Bf 109 do.primo do Peirre Clostermann

tonythetiger posted:

O Verde 12 é um G-10 do JG 300, avião com que Bruno foi abatido em 14 jan. 1945, ás 11h45, a oeste de Hamburgo, por outra seção da esquadrilha do primo Pierre – que estaria em ação minutos mais tarde há uns 80 km daquele em outro combate.

Tonythetiger,

O site do JG 300 está correto, o "grüne 12" é realmente um Bf 109G-14/AS. A foto abaixo mostra bem isso. Observe a escotilha do tanque de óleo de 35 litros mais baixa, (seta vermelha).

Fonte da imagem: JG 300, Lorant/Goyat, Eagle Editions.

Aqui outro G-14/AS

Fonte da imagem:  https://www.flickr.com/photos/28092068@N03/12292255334/sizes/l

No Bf 109G-10 e K-4 essa escotilha era mais alta para um tanque de 50 litros.

Fonte das imagens: https://www.flickr.com/photos/28092068@N03/8732100815/in/album-72157625342670036/

https://www.flickr.com/photos/28092068@N03/32958814361/in/album-72157625380126592/

Um abraço.

Brettas, O G-14AS com o piloto sentado na abertura do cockpit é o mesmo avião do Bruno das fotos do site do JG 300? E a faixa escura na cauda? Sei que antes o JG 300 foi bordô, depois celeste-branco-celeste. Antes da defesa do Reich já havia G-14AS? E o avião que foi identificado no perfil como G-10? Ou o perfil é espúrio (notei que nele a tal escotilha está baixa e do lado direito, o que não existe) ou não é o avião das fotos. Naquelas de frente no site se vê a camuflagem em onda no bordo de ataque, e uma pintura na parte de baixo, RLM 76, provavelmente (o que combina com o perfil que acompanha aquela foto no Pinterest). Já no perfil de G-10 no site do JG 300 – que afirma que o avião em que Bruno foi abatido é um G-14AS (!) – tem as asas sem pintura na parte de baixo, metal natural... Clostermann n'O grande circo diz que o primo foi abatido num G-14 (não fala de AS, mas as fotos não mentem). Afinal, houve um ou dois aviões do Bruno?

O Bf109 nas fotos é um (Mtt Regensburg Bf109G-14/AS).  No outono de 1944 o Bruno Klostermann voou provavelmente dois G-14/AS "verde 12", antes
de ser abatido em Janeiro de 1945, voando um G-10 (W.Nr 491 213) de construção Erla; também com a numeração "verde 12".

Nessa entrevista Pierre Clostermann fala do primo e das origens e motivos que levaram a separação da família. Clostermann era de família alsaciana católica e a família do primo alsaciana protestante. Com a revogação do Édito de Nantes em 1685 os protestantes saíram da região e a família do primo foi para a Alemanha onde ele nasceria seculos mais tarde. Depois da guerra, Clostermann
procurou informações sobre o primo na Alemanha, temendo ter enfrentado o mesmo em combate.

Esta parece uma informação mais coerente. No entanto a informação que deu base para o perfil do G-10 (que tem o detalhe da escotilha do lado direito e baixa, o que não existe...) é ainda uma incógnita: para esse se sabe até o Wk.Nr, mas nunca vi uma única foto desse avião. Já do(s) G-14AS há fotos, mas em nenhuma se vê Wk.Nr... complicado...

Nos 109 em geral na parte fixa superior (acima do profundor) do leme vertical, relativamente pequenos (cerca de metade do diâmetro da suástica próxima, como se vê nas foto dos aviões do Graf, Bär e Hartmann) , mas a maioria das fotos está numa distância e num ângulo desfavoráveis à identificação. No final da WWII, nos G-10 e K, se vê alguma variação de tipologia e localização (invadindo a parte móvel do leme, ou na parte superior deste), a depender de onde foram fabricados, bem maiores, às vezes cobertos total, ou parcialmente, pela camuflagem de campo (fotos seguintes).

File:Heck Kampfflugzeug.jpg

Aqui uma interessante matéria de um G-10 cuidadosamente restaurado (não sem alguns poréns...) que está no museu Planes of Fame nos EUA e apresenta uma dessas tipologias diferentes de Wk.Nr:  http://www.ipmsstockholm.org/m..._detail_bf109g10.htm

tonythetiger posted:

Brettas, O G-14AS com o piloto sentado na abertura do cockpit é o mesmo avião do Bruno das fotos do site do JG 300? E a faixa escura na cauda? Sei que antes o JG 300 foi bordô, depois celeste-branco-celeste. Antes da defesa do Reich já havia G-14AS? E o avião que foi identificado no perfil como G-10? Ou o perfil é espúrio (notei que nele a tal escotilha está baixa e do lado direito, o que não existe) ou não é o avião das fotos. Naquelas de frente no site se vê a camuflagem em onda no bordo de ataque, e uma pintura na parte de baixo, RLM 76, provavelmente (o que combina com o perfil que acompanha aquela foto no Pinterest). Já no perfil de G-10 no site do JG 300 – que afirma que o avião em que Bruno foi abatido é um G-14AS (!) – tem as asas sem pintura na parte de baixo, metal natural... Clostermann n'O grande circo diz que o primo foi abatido num G-14 (não fala de AS, mas as fotos não mentem). Afinal, houve um ou dois aviões do Bruno?

tonythetiger,

Todas as fotos que estão no site do JG 300 é o mesmo Bf 109G-14/AS "grüne 12" e a foto que eu postei acima com vista do lado esquerda também. Na minha foto é um mecânico que sentado sobre o cockpit. Em outras fotos, o piloto sentada na asa a esquerda é Klostermann a direita é Straamann.

Sobre a banda, era vermelha e as fotos foram feitas em dezembro de 1944.

Esse pássaro, Bf 109G-14/AS "grüne 12" é muito bem documentado com boas fotos, mas eu não conheço nenhuma foto do seu G-10 WNr.491213 também "grüne 12". Foi voando essa máquina que Klostermann foi abatido sobre Scherau bei Stendal no dia 14 de janeiro de 1945. 

Os profiles, na boa, eu conheço poucos ilustradores que realmente se preocupam em reproduzir essas máquinas corretamente. Cor, esquema de camuflagem e versão correta. Fernando Estanislau aqui do Brasil é um deles. Tem o Sundin, Tullis e Hjortsber.

Sobre o WNr. além das que você colocou, a mais importante era a placa com registro de fabricação, data e Wnr. que era presa a frente logo abaixo do cockpit.

Escrevi correndo, pois minha 'querida' internet está uma bost@!

Um abraço.

Guacyr. posted:
tonythetiger posted:

O Verde 12 é um G-10 do JG 300, avião com que Bruno foi abatido em 14 jan. 1945, ás 11h45, a oeste de Hamburgo, por outra seção da esquadrilha do primo Pierre – que estaria em ação minutos mais tarde há uns 80 km daquele em outro combate.

Bonita versão!

Pois é, muito bonita, e com importância histórica, mas, como costuma acontecer, da versão que você não quer tanto há informações de sobra, mas daquela que que você quer só há um mísero perfil tentador e duvidoso, e olhe lá! Enfim, o que não pode é isso ser um impeditivo das montagens: ou parte pra outro (que há muitos G-10 lindos para fazer), ou faz esse mesmo com o máximo de informações que foi possível reunir e curta a alegria de um belo modelo realizado!

Brettas posted:

Os profiles, na boa, eu conheço poucos ilustradores que realmente se preocupam em reproduzir essas máquinas corretamente. Cor, esquema de camuflagem e versão correta. Fernando Estanislau aqui do Brasil é um deles. Tem o Sundin, Tullis e Hjortsber.

Sobre o WNr. além das que você colocou, a mais importante era a placa com registro de fabricação, data e Wnr. que era presa a frente logo abaixo do cockpit.

 

Olá, Brettas, de fato há grandes “curiosos” na arte dos profiles e é preciso tomar cuidado; por isso também toda essa peregrinação em torno desse belo e enigmático G-10, do qual tb. não conheço nenhuma foto. Como se sabe o Wnr. dele, então, é um espanto...

Ok, a placa de identificação era o principal “documento” de cada avião, mas para efeito de identificação em fotos, de época, que foi o que eu entendi da pergunta do Los, o recurso imediato é o das inscrições externas, com todas as dificuldades relatadas. Se não temos acesso a fotos suficientes, em bom ângulo e com qualidade, para identificar um letreiro com uns 30 cm de comprimento numa aeronave, que dizer de fotos de painel individualizadas e em close para acharmos uma plaqueta de 5 cm de comprimento... isso é coisa que só vi em AeroDetail, ou congêneres.

Resultado de imagem para bf 109 werknummer plate

Resultado de imagem para bf 109 werknummer plate

Apesar de não se ter fotos conhecidas desse G-10, sabe-se o W.Nr do Klostermann por meio de registros em documentos do JG 300 & RLM que
pesquisadores tiveram acesso depois da guerra.

De acordo com o historiador alemão, Jochen Prien esses são os "Werknummer blocks" dos G-10 previstos a serem construídos a partir de Outubro
de 1944 até Agosto de 1945:

W.Nr 130000 – 130500 (Mtt-Regensburg G-10)

W.Nr 150700 – 151000 (Erla G-10)
W.Nr 151500 – 152000 (Erla G-10)
W.Nr 490000 – 490800 (Erla G-10) - Muitos usando motores DB 605/AS
W.Nr 491000 – 491600 (Erla G-10) - (grupo no qual o W.Nr do Klostermann se encaixa).

W.Nr 610300 – 610600 (WNF G-10)
W.Nr 610900 – 611000 (WNF G-10)
W.Nr 611900 – 612000 (WNF G-10)
W.Nr 612700 – 613000 (WNF G-10)
W.Nr 613000 – 613300 (WNF G-10)
W.Nr 770000 – 770400 (WNF G-10)
W.Nr 770900 – 771000 (WNF G-10)
W.Nr 771000 – 771200 (WNF G-10)

Do total previsto de 6000 G-10s a serem construídos, 2600 aproximadamente, chegaram ao combate.

Incluir Resposta

Curtidas (0)
×
×
×
×