Resposta to "Pinturas comemorativas em aeronaves de combate e aviação civil."

Pepsi Concorde - F-BTSD 1996

Um Concorde azul com o nome Pepsi passou por dez cidades europeias para mostrar as novas cores da empresa.

A Pepsi gastou US$ 190 mil para convencer a Air France a pintar um de seus aviões e outro tanto para pintá-lo novamente de branco, em dez dias.
Segundo o jornal "The Times", a British Airways recusou a oferta por considerar perigosa a pintura do avião.
Na velocidade supersônica, o Concorde só pode estar pintado de branco para não correr o risco de elevar muito a temperatura. O branco reflete raios solares.
Técnicos da Air France dizem que o avião deverá voar na velocidade subsônica.

×
×
×
×