Passando pela HyperScale hoje dei de cara com um kit de um Corsair com descascamento de pintura que me fez pensar se realmente estamos fazendo isso certo, em alguns casos.

O modelista descascou a pintura e por baixo desta ao invés do "alumínio" da estrutura, ele pintou com "Aircraft Green Primer", o que ao meu ver, seria o mais correto em alguns casos (senão todos), acho que para se chegar ao alumínio do metal da estrutura o desgaste tem que ser bem "pesado" tipo: ricochete de tiros, batidas, etc...você apenas voando com o avião o desgaste devido ao atrito iria remover apenas a camada externa da pintura, mostrando assim o primer. Será que estou errado ou isso é subjetivo, pode ser que sim e pode ser que não?

Last edited by Fabio Moretti
Original Post

Acredito que o desgaste por abrasão (seja pelos pés dos mecânicos, areia, etc.) irá expor o primer e, finalmente, o substrato. Já pancadas (aí sim destacamento da pintura) vai expor o substrato direto.

Just my 2 cents

[  ]s

Sidney

Last edited by Sidney

Tanto no Corsair como Dautless, tem que pintar antes aquela cor que aparece depois, no Corsair tem aquele verde zincromate, seria pintado antes do azul, assim como o aluminio, antigamente, após a última cor ainda meio fresca passava pincel semi úmido com solvente, mas agora tem a técnica do sal e a do fixador de cabelo, ou seja use um dos dois antes da última pintura, que quando removê-los aparecerá a cor de baixo, e no caso Corsair, o zincromate e no Dauntless aquela cor queimada pelo sol!Mas é claro que existem vários tipos de abrasões, aquele do sol, sal e dos coturnos, além de outros!

Incluir Resposta

×
×
×
×
Link copied to your clipboard.
×