Modificações em compressor de ar direto

Olá pessoas.

 

Atualmente eu tenho utilizado um compressor de ar direto bem antigo que meu pai tem há uns 25 anos. O compressor está em perfeitas condições, sempre com manutenções em dia, muito bem cuidado. No entanto, ele não tem reservatório e não tem controle de pressão, o que significa que se você ligá-lo e bloquear a saída mangueira ele vai aumentando a pressão até "desbloquear" o ar, não importa como (já soltou a mangueira várias vezes, ou mesmo o engate). Isso é uma característica do equipamento, projetado anos atrás para atuar com pistolas que permitiam a saída constante do ar, mesmo fora de uso. Pelo menos foi o que me disseram.

O problema, como vocês podem imaginar, é que isso não é o caso dos aerógrafos. Minha tentativa de contornar o problema foi instalar um Manômetro com controle de pressão que eu comprei na WK. Mas isso não resolveu porque ele continua acumulando ar na mangueira, fazendo com que eu tenha que abrir o suspiro principal, para possibilitar uma saída do ar acumulado, o que, por sua vez, torna o manômetro inútil. 

Desse modo, gostaria de saber o que eu fiz de errado e o que eu posso fazer para adequar esse compressor antigo para uso com aerógrafo?

Original Post

Olá De Oliveira

Não sou nenhum especialista na área, mas tenho compressor que foi montado só para uso com aerógrafo, com motor de geladeira. Em minha visão, o que vc pode fazer é instalar um reservatório de ar (talvez de 3 litros pra cima) na saída do compressor. Colocar, também, um pressiostato para ligar e desligar o compressor conforme a pressão dentro do reservatório. Além disso, talvez seja o caso de usar um filtro de ar com regulador de pressão na saída do reservatório. É mais ou menos esse o esquema.

Tem um rapaz chamado Pedro, do Grupo de Plastimodelismo de Campinas (GPC), que monta e vende os compressores Microjet, feitos com motor de geladeira. De repente, ele pode te ajudar na melhoria do seu, dizendo exatamente como faz. Acredito que ele também participe dos foruns da Webkits. O problema é que eu não sei qual o nick dele. Também não tenho o contato dele. Vou ver se consigo com um conhecido meu, que também é do GPC, para poder lhe passar. O Pedro é gente fina.

Bom, se colocar fotos, marca, modelo, potência, etc., fica mais fácil palpitar.

Segundo, tem diversos artigos de como montar compressores na seção de artigos técnicos, inclusive um que escrevi:

http://www.webkits.com.br/news...id=391&zoneid=28

Veja como adaptar um pressostato, reservatório, filtro regulador, e seus problemas acabarão.

 

Abç.

Vlamir 'FІЯЭFФЖ' Bueno

FІЯЭFФЖ posted:

Bom, se colocar fotos, marca, modelo, potência, etc., fica mais fácil palpitar.

Segundo, tem diversos artigos de como montar compressores na seção de artigos técnicos, inclusive um que escrevi:

http://www.webkits.com.br/news...id=391&zoneid=28

Veja como adaptar um pressostato, reservatório, filtro regulador, e seus problemas acabarão.

 

Abç.

Vlamir 'FІЯЭFФЖ' Bueno

Estou viajando e não tenho fotos ou informações sobre modelo ou potência.

Mas de todo modo, esse seu link será realmente útil para me basear nas modificações necessárias. Muito didático.

Obrigado.

Provavelmente o modelo em questão é um 'tufão'(compressor de ar direto).

O que vc instalou foi um 'filtro regulador',ele além de filtrar(reter a água que se acumula no sistema(mangueira e cilindro)devido a compressão do ar)ele regula a saída(volume) de ar para o equipamento de pintura(pistola ou aerografo).

No sistema direto ele não funciona,mas se vc adaptar um cilindro(reservatório)ao compressor que vc tem,ele deve ser colocado na saída do cilindro e dele deve sair a mangueira para a pistola ou aerografo,aí sim ele fará o serviço dele(filtrar,reter a água do sistema e regular o volume de saída de ar para a ferramenta que vc vai usar.

Mas não se esqueça cilindro deve ter tudo que um compressor normal tem em questão de segurança e funcionamento.

Já tive um sistema montado assim e funciona como um compressor normal.

Qualquer coisa dá um grito,que alguém te socorre!!!

Abraços

Polimeno

 

 

 

 

De Oliveira posted:
Leo Costa posted:

Tem uma válvula abaixo do gatilho do aerografo, tira ela e ele passa a funcionar com o ar direto.

Meu aerógrafo é um SW775. Essa válvula que você se refere é dentro ou fora do equipamento?

Não sei se no seu funcionaria. No caso do meu, ele já feio com essa peça fora (comprei aqui na lojinha).

 

É a peça 23 no desenho:

http://www.images.wiltec.info/...er/34065/34065-1.jpg

O problema é que se o compressor dele for um 'tufão',a pressão de saída é de aproximadamente 35/40 libras direto.

Se ele for por exemplo usar 15 libras no aerografo,ele terá que dar vazão ao excedente do compressor,ou seja jogar fora 20/25 libras.

 ### De Oliveira,leia com atenção:

Tem um jeito: coloca na saída do compressor um 'T'(assim vai sobrar 2 pontas do 'T'),na saída central do 'T'( a saída do meio), coloca um registro do tipo que se usa em lâmpião de gás,e na outra ponta que restou do 'T' coloca a mangueira que vai ao aerografo.

Quando vc ligar o compressor abra o registro(liberando o excedente do ar),assim vc poderá regular a pressão que vai para o aerografo.

Se vc quiser,pode colocar um outro 'T' mais a frente,perto do aerografo e colocar nele um manômetro,com o qual vc saberá a pressão que está indo para o aerografo.

Abrindo e fechando o registro e conferindo a pressão pelo manômetro,vc controla e regula a pressão desejada para utilizar o aerografo.

Ou compra um cilindro e monta logo um compressor inteiro sem essas gambiarras.

O meu,eu peguei um cilindro inteiro sem cabeçote e instalei(adaptei) um motor de geladeira,funciona que é uma blz.

Em que cidade vc mora???Talvez se a questão for um cilindro inteiro para adaptar esse compressor,eu ou alguém possa lhe ajudar.

Abraços

Polimeno

anghinoni posted:

curioso para saber o que seria "manutencoes em dia" em um compressor tipo tufao. Deve ter um livreto de manutencao e a cada 10.000 km leva na autorizada para fazer revisao e carimba...

Anghinoni,eu tive uns 4 tufões,e nunca em mais ou menos 20 anos fiz qualquer revisão que fosse.

Era só ligar e desligar,uma ou outra vez trocava a mangueira e a pistola de pintura(que hoje infelizmente é de plástico),e continuava a ligar usar e desligar.

Nunca fiquei na mão,mas veja bem,o produto era de outras épocas,e sempre Schulz,nada destas coisinhas que se acha hoje em dia,ferrari ,chiaperini,etc...

Inclusive tenho aqui um cilindro(faz uns 5 anos que ele tá aqui encostado) completo da Schulz,sempre Schulz...quebra o cabeçote,que hoje em dia é feito de um alumínio de 3ª,mas no cilindro se vc descarregar sempre ao final dos trabalhos a água que fica condensada no  cilindro(drenar),não dá pau não...

Abraços

Polimeno

 

Polimeno posted:

O problema é que se o compressor dele for um 'tufão',a pressão de saída é de aproximadamente 35/40 libras direto.

Se ele for por exemplo usar 15 libras no aerografo,ele terá que dar vazão ao excedente do compressor,ou seja jogar fora 20/25 libras.

 ### De Oliveira,leia com atenção:

Tem um jeito: coloca na saída do compressor um 'T'(assim vai sobrar 2 pontas do 'T'),na saída central do 'T'( a saída do meio), coloca um registro do tipo que se usa em lâmpião de gás,e na outra ponta que restou do 'T' coloca a mangueira que vai ao aerografo.

Quando vc ligar o compressor abra o registro(liberando o excedente do ar),assim vc poderá regular a pressão que vai para o aerografo.

Se vc quiser,pode colocar um outro 'T' mais a frente,perto do aerografo e colocar nele um manômetro,com o qual vc saberá a pressão que está indo para o aerografo.

Abrindo e fechando o registro e conferindo a pressão pelo manômetro,vc controla e regula a pressão desejada para utilizar o aerografo.

Ou compra um cilindro e monta logo um compressor inteiro sem essas gambiarras.

O meu,eu peguei um cilindro inteiro sem cabeçote e instalei(adaptei) um motor de geladeira,funciona que é uma blz.

Em que cidade vc mora???Talvez se a questão for um cilindro inteiro para adaptar esse compressor,eu ou alguém possa lhe ajudar.

Abraços

Polimeno

Bom vamos lá. O compressor é um Schulz muito similar a essa da imagem abaixo.

Perto da saída de ar da mangueira há um registro similar a esse que você sugere e é exatamente o que eu faço para "liberar" o excedente de ar. No entanto, embora isso ajude bastante, não resolve quando é preciso pintar traços bem finos. É meio difícil ajustar a pressão do aerógrafo corretamente. 

Sobre o manômetro, foi exatamente desse jeito que eu usei. Eu instalei o manômetro na saída de ar do aerógrafo e tento regular a saída de ar no registro da base do compressor. Mas não funciona muito bem.

Moro em São Carlos, mas atualmente estou fora do país.

 

anghinoni posted:

curioso para saber o que seria "manutencoes em dia" em um compressor tipo tufao. Deve ter um livreto de manutencao e a cada 10.000 km leva na autorizada para fazer revisao e carimba...

Ah, o humor característico dos modelistas que me tanto falaram. Já estava achando que era mentira.

Bom, vamos a explicação. Olha a imagem do compressor acima. Nele vemos que o motor é ligado ao pistão via polia. Além disso, nota-se na base do pistão um parafuso para remoção do óleo que é usado na lubrificação do mesmo. Pois bem, tanto a polia quando o óleo precisam de troca a cada 3.000 horas de uso. 

E não, não é igual ao carro, mas sim, precisa de revisão. 

 

hum  é praticamente o motor de um compressor de cilindro grande e deve ter grande vazao, eu no seu lugar procurava um cilindro, eu achei aqui por 30,00 e fazia as adaptacoes, so precisa do cilindro, do pressostato, valvula de seguranca e manometro com filtro na saida. Ia gastar uns 100 a 200 reais mas ia ter um P compressor. Pois pelo visto barulho nao é problema.

Bom,tendo a imagem do compressor fica mais fácil.Não é um tufão,mas tem o mesmo princípio(ar direto).

Esse ao contrário do tufão precisa sim de manutenção,como vc mesmo disse,trocar o óleo,verifique também o aperto dos parafusos da tampa do cabeçote.

Trabalho em uma empresa justamente na área de manutenção(sou o responsável por essa área) e temos 2 compressores de médio/grande porte.

Toda vez que troco o óleo,de 3 em 3 meses,troco também os filtros de ar e verifico os parafusos das tampas dos cabeçotes dos 2 compressores e no meu caso também outros parafusos do conjunto(pois eles tem cilindro),assim como faço também a limpeza do pressostato ,verifico mangueiras,conexões,etc....Pelo simples fato de haver muita vibração quando em funcionamento.Os 2 são de 3 pistões no cabeçote.

Como disse nosso amigo acima basta vc conectá-lo a um cilindro,e fazer a ligação elétrica dele no pressostato e este na tomada,assim ele funcionará como um compressor normal.

Abraços

Polimeno

Incluir Resposta

Curtidas (0)
×
×
×
×