Resposta to "Fechamento da Loja Horiginal & perspectivas do hobby"

Já falei isso na Webkits mais de uma vez.

Fui lojista por muitos anos. Fechei em 2008. E olha que tentei diversificar ao máximo: aero, auto, ferreo, nauti e plasti. Tá certo que não peguei esta onda de loja virtual da forma como são hoje. Na época o custo de desenvolvimento era muito alto (pelo menos para os meus padrões de faturamento). No máximo tive uma página na internet como propaganda virtual. Contudo, enviei muita encomenda pelos Correios. Mesmo não sendo ganancioso (meus clientes sabiam muito bem disso), chegou num ponto que não deu mais.

Agora, quanto ao preço do hobby no Brasil, penso que não podemos nos esquecer de outro grave problema.

Na época tinha muito contato com os importadores que contavam histórias horripilantes do que se passava na alfândega, principalmente em portos. Espórtula, gorjeta, gratificação, molhadura, suborno. Não importa o nome. E quanto maior o carregamento, maior era a cara de pau da fiscalização.

É isso.

Sandro.

×
×
×
×