Resposta to "Chegaram os Russos - Perdas russas durante a operação militar na Síria"

CASTR0 posted:

Richard Nixon mandou bombardear a Coreia do Norte em dia de bebedeira 

Em abril de 1969, o presidente americano, furioso e alcoolizado, ordenou um ataque nuclear contra o país de Kim Il-Sung. Foi Henry Kissinger quem evitou a III Guerra Mundial.

Coreia do Norte abate um EC-121, avião espião americano que sobrevoava o mar do Japão. Richard Nixon ficou em fúria. E como viria a contar Bruce Charles, um piloto da Força Aérea baseado na Coreia do Sul, estes operacionais foram colocados em alerta no sentido de levar a cabo o SIOP (Single Integrated Operational Plan), que era tão somente o plano de ataque nuclear dos EUA.

A missão de Charles era a de largar sobre a Coreia do Norte uma bomba nuclear de 330 quilotoneladas, revelou o piloto à rádio pública NPR. A bomba que armava o seu avião era 20 vezes mais poderosa do que a que fora lançada sobre Hiroshima. Mas algumas horas depois, nova ordem viria abortar o plano. Richard Nixon optava por não responder aos norte-coreanos.

Richard Nixon estava alcoolizado quando dera a ordem aos comandantes no terreno.

“Se o presidente levasse as suas ideias avante, haveria uma guerra nuclear todas as semanas”, dizia Henry Kissinger, citado pelos autores do livro. Kissinger, um dos mais destacados diplomatas americanos, era, em 1969, secretário de Estado, cargo equivalente a ministro dos Negócios Estrangeiros.

E foi ele quem telefonou aos comandantes militares e os convenceu a não cumprir de imediato a ordem de Nixon, pelo menos até ao presidente acordar sóbrio no dia seguinte.

Bah! Que história!

Onde eu consigo referências bibliográficas? Essa história tem de ser passada adiante!

×
×
×
×