Resposta to "Minha experiência com água"

Conforme planejado, ontem a noite verti uma segunda camada com um pouco menos de corante e hoje cedo a terceira com a resina ainda mais clara. 

Um aviso aos navegantes desses mares, fica uma observação: quando deixar a resina curar, deve-se cobrir mas não abafar. Explico. Na primeira experiência que fiz com os torpedos, verti toda a resina de uma só vez e deixei curar sem nenhuma cobertura, já que depois de curar, era do projeto, acrescentar o gel de ondas.

Percebi que a superfície da resina ficou totalmente brilhante e refletiva. Já nessa segunda, cobri mas creio que mesmo tendo sido com papel toalha (tem uma porosidade), já na primeira camada, deu para perceber que a superfície não ficou assim. Na segunda, a mesma coisa.

A palavra final vai ser na terceira que estou deixando totalmente aberto. Acredito que há a liberação de gases que não devem ficar no ambiente pois caso fiquem, deixam a superfície meio opaca, esquisita.

Bem, agora, só amanhã.

Edu

×
×
×
×