Resposta to "Fechamento da Loja Horiginal & perspectivas do hobby"

Meu caro Rubens,

Fique de olho nessa coleção de seu avô, pois pode conter peças raras.

Incentivado por meu pai, que lidava com correspondências internacionais nas décadas de 50 e 60, comecei a colecionar selos. Ele me deu de presente alguns álbuns bem modestos produzidos por uma casa filatélica aqui no Rio, material para prender os selos nos álbuns e um pequeno manual do filatelista, editado pela saudosa Edições de Ouro (livros de bolso). Deixei de mexer nela no final dos anos 80, mas está comigo até hoje. Um detalhe - nas décadas de 50 e 60 era mais fácil encontrar filatelistas do que plastimodelistas.

Assim como vc, tenho uma pequena coleção de moedas e uma tb boa coleção de wargames (simulações de conflitos e batalhas, com tabuleiros, peças de cartão e dezenas de tabelas). Esses de vez em quando eu jogo, no caso aqueles que permitem jogar solitariamente. Acredito que a turma dos jogos eletrônicos teria arrepios de horror ao ver essas coisas.

Mesmo que essas coisas estejam hoje fora de moda, não lamento as horas que gastei no passado com tais passatempos. Forma horas felizes e, acredito eu, bem aproveitadas e instrutivas.

[  ]s

×
×
×
×