Davi e Golias - 02

Nobuyoshi Koremoto, um ex-capitão do JDS Amatsukaze da JMSDF, que participou da Operação RIMPAC 1980, escreveu na revista Ship of the World de agosto de 2010 que no referido exercício, uma esquadrilha de A-4G Skyhawks do navio-aeródromo australiano HMAS Melbourne, conseguiu atacar com sucesso o navio-aeródromo americano USSConstellation.

Resultado de imagem para australian a4 skyhawk

O HMAS Melbourne operava como força inimiga e o USS Constellation foi considerado “seriamente avariado”.

hmas-melbourne-1

Esta não foi a primeira vez que navios-aeródromo ligeiros conseguiram obter vantagem tática sobre os “super navios-aeródromo”. Por causa da curvatura do planeta, o combate naval além do horizonte fica dependente de informações obtidas pelo esclarecimento marítimo feito por aeronaves.

Resultado de imagem para uss constellation cv-64

Porém, táticas de navegação e de despistamento eletrônico podem fazer navios de guerra virtualmente “desaparecer” em meio ao tráfego mercante, principalmente nos períodos noturnos e em condições meteorológicas adversas.

http://www.naval.com.br/blog/2...09/04/davi-e-golias/

Original Post

Incluir Resposta

Curtidas (0)
×
×
×
×