Diluindo tinta a óleo para wash

Caros: geralmente pinto os meus kits com Humbrol (ou AeroMaster) diluída em aguarrás. Até aí tudo bem.  Depois, aplico a camada de verniz brilhante Future direto do frasco, sem diluir.  Até aí tudo bem também.  Aplico decalques e depois vou para o wash.

Geralmente faço o wash com tinta a óleo também diluída com aguarrás.  Deixo secar por um tempo e depois passo um pano para retirar o excesso da tinta a óleo da superfície do kit deixando mais nas reentrâncias e nos cantos.

Mas o diacho é que, se eu passo o pano com um pouco mais de força, às vezes a tinta Humbrol sai.  Não é sempre que acontece, mas acontece.  Achava que, com o Future, a tinta debaixo estaria protegida.  Mas às vezes ela acaba sendo afetada.  Pergunta: estou errando em alguma das etapas acima?  Ou será que devo diluir a tinta a óleo com algum produto menos forte?

Abrsssss,
A Raguenet

Original Post

Araguenet

Por melhor que você tenha aplicado Future ou qualquer outro verniz acrílico para proteger sua pintura em esmalte, eu jamais faria o wash com tinta óleo diluída em aguarraz. Simplesmente porque esmalte e wash a óleo vão reagir. 

Aí cabe algumas perguntas:

1. Quanto de Future você aplicou? Uma camada, duas, três? Deixou curar bem? Aplicou em dia úmido?

2. Qual tipo de aguarrás você usou? Existem as fortes e as mais fracas. Eu, particularmente, só uso a Aguarrás Mineral ( Mineral Spirits). Esta última é menos agressiva.

3. Você está limpando os excessos do wash apenas com um pano ou está usando um pano, ou cotonete embebido em aguarrás? Não está encharcando demais?

Enfim, são muitas variáveis.

Eu não uso mais esmalte(enamel) nos kits. Somente com acrílicas. Me dou bem melhor com elas. 

Uma alternativa seria usar um wash acrílico.

 

 

Edurech, respondendo:

1- aplico umas duas a três camadas de Future.  Deixo curar bem.  E na minha oficina uso um aparelho desumidificador, ou seja, a umidade está sempre controlada (entre 50 a 60% no máximo);

2- uso aguarrás do tipo White Spirit;

3- atualmente limpo o excesso de wash com pano com o mínimo possível de aguarrás pois sei que, se colocar um pouco mais, irá atacar a pintura.

Acho que o problema está no White Spirits.  Vou ver se acho o Mineral Spirits e experimentar.

Abrssss,
A Raguenet

Murilo N. Alves posted:

Araguenet, eu praticamente  só uso tintas Humbrol, só que a única diferença que eu vejo do modo que voce está fazendo, é que eu uso verniz brilhante, eu diluo as tintas a óleo com aguarrás mineral Acrilex ou similar, mesmo utilizando em excesso, não tenho tido problemas de tirar a tinta esmalte.

Murilo

Entendi Murilo.  Mas uma coisa: o Future não pode ser considerado verniz brilhante?  Acho que sim.  Você usa que tipo de verniz brilhante?

Bem, de qualquer maneira eu já comprei a aguarrás mineral.  Vou experimentar hoje (se tiver tempo).

Abrssss,
A Raguenet

ARaguenet posted:
Murilo N. Alves posted:

Araguenet, eu praticamente  só uso tintas Humbrol, só que a única diferença que eu vejo do modo que voce está fazendo, é que eu uso verniz brilhante, eu diluo as tintas a óleo com aguarrás mineral Acrilex ou similar, mesmo utilizando em excesso, não tenho tido problemas de tirar a tinta esmalte.

Murilo

Entendi Murilo.  Mas uma coisa: o Future não pode ser considerado verniz brilhante?  Acho que sim.  Você usa que tipo de verniz brilhante?

Bem, de qualquer maneira eu já comprei a aguarrás mineral.  Vou experimentar hoje (se tiver tempo).

Abrssss,
A Raguenet

Araguenet, uso o verniz brilhante da Aerotech, Corfix ou Acrilex, o que tiver na mão no momento antes de fazer o wash. Quanto a aguarrás mineral, pode ser a Acrilex, Corfix  funcionam bem para mim.

Abraços  Murilo

Amigos: testei com Aguarrás Mineral Spirits e realmente ele ataca beeeem menos a tinta base.  Se bem que, em alguns casos percebi que retirou um pouco da tinta em pontos mais expostos.  Mas tudo bem: em comparação com o uso do White Spirits, é bem mais "controlável".

Um outro ponto interessante: o Mineral Spirits seca bem mais rápido se comparado com o White Spirits.  Beleza!  Assim gasto menos tempo esperando o wash secar!

Abrssssss,
A Raguenet

O seu erro é diluir o wash no mesmo diluente da tinta, e que também remove o Future.

Se utilizar verniz automotivo no lugar do future, o problema acaba, porque esse verniz não é atacado pelo diluente do wash. Ah, acrescente algumas gotas de secante de cobalto, na mistura do wash, que seca bem mais rápido.

Outras vantagens do verniz automotivo: Seca ao contato em 3 minutos, fica curada em 24 horas, deixa um acabamento muito superior ao Future, e permite que o excesso de wash seja removido com um pano seco, sem diluentes, desde que a pintura esteja bem lisinha.

Um Abração!

Paulão - Tchwrma posted:

O seu erro é diluir o wash no mesmo diluente da tinta, e que também remove o Future.

Se utilizar verniz automotivo no lugar do future, o problema acaba, porque esse verniz não é atacado pelo diluente do wash. Ah, acrescente algumas gotas de secante de cobalto, na mistura do wash, que seca bem mais rápido.

Outras vantagens do verniz automotivo: Seca ao contato em 3 minutos, fica curada em 24 horas, deixa um acabamento muito superior ao Future, e permite que o excesso de wash seja removido com um pano seco, sem diluentes, desde que a pintura esteja bem lisinha.

Um Abração!

OK Paulão, mas uma pergunta: ao usar o verniz automotivo ele não pode atacar a tinta base a qual, teoricamente, está com um diluente mais fraco (aguarrás)?  Pelo o que sei, produtos automotivos tem na sua composição um diluente mais forte, tipo thinner.

Ah... e outra coisa: verniz automotivo precisa diluir?  Ou vai direto no aerógrafo?  Se precisa, o que uso para diluir?

Abrsssss,
A Raguenet

Só uma sugestão.

O wash tem que ser feito com um material diferente da base. Ou seja; se você usa uma base acrílica você faz o wash com esmalte e vice versa. dito isso, o Future é base ACRÍLICA, ou seja você pode e deve usar a Aguarráz Mineral sem problemas. O que deve estar acontecendo são duas coisas, ou você está aplicando uma camada muito fina do FUTURE e com isso não está selando a base da maneira devida ou você não está deixando o FUTURE secar apropriadamente. Eu geralmente aplico o uma camada generosa de Future e deixo secar por no mínimo 48 horas antes de fazer o wash que retiro com aguarráz mineral sem problema algum.

Espero ter ajudado de alguma forma.

Plastiabraços

Paulo

ARaguenet posted:
Paulão - Tchwrma posted:

O seu erro é diluir o wash no mesmo diluente da tinta, e que também remove o Future.

Se utilizar verniz automotivo no lugar do future, o problema acaba, porque esse verniz não é atacado pelo diluente do wash. Ah, acrescente algumas gotas de secante de cobalto, na mistura do wash, que seca bem mais rápido.

Outras vantagens do verniz automotivo: Seca ao contato em 3 minutos, fica curada em 24 horas, deixa um acabamento muito superior ao Future, e permite que o excesso de wash seja removido com um pano seco, sem diluentes, desde que a pintura esteja bem lisinha.

Um Abração!

OK Paulão, mas uma pergunta: ao usar o verniz automotivo ele não pode atacar a tinta base a qual, teoricamente, está com um diluente mais fraco (aguarrás)?  Pelo o que sei, produtos automotivos tem na sua composição um diluente mais forte, tipo thinner.

Ah... e outra coisa: verniz automotivo precisa diluir?  Ou vai direto no aerógrafo?  Se precisa, o que uso para diluir?

Abrsssss,
A Raguenet

O verniz não ataca a tinta, porque já chega quase seco.

Eu uso o verniz Rápido Poliéster, da Lazzudur. Ele deve ser diluído em thinner para PU ou no novo Eco-Thinner 5000 da Anjo, que alem de tudo ainda tem a vantagem de não ser tóxico. Aplique em camadas finas, e como ele seca ao toque em 3 minutos, após a 1ª camada estar completa, já se pode iniciar a 2ª camada. Evite acumular muito verniz, para não complicar a secagem.

Depois de 24h da aplicação, deve ser lixado com lixa 2000 ou superior, bem de leve, para homogeneizar a superfície, para depois ser polido com massa de polir automotiva ou compound da Tamiya. Isso abre o brilho sem a necessidade de muitas camadas.

Então lave o kit com detergente, para desengordurar e passe aos decais. Após secos, uma nova demão de verniz se faz necessária, pelo menos onde a decal foi aplicada. Passe ao wash. Se usa óleo, use o solvente de sua preferência e algumas gotas de secante de cobalto. Ao estar seco, é só remover o excesso com um pano seco, que fica perfeito. Aí aplique o verniz final, e o kit está pronto.

Ah, eu uso o mesmo verniz para fazer envernizamento final, tanto se fosco, brilhante ou acetinado. Para fosquear, compre na mesma loja onde comprou o verniz um pouco de pasta fosqueante, que deve se adicionada a uma parte do verniz, na quantidade necessária, para obter o efeito de semi brilho até fosco, conforme desejado. você acha a dose experimentalmente, de maneira fácil.

Qualquer dúvida, pergunte.

Um Abração!

Incluir Resposta

Curtidas (0)
×
×
×
×