Resposta to "Chegaram os Russos - Perdas russas durante a operação militar na Síria"

O vice-ministro da Defesa da Rússia, Dmitry Bulgakov, disse nesta terça-feira que a Rússia está estudando a possibilidade de usar um novo propelente para aumentar o alcance dos seus mísseis de cruzeiro estratégicos.

 

Navios da Frota do mar Cáspio estão lançando míseis de cruzeiro contra as posicões do Estado Islâmico na Síria, 7 de outubro de 2015
Rússia disparou 26 mísseis de cruzeiro desde início da operação na Síria
 
"Ao longo dos últimos anos, o combustível Decylin-M, que permite aumentar o alcance dos mísseis de cruzeiro estratégicos em 250-300 km, começou a ser utilizado pelas Forças Armadas russas", comentou Bulgakov em conversa com jornalistas.

Os mísseis de cruzeiro têm sido utilizados pela Rússia em sua campanha antiterrorista na Síria, iniciada no final de setembro, a pedido de Damasco. Em 7 de outubro, navios russos lançaram a partir do Mar Cáspio o primeiro ataque com mísseis de cruzeiro Kalibr contra posições do Daesh na Síria. Depois de percorrerem cerca de 1.500 km sobre os territórios do Irã e do Iraque, todos os mísseis atingiram os seus alvos.

×
×
×
×