Resposta to "Chegaram os Russos - Perdas russas durante a operação militar na Síria"

Matua: A nova base russa da Frota do Pacífico

Significado estratégico

A Marinha está estudando a possibilidade de criação de um posto de baseamento de navios nas Ilhas Curilas. A aviação de longo alcance também está interessada.

A ilha parece uma fortaleza dentro do oceano. A ilha de Matua está bem protegida por rochas inacessíveis, costa elevada e por uma rede de fortificações antigas.

Agora o mar de Okhotsk está bem protegido por sistemas antiaéreos S-400. As novas capacidades dos mísseis permitem criar áreas marítimas mais protegidas, favoráveis para o patrulhamento militar dos submarinos nucleares com mísseis balísticosà distância de quatro mil milhas de São Francisco e das posições das forças estratégicas terrestres americanas nos estados de Wyoming, Montana e Dakota do Norte.

As Ilhas Curilas devem se tornar em uma indestrutível fortaleza marítima russa. Para alcançar este objetivo, a pequena ilha de Matua tem grande importância.

A frota do Pacífico da Rússia está atualmente estacionada em várias bases da frota localizadas na área de Vladivostok. Vladivostok foi a maior base naval de gelo da Rússia desde o início da força naval russa, mas o porto tem uma grande desvantagem. 

Para entrar no mar aberto, os navios russos devem passar entre a Coréia do Sul e o Japão através do estreito de Tsushima ao sul, ou depois das várias estações de inteligência de sinais navais, aéreas e terrestres (SIGINT) na Ilha de Hokkaido, a norte.

As pistas da ilha são aquecidas centralmente pela água geotérmica conduzida sob a pista. Ao lado da pista você ainda pode ver linhas de bateria de alemão.

A nova pista tem uma particularidade — é de metal. Devido ao clima caprichoso de Matua, os engenheiros da Frota russa do Pacífico optaram por uma pista composta por chapas perfuradas de ferro unidas entre si.

×
×
×
×