Olá pessoal. Esse foi um trabalho em andamento que postei lá no grupo do face e que resolvi trazer pra cá pra ir atualizando o andamento. É minha primeira aventura no mundo dos dioramas, então ainda tenho muuuuito o que aprender. Quem puder passar dicas e sugestões sejam bem vindos.

Essa é uma releitura imitando um pouco a arquitetura do Beco da Lama em Natal (RN), conhecido por ser um dos redutos da boemia potiguar desde o século passado. A ideia é fazer uma composição com um die-cast de algum carro nacional entre a década de 60 e 80.

Segue o andamento


Last edited by Thomaz1914
Original Post

Obrigado! Nas paredes to usando placa de foam e detalhes da fachada são madeira balsa. Depois passei pasta para modelagem da corfix pra fazer a textura e cobri com primer depois. As tintas foram todas acrílicas e usei o chipping effect pra ajudar no descascado.

muito  bom...modelismo  tipo  raiz que  mostra  que  e  possivel  chegar  a bom  modelo com  materiais  mais  basicos... não  fica  a dever nada  para  outros  modelsitas  la de  fora..  seguindo  ....

paulo r  morgado    plastiresiabços - sp  sp - 

Obrigado Paulo. é aquela situação, a gente tem q aprender a se virar com oq acha, se não a bancada vai viver abandonada. Essa semana devo atualizar mais um pouco.

Comecei a trabalhar no interior do bar, já sendo feita as paredes com pintura propositalmente mal acabada pra dá um ar mais rústico ao lugar. Além disso, imprimi o piso e deu um acabamento com goma laca incolor e verniz fosco pra da mais rigidez e resistência a umidade.

Imagem

Imagem

Imagem

 

Nossa, voltei no tempo agora kkkkk nem tinha passado pela minha cabeça isso, só não sei se nos bares tinham essas balanças (apesar de lembrar q existiam botecos q tbm funcionavam como mercearias).

Vou dar uma estudada nisso, obrigado pela ideia.

projeto muito bacana, gostei.

 

Bem criativo e as tecnicas são bem interessantes.

 

definitivamente eu preciso conseguir essas placas de Foam..... não faço idéia de onde ou como...

Anderson, essas placas achei por acidente quando passeava pela kalunga, creio q no site deve ter. Tente procurar pelo nome de spumapaper

Pintei o pavimento com "chapriscadas" de cinza, salmão e branco.

Imagem

Em seguida misturei a massa acrílica com umas gotas de cor concreto e passei sobre o piso, depois limpando com uma esponja molhada (no fim não notei muita diferença no resultado).

Imagem

Imagem


Depois apliquei um desgaste com pastel seco preto e wash pontual com verde musgo pra simular lodo.

Imagem

Imagem

se  não  me engano  spumapaper  e  foam são  a  mesma coisa que  ..  poliestireno  expandido  ..outro  nome  para  o isopor...

mais  util o de  gramatura  similar  ao  das  embalagens  plasticas  de  espuma  isopor  para  carne  - peixes  ...fininhas  e   aceitam  facinho  marcas de  lapis  estilete ,,,, 

porem  tintas  apenas e  tão somente  acrilicas  e  colas  sem  solventes...especificas  para  isopor  ou  cola  branca  ..se  usar  outras  derretee  esburaca   facil...

....da  pra  achar  em  casas  de  embalagens  descartaveis...  tamanhos  e  espessuras  diversas....

tem  muita  gente (eu  uso  como  base  de  tarmac  ou  de  piso de  estrada ou de  pouso para  aviões..

não esquece  de  acrescentar  no  bar  aqueles  frascos  com    doçes  e balas  juquinha...  quebra  queixo...  garrafas  de  tubaina  ..crush...   na  vitrola  ou radio   marconi de  valvulas...  toque  "boemia "  com  nelson  gonçalves....  ( e  to  meio velho  mesmo) ;..

..plastiresiabços paulo r  morgado  sp - sp 

Bom, bom, não está não. 

Tá excepcional. A textura está impecável e este desgaste nas áreas pintadas também está maravilhosa.

Parabéns.

Acompanhando com muito interesse.

Edu

Last edited by edufari

Paulo resumiu muito bem a história, é a mesma coisa. Solvente orgânico não pode nem chegar perto desse material, tudo a base de água. Gostei da ideia da vitrola, vou adicionar sim, muito obrigado.

Fred e Edu muito obrigado!

Pessoal, infelizmente esse trabalho vai ficar um tempo de molho. Fui chamado pra retomar o estágio em outra cidade e tive que deixar todos os meus materiais em casa, já q não ia ter como levar. Assim que as coisas se normalizarem por essas bandas espero poder voltar às montagens.

Abraços a todos.

Incluir Resposta

×
×
×
×
Link copied to your clipboard.
×