Resposta to "No plastimodelismo, qual é até hoje o seu maior arrependimento?"

Sessão nostalgia à pleno!

Os mais jovens que nos desculpem mas recordar é também viver...em meados dos anos sessenta ganhei de meu pai o meu primeiro kit 1/72 da Revell. As primeiras tentativas de pintura foram com guache e depois com outros improvisos que já não lembro mais. Lá por 1977 (após a lei da proibição de produtos importados -1º de Abril de 1976), eu trabalhava com um colega uruguaio que seguidamente viajava para casa. Próximo de sua casa havia a sede de um grupo de modelismo que se reunia e comprava (importava) kits e tintas. O que sobrava eles vendiam para quem quisesse. Foi assim que pus minhas mãos sujas nas primeiras tintas esmalte da Humbrol e em alguns kits importados. Que maravilha!

Hoje, como bem o Araguenet citou, as opções aumentaram e são muitas e variadas mas...os impecilhos (câmbio, RF, Correios, ICM,...demoras), também cresceram. Então me parece que nada mudou!

Continuamos empatados!

Abraços,

Gelson

×
×
×
×