Hum...  Bom saber.  E como a ICM tem sempre explorado as variantes nos kits que lança, acredito que deva vir mais pra frente as versões usadas aqui no Brasil!

Vamos providenciar...

Mas pelo que me recordo, o Invader é o A-26...

o B-26 chamavam de Marauder... inclusive tenho o kit da Monogram desse modelo...  e há algumas diferenças significativas entre os dois... inclusive o fabricante de cada um... um é feito pela Martin e o outro pela Douglas....

Será que eles vão lançar um pensando que é o outro?

acidburner posted:

Mas pelo que me recordo, o Invader é o A-26...

o B-26 chamavam de Marauder... inclusive tenho o kit da Monogram desse modelo...  e há algumas diferenças significativas entre os dois... inclusive o fabricante de cada um... um é feito pela Martin e o outro pela Douglas....

Será que eles vão lançar um pensando que é o outro?

A USAF mudou a designação do A-26 para B-26 em 1948, o que causa uma confusão dos diabos. Portanto, não se trata aqui do Marauder, que aliás também carece de um kit moderno na 1/48.

Abs, Ivan

Last edited by Ivan P
Fernando Estanislau posted:

"vai dar trabalho" - conta pra esse leigo aqui o porquê, plise.

Olá, Fernando.

O que consegui identificar até agora, para a versão da FAB, e que não vem no kit:

- Cockpit com painel de instrumentos, manche e assento para o co-piloto (como na versão K, mas não necessariamente a mesma coisa). Até onde pude perceber, também não tem o painel de armamentos, logo acima dos instrumentos. O meu pai, que voou o B-26 na FAB, me disse uma vez que ele variava da avião para avião. 

- Assento do mecânico ("jump seat") logo atrás do co-piloto (também como na versão K, creio). 

- Nariz com seis metralhadoras.

- Ausência da torreta dorsal.

- Canopy em bolha. O kit tem ele, mas não vem com a opção para apresentá-la aberta. Resta saber se ele tem o perfil correto.

- Pilones na asas. Preciso investigar melhor, mas eu me lembro que os da FAB podiam carregar foguetes. Não me lembro se os pilones eram os mesmos do K. 

Tenho um certo apego emocional a esse avião pois, além do meu falecido pai ter voado ele na FAB, eu mesmo convivi bastante com os B-26 em Cumbica. Pena que na época não sabia que um dia precisaria de mais fotos deles.

Abs, Ivan

Last edited by Ivan P

Essa versão que é a mais indicada para fazer os "A"-26B com nariz sólido da FAB (aqui eles eram chamados de B-26B), pois tem as 6 metralhadoras (4 centradas e 2 deslocadas p/ direita). Para fazer os os B-26C com nariz envidraçado, por enquanto, só os modelos da Revell-Monogram - pelo menos para tirar as peças para conversão! 

Nenhum dos nossos B-26B/C tinha a torre ventral e a torre dorsal existia nos primeiros modelos recebidos, mas depois de 1968, elas foram retiradas da maioiria deles, senão de todos. 

Last edited by MaxTorre

Incluir Resposta

×
×
×
×
Link copied to your clipboard.
×