Limpeza do kit antes de montar

Eis um assunto controverso. Nos kits antigos, que usavam desmoldante, o plástico vinha oleoso o que justificava a lavagem do mesmo. Hoje em dia, com técnicas de injeção mais moderna, eu, particularmente, não vejo necessidade de realizar esta etapa. 

Porém, após o kit montado, lixado, etc e antes da primeira etapa da pintura com o uso de primer ou não, limpo o kit com álcool pra remover todas as impurezas. Poeira, oleosidades do próprio manuseio, etc.

Enfim, é como eu procedo e creio que cada modelista tem a sua conduta.

Espero ter ajudado.

[ ] s

A necessidade disso vai do tipo de material que voce vai usar depois.  Como o Eduardo falou acima, quem pinta com tinta esmalte sintéticos (enamels) não tem que se preocupar com isso, pois a tinta incorpora qualquer substância gordurosa que houver sobre o plástico.  

Mas quando começou a moda do uso de tintas automotivas e acrilicas, qualquer tipo de gordura, até mesmo a oleosidade natural dos nossos dedos passou a ser problema prejudicando a aderência do primer / tinta.  Daí se for pra usar esses materiais tem que ser paranoico com a limpeza do kit, ou onde houver oleosidade a tinta vai descascar...

Edurech posted:

Porém, após o kit montado, lixado, etc e antes da primeira etapa da pintura com o uso de primer ou não, limpo o kit com álcool pra remover todas as impurezas. Poeira, oleosidades do próprio manuseio, etc.

E digo mais, uso uma solução de álcool e vidrex 1:1. Fica uma beleza.

Felipe C. Miranda posted:

A necessidade disso vai do tipo de material que voce vai usar depois.  Como o Eduardo falou acima, quem pinta com tinta esmalte sintéticos (enamels) não tem que se preocupar com isso, pois a tinta incorpora qualquer substância gordurosa que houver sobre o plástico.  

Mas quando começou a moda do uso de tintas automotivas e acrilicas, qualquer tipo de gordura, até mesmo a oleosidade natural dos nossos dedos passou a ser problema prejudicando a aderência do primer / tinta.  Daí se for pra usar esses materiais tem que ser paranoico com a limpeza do kit, ou onde houver oleosidade a tinta vai descascar...

Então foi sorte de principiante ??????????????????

Como as uso até hoje.....não preciso limpar....

Filipe2583 posted:

Será que deixar no balde com água morna em sabão e pó pode empenar?

Cortei uma esponja de louças em quatro partes, peguei uma delas e a uso faz anos, apenas do lado macio. Antes da pintura eu uso essa esponja com detergente de louças, lavo as peças, passo debaixo da torneira depois e deixo secar. Pinto com acrílicas Tamiya, Gunze, Vallejo Andrea e Scale75. Destas, apenas a Gunze é mais frágil e pode descascar. As demais até nem precisaria lavar antes, comigo ao menos nunca descascaram.

 

RodrigoBM posted:
Filipe2583 posted:

Será que deixar no balde com água morna em sabão e pó pode empenar?

Cortei uma esponja de louças em quatro partes, peguei uma delas e a uso faz anos, apenas do lado macio. Antes da pintura eu uso essa esponja com detergente de louças, lavo as peças, passo debaixo da torneira depois e deixo secar. Pinto com acrílicas Tamiya, Gunze, Vallejo Andrea e Scale75. Destas, apenas a Gunze é mais frágil e pode descascar. As demais até nem precisaria lavar antes, comigo ao menos nunca descascaram.

 

Acho que você entendeu errado. Estou falando das peças na arvore empenarem por ficarem em um balde com água morna e sabão em pó..

Não há sentido em lavar as peças na galha se elas vão ser manipuladas depois.

O que eu faço é , depois do kit montado e antes da pintura, lavo debaixo da torneira com um fio d' água, sabão em pó e detergente, esfregando de leve com um pincel macio. Deixo secar ao ar.
A partir daí só pego nele com luvas de procedimento (uma caixa dura o ano todo) ou usando um guardanapo.

Muitas pessoas estranham ou acham frescura, mas na hora que puxam a máscara e a tinta de baixo vem junto, geralmente me dão razão. :-)

 

Filipe2583 posted:
RodrigoBM posted:
Filipe2583 posted:

Será que deixar no balde com água morna em sabão e pó pode empenar?

Cortei uma esponja de louças em quatro partes, peguei uma delas e a uso faz anos, apenas do lado macio. Antes da pintura eu uso essa esponja com detergente de louças, lavo as peças, passo debaixo da torneira depois e deixo secar. Pinto com acrílicas Tamiya, Gunze, Vallejo Andrea e Scale75. Destas, apenas a Gunze é mais frágil e pode descascar. As demais até nem precisaria lavar antes, comigo ao menos nunca descascaram.

 

Acho que você entendeu errado. Estou falando das peças na arvore empenarem por ficarem em um balde com água morna e sabão em pó..

Ah bão. Olha, eu não arriscaria água quente/morna + peças de kits.

Olá Filipe,

Embora muitos assinantes digam que não é necessário a  lavagem do modelo antes de pintar, passo um pouco da minha experiência: o poliestireno é um termoplástico que depois de moldado apresenta superfície extremamente sensível a eletricidade estática, aquela das brincadeiras com pente e cabelo, esfregar flanela e prender o papel, arrepiar os cabelos do braço quando aproxima da tela da TV, etc. Portanto, antes da pintura não é preciso limpar, mas quando tudo estiver OK, se faz necessário sim. Mas a "limpeza" na verdade é mais uma neutralização da carga estática que acumula poeira e fragmentos de tudo o que você possa imaginar tanto nas áreas planas como (e principalmente) em cantos, cavidades e outros orifícios. A água fria e simplesmente um detergente neutro anulam esta carga que literalmente desce pelo ralo. Como informou o Fernando, depois somente manuseie o modelo com luvas secas depois de ter deixado secar naturalmente em local fechado de preferencia para evitar o problema de novo. Você ficaria surpreso se observasse uma superfície pintada sem este tratamento, é claro que, como disse aquele cara, o Shakespirra: a beleza está nos olhos de quem vê, assim como cada modelista tem seu próprio estilo em tudo. Veja, não estou ditando regras mas passando algumas informações que ajudam a qualquer um obter um acabamento legal e sem surpresas desagradáveis. Mais um detalhe importante sobre injeção: na era mesosóica, empresas como a Revell (onde fui gerente de produção aqui da Kikoler) utilizavam moldes de aço temperado, uma tecnologia comparável a de mandar astronautas à Lua de tão cara, imagine que só sabíamos que estava tudo OK quando o kit era injetado pela primeira vez depois de finalizado o molde, na verdade uma placa de aço com não mais de 10cm de espessura, o resto era escora para aguentar a pressão. Muitas vezes tínhamos que aplicar calços para o molde fechar porque já estava empenado pelo destempero de décadas de uso (quanto maior o molde, pior). Mas agora é fácil, tudo é feito em programas como o Rhino, que inclusive simula a injeção e indica possíveis erros, mas principalmente o uso de moldes de latão reciclável com validade de até 20.000 injeções, depois é derretido, transformado em outra placa e colocado na linha de produção por CNC. Tudo muito mais barato, preciso e ecológico. Por isso que na maioria das vezes não se utiliza mais películas desmoldantes, a não ser em moldes sofisticados como os de gaveta (que fazem os furos de canos por exemplo). Dizer que esfregar álcool com papel ou pano antes de pintar é atritar a superfície para atrair mais pó e outras coisas. Imagine apenas pó em um kit 1/72, e num 1/144 ou 1/700 pareceria lama acumulada. Lavar com água fria e detergente é mais econômico e já limpa a mão do artista também!

Repito que esta é a minha opinião OK?

Abraço

João

Fernando Estanislau posted:

Não há sentido em lavar as peças na galha se elas vão ser manipuladas depois.

O que eu faço é , depois do kit montado e antes da pintura, lavo debaixo da torneira com um fio d' água, sabão em pó e detergente, esfregando de leve com um pincel macio. Deixo secar ao ar.
A partir daí só pego nele com luvas de procedimento (uma caixa dura o ano todo) ou usando um guardanapo.

Muitas pessoas estanham ou acham frescura, mas na hora que puxam a máscara e a tinta de baixo vem junto, geralmente me dão razão. :-)

 

hummm..semre pensei em fazer isso..mas da um medo,da agua escorrer por alguma reentrancia...acho que vou arriscar..

nunca tive problemas ate pegar kits da kinetic..nao sei se fui premiado,mas so pararam de dar dor de cabeca na pintura quando passei a lavar eles antes de montar...

Incluir Resposta

Curtidas (0)
×
×
×
×