Resposta to "Vidro líquido"

Pode-se estar confundindo poeira com umidade, ou separá-los como se fossem distintos Firefox. Mas atuam combinados também.

 

Se um ambiente é umido ou a umidade do ar é mais alta devido ao clima, a poeira pode vir associada ao mofo e ao bolor. Como ele repele de forma muito mais eficaz a água, umidade, condensação ou congelamento, manter o que se quer proteger fica mais fácil. 

 

O lance é o ar do ambiente e a umidade contida nele. Dependendo do material ela interage, se agrega e até propicia o desenvolvimento de outro vetor, como algas. Tem poeira comum, pó seco e maresia por exemplo. Tem tipo de cola que COLA porque perdeu água, outras porque gera um polímero. 

 

No caso do trem que vc falou, como o ultra ever dry não permite que a lama grude por exemplo? Lama é pó e água, se perde a água fica só a sujeira mais fina grudada na superfície, que não é lisa, tem rugosidades, que acabam sendo preenchidas por partículas de poeira, que vão reduzindo a capacidade aerodinâmica do trem. Sem a camada de pó o atrito é menor, logo, maior desempenho aerodinâmico.

 

O protetor de vidros mostrado, custa 20 reais sem o frete e é um hidro repelente. O UED custa, na menor porção do fabricante custa o mesmo. Mas nada que um pincel fino uma dou duas vezes por mês numa estante aberta também não resolva e á forma como limpo modelos empoeirados. Estantes fechadas muito faceis de manter livres de pó. O pó de qualquer tipo não vai desaparecer.

 

Future protege, sim. O UED também, sim. Considerável? Além do que já existe? NÃO. Porque o foco dele é liquidos.

 

Além disso: Superfície lisa não existe. O atrito é reduzido porque se diminui uma das causas e algumas das forças que o influenciam, que caso do trem, também são a coesão e adesão.  

×
×
×
×