Resposta to "Glossário, Dicionário ou afins."

Alguns termos mais...

Não vão rir se acharem que certos termos pareçam ser "óbvios", pois já que se trata de um glossário, não podemos supor que todo mundo sabe o que é, principalmente os iniciantes! Legal !!!

aerógrafo - ferramenta de pintura, cujo funcionamento consiste em vaporizar tinta misturada com ar sob pressão, gerando assim um jato de tinta como nos de lata "spray". Técnica especialmente adotada para pinturas de qualidade, permitindo também que a transição entre diferentes cores se dê suavemente, efeito dificilmente obtido através de pincel.

airbrush - v. aerógrafo.

árvore - cartela plástica onde as peças de um kit vêm presas, e de onde devem ser destacadas antes da montagem.

blueprint - o mesmo que planta ou projeto. São figuras contendo "plantas baixas" de caráter técnico. Por exemplo, uma planta de arquitetura onde pode se ver os cômodos (sala, quartos, banheiro, etc) de uma construção, é um "blueprint" de uma casa. Os blueprints são muito populares entre os modelistas avançados, que podem utilizar plantas técnicas de veículos reais para uma aproximação fiel ao modelo em miniatura que esão construindo.

compressor - tipo de equipamento auxiliar necessário para o uso do aerógrafo. O compressor bombeia ar sob pressão para o aerógrafo, ar este que será utilizado para vaporizar o jato de tinta, e gerar o "spray".

die-cast - miniaturas e kits feitos em metal ao invés de poliestireno.

diorama - um "pedaço da vida real em miniatura". Ao montar um carro antigo, você pode criar um pequeno cenário e inserir o carro nesse contexto, como por exemplo um velho posto de gasolina. Assim, ao invés de apenas o carro, você terá o posto com o carro estacionado, com todos os elementos nos tamanhos proporcionais: bomba de gasolina, frentista, placa do posto, lojinha de conveniência, enfim, o que sua imaginação mandar. Se o modelo se tratar de um avião, você pode fazer um "pedaço" de uma pista de pouso ou de um hangar, etc. O objetivo é inserir o modelo em um cenário que reproduza o contexto original no qual ele estaria.

escala - é a relação de medida entre o modelo real e a miniatura na forma de kit. A escala é representada através de dois números separados por uma barra, onde o primeiro número é sempre "1" (um) e refere-se ao modelo original, e o segundo número se refere à redução da miniatura. Por exemplo, um modelo 1/72 significa que o kit é 72 vezes menor do que o modelo original. Assim, se o modelo original medir 20 metros de comprimento, o kit 1/72 desse mesmo modelo mediria aproximadamente 27,77 cm (2000/72).

estireno - forma reduzida da palavra "poliestireno", significando a mesma coisa. v. poliestireno.

kit - caixa ou pacote contendo peças e instruções de montagem de um determinado modelo. Existem kits dos mais variados temas: carros, motos, aviões, embarcações, veículos e figuras militares, ficção científica, etc, para atender todos os tipos de gostos e preferências. Normalmente os kits são de plástico (poliestireno), madeira ou metal, sendo os de plástico os mais populares devido ao baixo custo se comparados aos outros materiais.

leque - nome que se dá à "abertura" do jato do aerógrafo. Quanto maior o leque, maior a área de cobertura do jato da tinta pulverizada,e vice vera. Assim, um leque extremamente fechado é utilizado para jatear traços finos, enquanto um leque aberto é utilizado para cobrir grandes áreas.

máscara - pedaços de fita ou papel adesivo, utilizados na técnica de mascaramento (v.).

mascaramento - técnica através da qual cola-se pedaços de papel ou fita adesiva sobre parte de uma superfície a ser pintada. O objetivo é "proteger" aquela área da tinta a ser aplicada. Por exemplo, se você colar um pedaço de fita sobre uma asa de avião e pintá-la inteira, quando retirar a fita aquela parte exata onde ela estava permanecerá sem a pintura. Essa técnica é utilizada para efeitos especiais e também para "recortes" de pintura que não poderiam ser feitos à mão livre.

paper modeling - tipo de modelismo onde os modelos são construídos inteiramente de papel. Pode-se encontrar com abundância na Internet, diagramas prontos para serem executados, bastando que o modelista os imprima em uma folha de papel firme (120, 150, 180g) em uma impressora laser ou jato de tinta, recorte as peças, e monte o modelo utilizando cola branca. Modalidade muito popular.

photo-etched - técnica que consiste em reproduzir em finas chapas de metal, peças delicadas ou de extremo detalhamento, impossíveis de serem injetadas diretamente no poliestireno, como grades e balaústres, pecinhas de motor, etc. Atualmente, kits sofisticados e mais detalhados vêm acompanhados de chapas de photo-etched. Também existem diversas empresas especializadas em produzir chapas de photo-etched the uso "genérico" que podem ser utilizadas para o melhoramento de kits já existentes.

poliestireno - tipo de plástico rígido utilizado pelos fabricantes de modelos para injetar os kits. O poliestireno também pode ser adquirido em folhas ou placas inteiras.

putty - massa utilizada para preencher buracos ou vãos no poliestireno, provenientes de defeitos na fabricação do modelo.

redutor - líquido utilizado para refinar ou diluir tinta, tornando-a mais rala e propícia para a pintura, indispensável na pintura com aerógrafo. O redutor (ou diluente) irá variar de acordo com as características químicas de cada tinta, podendo ser provenientes de petróleo para tintas esmalte ou duco (benzina, querosene, redutores específicos, etc), de origem vegetal para tintas acrílicas (álcool) ou até mesmo água para aquarela ou guache, e até outros produtos como cera líquida por exemplo. Cada tinta possui seu redutor específico. Costuma-se utilizar o termo "thinner" erradamente para se referir a um tipo específico de redutor, e pensa-se que todo "thinner" é igual. Na verdade a palavra thinner significa "afinador" em inglês, ou seja, que afina, reduz, dilui. Dessa forma, "thinner" não é um TIPO de redutor, mas sim um termo genérico que se aplica a qualquer redutor. Pode-se dizer sem medo de errar que a água é o "thinner" (redutor) do guache. Acontece que alguns fabricantes engarrafam redutor a base de petróleo do tipo aguarraz (alguns mais concentrados outros menos concentrados) e os vendem com o nome de "Thinner" no rótulo. Ao utilizar um redutor genérico como esses para diluição, pode arruinar completamente a tinta (e o modelo em que for aplicado). Ao utilizar tintas à base de petróleo como esmaltes e duco, sempre deve-se buscar informações junto ao fabricante ou ao lojista onde adquiriu a tinta a respeito do redutor indicado para aquela tinta.

scratch building - técnica que consiste em criar um modelo inteiramente a partir do zero. Nesta modalidade, ao invés de montar um kit comercial, o modelista irá construir cada peça que comporá o modelo final e na maior parte dos casos é utilizada para a criação de modelos inexistentes, como naves espaciais saídas da imaginação do próprio modelista ou então a reprodução de miniaturas que não existem comercialmente. No scratch-building vale tudo: desde a modelagem das peças a partir de uma placa "virgem de estireno", até a utilização de sucatas como parafusos, embalagens usadas, peças de sucata, etc. Da mesma forma, pode-se combinar diferentes materiais como metal, plástico, madeira, isopor, papel, etc.

snapkit - tipo de kit que não necessita de cola para montagem, bastando que as peças sejam apenas encaixadas. Normalmente esse tipo de kit não é apreciado pelos modelistas mais experientes, devido a extrema simplicidade e facilidade na montagem, sendo mais indicado para crianças, principiantes e pessoas que não vêem o modelismo como um hobby habitual.

sprue - v. árvore.

thinner - v. redutor.


Por favor, se eu falei alguma besteira me corrijam. A idéia é que esse tópico não seja mantido, e que mais para a frente todos os termos sejam compilados em um artigo. Se eu lembrar eu coloco mais.
×
×
×
×