Resposta to "tigre 1 mid - sem zimmerit"

Cada um de nós está livre para fazer suas montagens como bem entender. É justamente aqui que reside a beleza do hobby: autonomia de criação.

Mas, como procuro sempre chamar a atenção e seguir esse padrão, temos uma responsabilidade com a História, queiramos ou não. gostemos ou não. Não nos aspectos de colar, unir e pintar peças de estireno e metálicas mas nos aspectos históricos que cercam o nosso objeto de montagem.

 

No caso do Zimmerit, que é uma coisa chata de se fazer, valendo mais a pena buscar acessórios AM, e que acrescentava originalmente, dependendo do veículo, de 400 até 1000kg de material literalmente inútil, ele existe e está instalado em determinada época da guerra.

Quanto, porém, vamos ao Pz. kpwf. Tiger Ausf E com a chamada Mid Version, temos alternativa de usar ou não essa pasta anti-magnética.

 

Essa versão começou a partir do veículo 251, começado em fins de Abril de 1943 e que continuou até o chassis 824 em Janeiro de 1944.

Todos os veículos após o chassis 251 passaram a usar o motor mais potente Maybach HL 230 P45 com 694bhp, bem como uma transmissão melhorada, melhorando um pouco as características off-road do veículo.

A partir do veículo 391, de Julho de 1943, o Tiger I passa a ter uma torre com a cúpula do comandante totalmente redesenhada usando7 periscópios blindados (Prismensplegelkuppel) ao invés dos visores da torre modelo tambor do modelo dito Early (até chassis 250) e a abertura lateral da escotilha.

Mas também:

foi acrescentado um anel montado ao redor da cúpula onde pode ser montada uma MG antiaérea;

um pistol port menor MP-40 (Mp-stopfen) surge no lugar da maciça abertura no lado posterior esquerdo da torre;

uma guarda blindada maior reforçando o bloco onde ficavam os orifícios da mira do artilheiro;

uma guarda blindada modificada( com 25mm de espessura e 300mm de diâmetro) para  um ventilador de teto da torre e

troca da posição desse ventilador, realocando-o o mais próximo possível e diretamente acima da culatra da arma, sem interferir com a trava de movimentação da arma;

uma trava modificada no centro da escotilha do municiador,

o teto da torre ganha uma blindagem mais espessa e uma ligeira extensão de superfície.

Isso externamente na torre. Houve também modificações no chassis em posicionamento de lâmpadas, remoção da pá dianteira e dos grampos de fixação e o sistema de filtros Feifel só vai ser removido a partir de Novembro de 1943.

Internamente, a torre da Versão Mid foi totalmente reprojetada e não vou descrever essas mudanças, salvo se for montar um veículo com interior.

Para ilustração, foi acrescentado um novo contrapeso para o canhão, montado na parte posterior da torre, um controle manual para a força hidráulica de rotação e uma trava de rotação dentada substituindo a anterior de tipo pino cônico.

 

De Setembro de 1943 em diante (a partir do veículo 496), foi descontinuado o caro e pouco usado sistema para vadear cursos fluviais e os veículos passam a ter aplicada na linha de produção a pasta Zimmerit.

 

Para encerrar, eis as unidades que comprovadamente receberam tanques Tiger I Ausf E Mid Version. Podem ser feitas quaisquer montagens sem Zimmerit usando essas unidades como recebedoras desses veículos:

Schwere Panzer Abteilung 503 recebeu 12 em Agosto de 1943

Schwere Panzer Abteilung 505 recebeu 05 em Setembro de 1943

Schwere Panzer Abteilung 506 recebeu 45 em Agosto de 1943

Schwere Panzer Abteilung 509 recebeu 45 em Setembro de 1943

Panzer Grenadier Division "GD" recebeu 06 em Agosto de 1943

SS.Pz.Rgt.2 recebeu 05 em Setembro de 1943

9.SS.Ps.Rgt.3 recebeu 05 em Setembro de 1943

 

No total, 123 veículos Pz.Kpfw. Tiger Ausf E Mid Version foram despachados comprovadamente para o fronte russo com as características da Versão Mid mas sem Zimmerit aplicado na fábrica.

A data de aplicação do Zimmerit na linha de montagem tem uma certa variação entre autores, mas aceita-se Setembro de 1943, com o chassis inicial 250501, citado por Jentz e Doyle no livro Tiger I, da Osprey New Vanquard, como a data mais comprovada para o início do processo.

×
×
×
×