Problemas com esteiras DS tracks da Dragon

Olá,

No início de 2016 comprei dois kits da Dragon, mais ou menos na mesma época: um M48A3 (#3546) e um M-103A1 (#3548). Ambos vêm com aquelas esteiras DS (Dragon Styrene) .

Montei o M48  ainda em 2016, mas não pintei. Como estava atrás de um set de penduricalhos da Legend (#1269) prá complementar, deixei para pintar quando chegasse o set ou quando montasse o M103. Daí o tempo foi passando e o kit ficou na estante, com as esteiras quietinhas do lado.

Na semana passada começei o M103 e resolvi dar uma olhada no pobre e abandonado M48. Para minha surpresa a esteiras tinham "envelhecido" brutalmente: o tom amarelo estava mais escuro, as esteiras estavam quebradiças, endurecidas e besuntadas com uma substância oleosa, que se acumulou principalmente na parte de baixo, em contato com o vidro da prateleira. É como se tivesse havido uma reação de fotopolimerização ou que o solvente tivesse se separado do polímero e escorrido. O curioso é que a peça da cobertura contra poeira no escudo do canhão do M48  (vinil) está colada e intacta bem como as esteiras DS do M103 que ficaram esse tempo todo quietinhas no escurinho da caixa. 

Procurando daqui e dali achei essas duas referências: Dragon DS tracks disintegrating/splitting? e Dragon DS tracks turned like glass, mas elas não explicam de maneira efetiva a origem do problema. Será que no futuro, mesmo guardadas essas esteiras DS vão ter o mesmo fim do relatado no post do Wolf, aqui ?

Será que tem a ver com temperatura, armazenamento, luz ou dei azar mesmo e é apenas um lote ruim?

Alguém já passou por este tipo de problema? Tem algum conserto?

Original Post

VonPaulus, logo você vai descobrir porque não se deve usar material flexível para lagartas. Com a possível exceção daquelas antigonas horríveis, da Tamiya (anos 60/70), feitas de nylon, o resto tende a estragar em pouco tempo, sim. Muitas vezes danificando as peças de estireno encostadas nelas. As DS da Dragon logo ficam ressecadas e quebradiças, principalmente nas curvas. Por isso é bom se precaver, trocando-as por outro material antes de começar a montagem do modelo.

Para mim só servem para imprimir a marca da passagem do tanque pelo terreno.

Pois é, fiquei sabendo por outros modelistas que várias marcas apresentaram problemas em algum momento ou lote nos itens feitos de borracha.  Me parece que os de vinil tem uma melhor resistência, mas sobretudo a origem do material é fundamental, matéria prima de boa qualidade dura muito, já os Xing Ling são bastante duvidosos pois eles procuram baratear ao máximo o produto final.

Claro que os fabricantes de complementos e spare parts tiram proveito e lançam substitutos para compensar... (Pensando nos pneus dos meus F1)...

Von Paulus,
 
Como dito pelo Chagas e debatido naquele outro tópico aqui no WK, quase qualquer pneu ou lagarta de material flexível tendem a se estragar, eu particularmente me considero "sortudo" pois apenas uns poucos modelos meus, apresentaram problemas.
 
Você postou links para tópicos interessantes, especialmente aquele do Armorama, nunca imaginei que DS também apresentariam este tipo de problema, ou pelo menos não tão depressa, pois é algo recente, uns 10 anos talvez?
 
Logo que vi as primeiras DS não me animei, evitei de comprar vários kits por conta disto, considero modelos Dragon muito "caros" para virem com uma lagarta tão "comum", daí prefiro as antigas LBL ou Magic Tracks.
 
Tempos atrás tive um antigo Sherman 105 mm HVSS da DML, que fiz a besteira de vender, a Dragon relançou o próprio pela Cyberhobby (com DS), além de um "new tool" (com DS)... Então comprei um da Academy 
 
Novamente por sorte, só tenho um modelo com DS, então espero não ter surpresas 
 
E depois do postado aqui, vou pensar muito bem antes de ter outras DS!
 
PlastiAbraços

Devo ter uns cinco kits da Dragon com estas lagartas mas ainda estão lacradas no plastico e sem mudança aparente e tenho dois kits montados há mais de um ano e ok,mas pensando bem para a qualidade e o preço dos kits elas são muito ruins.Eu pessoalmente não pretendo mais comprar kits Dragon com este tipo de lagartas,há também umas da afv que não são legais e parece que  as da Tasca podem dar problemas.

O problema com estas DS parece ser a exposição a luz, as que ficam na caixa não mostram problemas, as que ficam expostas acabam ressecando, então com elas é preciso usar quando tirar da caixa,  ou pelo menos pintar para dar alguma proteção. Com uma que deixei fora da caixa aconteceu a mesma coisa, ficou dura e quebradiça, como se fosse feita de macarrão seco.

 

Parece que dá no mesmo, fora ou dentro da caixa. Dia desses eu apanhei a caixa de um Cromwell 1/35 da Tamiya, guardada no armário há anos, portanto protegida dos raios UV (que dizem ser o motivo da deterioração). Ao examinar as peças, peguei nas lagartas e elas quebraram como o tal macarrão seco. São, ou eram, do tipo que pode ser colado com tolueno.

Esse material é uma mistura de estireno com outro plástico mais flexível. Mas está provado que não deu certo. Fujo desse troço como se fosse a Praga.

O processo de degradação desse tipo de lagartas não é nenhuma novidade.

Nesses artigos de advertência postados no longínquo ano de 2008,

https://www.tapatalk.com/group...s-warning-t9957.html

e

http://www.network54.com/Forum...n+ds+track+warning...

plastimodelistas já apresentavam suas dificuldades em lidar com esse produto.

E, como se lê, um membro acusa diretamente a pintura das lagartas com tintas óleo da Humbrol como a causa das suas frustrações e dos seus modelos.

Mas esse fato já tinha sido alertado, dois anos antes (2006), nesse artigo

http://armorama.com/modules.ph...id=113203&page=1

 

Pessoalmente, não acredito que o problema esteja no ambiente, estocagem ou manuseio.

 

Esse produto é uma mistura de estireno com vinyl que resulta num material mais flexível e moldável. Portanto, a qualidade do material  utilizado é certamente o fator mais suspeito nessa degradação. Na busca de barateamento de custos, muitos materiais empregados são propensos a falhas e, mesmo detectados pelos fornecedores ou fabricante, pelo motivo básico do seu uso, não há alerta ao mercado nem a procura de substituição. É a lógica canalha de fazer negócios de boa parte do mundo empresarial mundial (vejam os carros, os alimentos, as roupas, os produtos de maquilagem, eletroeletrônicos e por aí afora). Para controlar um pouco essa situação desenfreada é que os Estados Unidos criaram há muito tempo a figura jurídica do Punitive Damages.

Comprei toda a linha de tratores da Miniart, pequenas joias, mas cujo estireno é de uma fragilidade atroz. Já sai da árvore fraturado ou se desmancha no lixamento dos pontos de injeção... É um fato notório mas veja se o fabricante prontificou-se a substituir os kits injetados com esse estireno vagabundo...

 

Também deve ser levado em consideração a cimentação desse produto. Nesse artigo

http://www.armorama.com/module..._id=72450&page=1

vê-se que, mesmo com a Tamiya Extra Thin, tem-se que ter cuidados. Com cianocrilato, também são relatadas dificuldades nos pontos de apoio.

Já o cimento normal para estireno, parece funcionar sem problemas.

 

Outra coisa que pode pesar seria a reação negativa entre a pintura com óleo ou esmalte e o material utilizado nas lagartas.

Os constituintes das tintas óleo ou esmalte podem interagir com mistura de estireno e vynil das lagartas DS da Dragon e provocar, após algum tempo, independente da conservação prévia ou atual do produto, fraturas e/ou desmanche das peças.

Assim, pintar esse tipo de material exclusivamente com tinta acrílica seria a solução. Comprovem nesse artigo

http://www.armorama.com/module...id=197334&page=1

Nem mesmo para fazer a aplicação de wash ou envelhecimento e desgaste deve-se usar nesse produto tintas óleo ou esmaltes (advertência para mim mesmo que faço esse tipo de procedimento...)

 

Em resumo: nada de pânico.

Os nossos kits Dragon não vão desmanchar após alguns anos de montagem ou mesmo em suas caixas. Nem os dos demais fabricantes...

A dificuldade deles reside exclusivamente nas lagartas DS da Dragon ou em casos pontuais de poucos fabricantes.

Então basta seguirmos alguns cuidados como a escolha de quando usar essas lagartas, o posicionamento delas na suspensão, a sua cimentação e a pintura, envelhecimento e desgaste (uso exclusivo de tintas acrílicas).

Ou, em medida mais radical, comprar lagartas no AM... e abandonar os kits Dragon com esse produto.

C'est simple comme ça...

Pessoal,
 
Não me lembro de ter tido nenhum problema com Tamiya, se bem que não devo ter muitos com estas "lagartas coláveis", de fato a Tamiya parece agora estar mais voltada para Link by Length, que no caso são quase eternas. Neste ponto, parece que estão se preocupando com os clientes 
 
Falando em Cromwell, lembrei de ter montado um Comet da Bronco e curiosamente a tinta aplicada nas lagartas nunca secou completamente, até hoje estão inteiras, porém "meladas", alguma coisa da tinta deve ter reagido  
 
Agora se estas DS apresentam problemas há mais de dez anos, então parece estar mais para sem vergonhice de Dragon  Talvez por isto alguns novos lançamentos estão recebendo Magic Tracks novamente?
 
Só sei que vocês estão realmente me deixando preocupado, tenho kits montados há 30 anos, estão expostos apenas os mais recentes e a maioria dos alemães, o resto está encaixotado e até onde me lembro não os vejo há uns 2 anos... Agora não sei se dou uma olhada confiando na sorte, ou deixo tudo lá, esperando até eu conseguir mais prateleiras...
 
Como tenho um kit com DS, não vou me preocupar muito com isso, afinal, já tive muito kit "montado e pronto para durar séculos", totalmente perdido, apenas por escorregar da minha mão e se espatifar no chão  
 
PlastiAbraços
Carlos Chagas posted:

VonPaulus, logo você vai descobrir porque não se deve usar material flexível para lagartas. Com a possível exceção daquelas antigonas horríveis, da Tamiya (anos 60/70), feitas de nylon, o resto tende a estragar em pouco tempo, sim. Muitas vezes danificando as peças de estireno encostadas nelas. As DS da Dragon logo ficam ressecadas e quebradiças, principalmente nas curvas. Por isso é bom se precaver, trocando-as por outro material antes de começar a montagem do modelo.

Para mim só servem para imprimir a marca da passagem do tanque pelo terreno.

Atrasado, mas estou remediando. Se alguém tiver, estou interessado:
http://webkits.hoop.la/topic/m...fv-club-af35005-1-35

Incluir Resposta

Curtidas (0)
×
×
×
×