 anos ), até que minha visão implorava por uma troca de escala. Me desfiz de 90% dos modelos montados  para migrar para a 1/48.

Na 1/72 tudo é festa com relação ao espaço. Em qualquer canto de prateleira acomoda-se 10 ou 15 caças. Agora, na 1/48 a coisa pega . Basta um  Pe-2 ou Bf-110 que  a coisa já complica.

Já montei também allgúns 1/32. Bem, aí a conversa muda de patamar...

ABRAÇOS

Paulão,

Não é tão fácil, veja alguns dos 10m menorzinhos

IMG_20150611_003734

 

Uma B29 tem 30 cm de envergadura e tem alguns até maiores... Não são alguns... São 50 lembra?

Mas você deu uma ótima dica, devo ter quase uma centena de Hot Wheels ocupando quase 2 prateleiras que talvez possam ser liberadas se eu arranjar um destes nichos!

O problema é achar uma parede livre, que não destoe do resto da casa, não pretendo colocar modelos, por exemplo, na sala!

PlastiAbraços

Attachments

Fotos (1)
Rubens posted:
 
Seria no mínimo divertido, se cada um colocasse aqui qual seu maior kit, quando comprou, quando montou (ou pretende montar) e como planeja expor.
 

Meu maior kit no momento, é uma B-17G 1/32 da HK (toda minha coleção é 1/32).  Ainda não está montada como nenhum dos demais kits 1/32, montados só alguns kits da minha coleção 1/48 anterior, todos do período pré FCM, mas estou para me mudar e no novo endereço aí sim terei as condições ideais pra reabir a oficina...   

Mas essa B-17 é um kit que, depois de montado, vai ficar na parede como um quadro.  O kit inclusive vem com um suporte especial pra essa finalidade. 

Aguardando anciosamente pelo lançamento do Lancaster 1/32.

Realmente, nesse tamanho uma opção é colocar o bixo chapado na parede.

Aliás, pendurado rente ao teto também ficaria legal !!

Na 1/32 a conversa fica mais doida ainda.

Abrí esse tópico pelo motivo de termos poucos assuntos sobre os kits grandes aqui na WK. É claro que por motivos óbvios. Eu mesmo monto kits  há muitos anos e assim como outros colegas nunca me aventurei em montar um gigante. Não tem como se fazer um E-Group/ GB pois pouquíssimos se apresentariam.

Incluir Resposta

Curtidas (0)
×
×
×
×