Resposta to "No plastimodelismo, qual é até hoje o seu maior arrependimento?"

Rubens,

entendo e respeito o teu ponto de vista. Mas acredito que está havendo uma evasão do hobby assim como não estão havendo novas adesões como gostaríamos. Na verdade, está havendo um acentuado declínio. E talvez isso justifique os aumentos pois estão vendendo menos e investindo mais em novas ferramentas.

Também consegui fazer um bom estoque de kits por conta dessas saídas ao exterior.

Eu conversei com o dono de uma empresa nos EUA que faz produtos para dioramas e expliquei como funcionam as coisas por aqui.

Partindo do princípio de que as lojas daqui não tem os produtos que queremos. A compra no exterior começa como 6% de IOF no cartão e o valor da cotação do dólar do dia. Depois vem o valor do kit + frete. Se o peão não tem muita sorte (como eu) vai cair na RF (60% sobre o valor do kit + frete). Chegando no estado onde  moro o ICM entra e come mais 18%. E ainda tem a taxa extra do correio (R$15,00).

Ou seja, a coisa beira aos 100% do valor original. Se eram $50 no início pula para $100 fácil, fácil! Isso pelas minhas contas (a grosso modo) já dá quase a metade de um salário mínimo!

Diante desta situação a expressão do americano ficou marcada, ele disse: "eu não sabia que havia um país assim no mundo que odiava tanto o modelismo".

Mas existe e está bem aqui para quem consegue ver.

Desculpe os meus desabafos e por favor e não tome pelo lado pessoal. É que tenho alguns colegas por aqui (ótimos modelistas) que simplesmente largaram ou reduziram pela simples força desses números.

Mas, se tem alguém satisfeito com esta situação...que seja feliz!

Eu não consigo.

Abraços,

Gelson

×
×
×
×