Skip to main content

quote:
A molecada é que não quer saber de modelismo mesmo. Já tentei iniciar pelo menos dois meninos, filhos de amigos meus, no modelismo. No começo eles até se empolgaram, mas quando perceberam que teriam que ficar umas boas horas sentados mexendo naquilo, largaram o negócio rapidinho.

Em plasti não há "resultado imediato", tem que investir capricho, tempo e esforço, e isso poucas pessoas querem, nos dias de hoje.

O "imediatismo" (quero tudo JÁ) é um mal geral, no mundo inteiro, e em todas as áreas, não só no plasti.

[]´s

X
quote:
X-Cão sinceramente não sei no que pagar uma diária a mais torna uma convenção elitista,

Vc viu quanto custa ficar 1 dia a mais em outra cidade? Somando alimentação, estacionamento e hotel, por exemplo (sem contar eventualmente diferenças de valor na passagem aérea)? Só isso já afastaria boa parte dos modelistas.

O fato é que, hoje no Brasil, não há condições ou modelo que permitam fazer um concurso cujo julgamento dure 2 dias. O que se pode fazer são exposições regionais, limitadas.

Se alguém tiver um modelo de concurso viável, que permita mais tempo de julgamento, e com as equipes de juízes que os grupos dispõe hoje, estamos prontos para ouvir e debater!

(Pessoalmente, eu acho que o único modelo assim seria o próprio modelista premiar o seu modelo - assim não haveria discussões, os julgamentos seriam rápidos e justos - um mundo perfeito! Maneiro !!!!)

[]´s

X
quote:
Vc viu quanto custa ficar 1 dia a mais em outra cidade? Somando alimentação, estacionamento e hotel, por exemplo (sem contar eventualmente diferenças de valor na passagem aérea)? Só isso já afastaria boa parte dos modelistas.



Tô na boa...! Isso é verdade...por causa de um amigo que resolveu "pular para trás" na ultima hora...onde nós íamos de carro..... eu ele e outro colega...quando fui comprar passagem para ir sozinho..na última hora..paguei caríssimo na passagem de avião de volta...ou seja tive que ir de ônibus "14 Hs de viagem até campinas e voltar de avião 1:20 minutos de voo...gusto total da viagem só de passagem 850 reais...mas realmente quanto mais tempo ficar na cidade mais caro fica..fora a passagem/transporte..essa é a principal dificuldade que temos de deslocarmos de mato grosso do sul para outro estado.. Ta loco sô !!!! Ta loco sô !!!! Ta loco sô !!!! entre ônibus e avião...ou ida e volta de avião...
Li todos os comentários expostos, concordo com muita coisa apresentada, e partilho uma coisa que vivenciamos no CBAP.

Como todos sabem este ano não tivemos o open do CBAP, primeiro pq não conseguimos um patrocinador que pudesse nos ajudar com as despesas para premiação, aluguel de mesas, etc.

Segundo, esbarramos na situação de termos poucos membros do clube o que acarreta na famosa situação de "cobrar escanteio e aparecer na área para cabecear", isso quer dizer, que temos de nos desdobrar para poder suprir as inúmeras categorias apresentadas.

Agora vamos ao principal, o X-Cão foi preciso no comentário dele "Se alguém tiver um modelo de concurso viável, que permita mais tempo de julgamento, e com as equipes de juízes que os grupos dispõe hoje, estamos prontos para ouvir e debater!".

A nossa questão toda é o hobby esta em parte perdendo a questão de ser uma forma de ralaxamento, uma forma de conhecer e aprender algo sobre o que se está montando e principalmente a questão de se conhecer pessoas e construir amizades.

Infelizmente o ser humano é competitivo, que não digam ao contrário, disputamos até campeonato de guspe em distância, quem dirá sobre o fato de disputar algo que te tomou tanto tempo para ser concluído, aí já enveredando para a questão do lado lúdico, artístico de cada um, onde a opinião é totalmente subjetiva.

Indo por este prisma, todo e qualquer julgamento por mais preciso que for será sempre contestado, já que aquele que foi preterido irá se manifestar, sendo assim, acho que é o principal, temos de mudar a nossa percepção sobre o hobby, o que vale mais, uma medalha ou o prazer de encontrar os bons e velhos barrigudos de sempre?

Não vou mentir que gosto de uma medalhinha, mas se não der f...-se valeu pela bagunça e principalmente por ter tido a oportunidade de reencontrar os amigos.
Eu sou o maior crítico dos meus modelos, se eu ganho medalha, fico feliz pra caramba, se não ganho, dane-se! Não consigo entender essa necessidade toda de levar uma medalha pra casa... Eu levo o kit mais para fazer parte da festa, para encontrar com outros malucos iguais a mim e para ver o quanto aprendi e o quão longe meu kit está em relação aos mais experientes (ou talentosos).


PS: Até aqui no fórum tem soberba, pra se ter uma idéia, outro dia em um tópico onde estava sendo discutida a eficiência em combate do MIG-29, um participante daqui me soltou a seguinte frase:

"É por isso que seus kits ficam uma porcaria, você não pesquisa direito"

Acham que eu ligo? Montei 12 kits até hoje! Não dá nem pra levar em consideração o que um idiota deste nível escreve.
Comentários rápidos:

1- Na minha opnião, é ilusão achar que antigamente a garotada brincava mais de Revell. Não foi uma nem duas vezes que eu montei kits para meus amigos que ganhavam no aniversário e não conseguiam ou não queriam montar. Eles queriam era jogar bola ou jogos de tabuleiro (WAR, Banco Imobiliário), e quando apareceu videogame aí descambou tudo. Na minha infância eu gostava demais de montar kit, mas não tive NEM MESMO UM outro amigo que gostasse. Só encontrei meus pares de Hobby quando entrei para a União Mineira de Modelismo, já aos 15 anos.

2- Uma maldade o que se faz com os juízes. O sujeito (o modelista) passa meses pesquisando sobre o modelo, compra livro, sabe tudo a respeito, monta o kit e sabe todas as dificuldades que passou, e entrega pra OUTRO sujeito (o juiz) lhe dizer se está bom ou não, e ainda quer que ele saiba o mesmo tanto ou mais. Juizes tem que avaliar dezenas de aviões de outras tantas nacionalidades e várias épocas, conhecer todos os tipos de acabamento e técnicas de pintura e desgaste, e ainda avaliar qual delas o modelista escolheu. É até covardia.

3- Não existe julgamento imparcial. Podem dizer que existe, mas não existe. Na hora de julgar pesa e muito o gosto pessoal. Então se você entrega seu modelo para o juiz dizer se merece ou não uma medalhinha, saiba que ele também responderá embutido se ele gosta ou não, mesmo que ele não saiba.

4- Fantasmas de concurso. Sempre tem história do cara que solta esse ou aquele comentário descenessário ou malicioso, mas nunca aparece QUEM fez isso, ninguém dá nome aos bois. E quando alguém aparece contando um caso desses, é imediatamente seguido pelos comentários de "se fosse eu, não deixava", "se eu tivesse visto, passava uma descompostura no cara", etc. Depois que a briga acaba, todo mundo é macho pra caramba.

5- Antigamente havia tabelas de pontuação para cada aspecto, na ficha do modelo tinha colunas onde a gente dava nota para montagem, pintura, decalques, depois somava e via quem tinha notas maiores. (Não tenho frequentado concursos fora de MG e não sei se fora daqui ainda fazem assim, aqui não se faz mais).
Um julgamento assim demora muito. Se os concursos que se auto denominam "Open" fossem realmente "Open" (modalidade que admite mais de uma medalha de ouro, prata ou bronze na mesma categoria e medalhas para conjunto da obra) o julgamento era mais fácil, não precisava de súmula, nem de nota, e aliás nem de categoria - os modelos ganham por merecimento. Um bom juiz compara dois modelos e sabe qual deles é melhor, não precisa ficar dando nota (pelo menos na minha cabeça é uma maneira mais bacana).


Abraços a todos.
quote:
Originalmente publicado por Fernando Estanislau:


Um julgamento assim demora muito. Se os concursos que se auto denominam "Open" fossem realmente "Open" (modalidade que admite mais de uma medalha de ouro, prata ou bronze na mesma categoria e medalhas para conjunto da obra) o julgamento era mais fácil, não precisava de súmula, nem de nota, e aliás nem de categoria - os modelos ganham por merecimento. Um bom juiz compara dois modelos e sabe qual deles é melhor, não precisa ficar dando nota (pelo menos na minha cabeça é uma maneira mais bacana).


Abraços a todos.


Fernando acabou de matar a charada e fazer feliz aos estressados por medalha de plantão e fazer a vida do Menardi, Assef, Café e demais juízes do GPC muito mais fácil.

E lembrem-se:

Maneiro !!!! Maneiro !!!! Maneiro !!!!

Maneiro !!!!Maneiro !!!!Maneiro !!!!Maneiro !!!!Maneiro !!!!Maneiro !!!!

Luft, obrigado pela foto, mas essa é bem velha (a Meikyô - fabricante desse kimono - nem existe mais), de quando eu voltei a treinar...

E eu sou da paz, mas tem hora que o sangue espanhol sobe... Hum... sei....!!!

[]´s

X
quote:
Luft, é uma foto bem velha, mesmo.

O X está super acabado, caidaço mesmo, hoje em dia... e precisa de duas faixas pretas emendadas pra poder dar o nó.

Melhor manter essa foto, mesmo.




Pior que é... Que saco !!!!

Quando me perguntam "como vc está?" eu respondo: "gordo, enrugado e com cabelos brancos"...

Maneiro !!!!Maneiro !!!!Maneiro !!!!Maneiro !!!!Maneiro !!!!Maneiro !!!!Maneiro !!!!Maneiro !!!!Maneiro !!!!

[]´s

X
quote:
Originalmente publicado por Luft46:
[QUOTE]Originalmente publicado por Fernando Estanislau:


Um julgamento assim demora muito. Se os concursos que se auto denominam "Open" fossem realmente "Open" (modalidade que admite mais de uma medalha de ouro, prata ou bronze na mesma categoria e medalhas para conjunto da obra) o julgamento era mais fácil, não precisava de súmula, nem de nota, e aliás nem de categoria - os modelos ganham por merecimento. Um bom juiz compara dois modelos e sabe qual deles é melhor, não precisa ficar dando nota (pelo menos na minha cabeça é uma maneira mais bacana).


Abraços a todos.


Fernando acabou de matar a charada e fazer feliz aos estressados por medalha de plantão e fazer a vida do Menardi, Assef, Café e demais juízes do GPC muito mais fácil.



Helder, eu concordo, seria muito mais fácil e melhor pra todo mundo! Até levantei isto tempos atrás!
O maior problema cai no patrocínio, afinal quem vai pagar por todas estas medalhas? Vc imagine, nem evento como o do GPC que se tem mais de mil modelos, quanto custa mil medalhas? A não ser que se cobre o valor da medalha antecipadamente, por kit na inscrição, fica muito difícil um clube arcar com estas despesas!
quote:
Originalmente publicado por Mano:
quote:
Originalmente publicado por Rato Marczak:
quote:
"gordo, enrugado e com cabelos brancos"


Bem vindo ao clube!

Rato Marczak
www.ratomodeling.com


Tão reclamando do que ?... Vocês ainda estão no lucro, tem cabelo... Maneiro !!!!Maneiro !!!!Maneiro !!!!


Vc também tem Mano, mas só na lateral! Tá parecendo o Bozo!! Maneiro !!!! Maneiro !!!!
quote:
Originalmente publicado por Mano:

Tão reclamando do que ?... Vocês ainda estão no lucro, tem cabelo... Maneiro !!!!Maneiro !!!!Maneiro !!!!


Verdade!

Só não sei o que o Rato tá reclando do cabelo branco, até parece que se não ficar branco vai atenuar "o conjunto da obra"

Maneiro !!!! Maneiro !!!! Maneiro !!!! desaforos em 5...4...3

Cadum, cadum, mas eu não sei pq desse tanto de stress por medalha. Na boa, nem concorro, então não posso dizer nada. Se concorresse, nada ganharia e nada mudaria tb na minha vida.

Mas sei do tanto que leva de trabalho fazer uma exposição, do esforço sem nada querer em troca, e do quanto de incomodação que dá. Pra quem faz acontecer, meus aplausos de pé. Pra quem toca os IPMS da vida, as associações, os grupos... idem.

Abs
Eu pouco participo da webkits,mas vou dar meu pitaco:

Também acho inviável pelos motivos já citados acima,mudar o formato dos eventos para terem 2 dias de julgamento. Uma idéia talvez mais plausível seria encerrar as inscrições 11:00, pois 1 hora a mais de julgamento é muuuuita coisa.Também acho o julgamento comparativo mais eficiente que sistema por pontos, pois, se buscam objetividade no julgamento, julgar pontuando todos os kits da mesa por base em um índice técnico, pode ser bem mais subjetivo do que pensam.

Acho que este formato em que 2 kits poderiam empatar, ganhar ouro em uma mesma split, desvirtua totalmente a proposta da competição.Mudar tudo isso só para satisfazer uns reclamões que "em sua maioria" (como citaram antes)não possuem auto crítica para perceber que não ganharam porque tinha outro melhor.....Bastava entender que 3 pessoas tentam definir os vencedores de forma imparcial aplicando-se critérios técnicos. Podem errar? claro que sim, se até juizes(profissionais) de futebol,nado sincronizado, patinação artística que fazem cursos e etc para isso erram...

Quando saio daqui para os eventos aí do sudeste, não vou só para passear ou pelo puro prazer em rever os amigos,vou para competir e possivelmente ter meu trabalho reconhecido.Tem realmente quem vá a opens totalmente desencanado, e o que der deu....Mas 90% vai mesmo é com grande desejo de competir, quer ganhar medalhas, mas se camufla dos que vão "só para confraternizar e rever amigos" Vez ou outra vejo uma categoria em que não concordo com o julgamento, e embora talvez seja como alguns dizem aqui em fortaleza "um modelista profissional louco por medalhas", para mim foram 2 ou 3 pessoas que definiram por critérios técnicos, então vamos para o próximo.

Se algum dia chegar a consultar juízes para questionar um julgamento, será uma conversa de 3 min ou um pvt.

Abrs

ps: enquanto alguns se degladeiam discutindo julgamento em outro tópico aí,já estou é estudando para a OAB e terminando de baixar o relevo da fuselagem de um mirage IV da heller Maneiro !!!!Maneiro !!!!Maneiro !!!!
quote:
e terminando de baixar o relevo da fuselagem de um mirage IV da heller

AINDA BEM que não vou competir na temática da APRJ do ano que vem! Dessa humilhação eu escapei (e a do Lightning tb, UFA)!

[]´s

X
Na ultima vez que levei meus kits ao GPPSD , desencanei commpletamente da ideia de esperar por premiações.

No ano anterior já tinha pego todas as medalhinhas e premios que eu havia ganho e dei para os meus sobrinhos.

Tirei fotos, conversei com meus amigos , tomei cerveja, vi um montão de trabalhos fascinantes.

A cor está certa ? O decal está certo ? A rebimboca da parafuseta está bem colada ? O retentor da berimbela foi mal posicionado ?

Gente... ainda bem que o povo que monta o que eu monto tem a cabeça bem fresca e não está muito aí a cerca desses detalhes , que para mim acabam por tornar demasiadamente nerd um hobby que devia servir de verdade para nos deixar relaxados, e não tensos.

Ao chegar em casa guardei meus kits, arquivei as fotos e distribui minhas medalhinhas de novo.

Foi meu melhor GPPSD.
quote:
Originalmente publicado por Julio Campos:
vamos fazer um bolão p/ ver quem acerta quanto tempo depois do próximo evento vai demorar para aparecer outro tópico como este?



3 MINUTOS !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Concordo com o desabafo do colega.
Mas, acredito que uma das maneiras de diminuir o egocentrismo de pessoas extremamente chatas é a erradicação do julgamento,isto é, O FIM DOS CAMPEONATOS E CONCURSOS.
A partir do momento em que um trabalho é julgado por outra pessoa, a beleza de um determinado detalhe (que muitas vezes leva dias para ficar bom aos olhos de quem constrói) fica reduzida ou até mesmo imperceptível. Modelismo é uma arte, no qual cada artista independente da experiência que tem, é igualmente importante para a história do hobby. Assim, acredito que se os eventos promovessem apenas a exposição dos trabalhos, haveria redução enorme de pessoas que expõem o ego e, não a arte em si.