se vc como  eu  ralou pra  arrumar  uam torre desta avulsa  e  ficou puto pq  saiu  este kit  - estressa nao  teve  a mesma  torre encima  de t55  e se  não me engano ( não estou certo tenho de  ver  meu  hj de fotos  referencias )  em  chaffe  tb, o   citados   antes esta aí abaixo

 

 

 

rogerio a guerra da servia  se viu  de tudo  desde  t72 até  m36  - mas  neste caso segundo  narrativas  pegaram  um ou varios t55  que  ou eram de treinamento ou danificado na  torre  e as  torres eram  ou de  hellcats  antigo sem  condição de uso   ou  de instrução  e  misturaram  e  carro novo no front

Canhãozinho porreta esse.

 

Fui dar uma pesquisada, e é um OTO Melara HVMS 60, feito para disparar um projétil de 60 mm de alta velocidade.

 

Como comparação, o M3 de 75mm dos primeiros Shermans penetravam 77mm de aço para blindagem (RHA) a 100 metros e com 30º de inclinação.

 

http://en.wikipedia.org/wiki/75_mm_Gun_M2/M3/M6#M3

 

O M1 de 76 mm que veio depois, penetrava 178mm de aço RHA, usando o projétil HVAP (perfurante de alta velocidade), a 1000 metros de distância. O link não fala, mas os testes costumam ser feitos com a chapa blindada a 30º.

 

http://en.wikipedia.org/wiki/76_mm_gun_M1

 

Esse de 60mm, por sua vez, pode disparar um projétil tipo APFSDS, a "flecha de prata", capaz de penetrar 120 mm de aço RHA, só que a 2000 metros de distância e com uma inclinação de 60º. 

 

http://www.army-guide.com/eng/product3609.html

http://www.tank-net.com/forums....php?showtopic=23754

É Melzi, isso mostra que nem sempre um canhão de maior calibre quer dizer que seja mais forte. Já li que os ingleses desenvolveram uma munição para o 6 libras que se mostrou mais eficiente do que as que os 75mm disparavam. Em 1944 passaram a usar munição APDS que podia perfurar frontalmente um Tigre I a 1000 metros de distância !

Como curiosidade, olha essa tabela, mostrando a evolução dos projéteis APFSDS, desde o 3BM-15 de 1972, que penetrava 300mm de aço RHA a 2000 metros, até o M829A3, disparado pelo Abrams, que penetra 770mm de aço RHA a 2000 metros! 

 

É potente o bastante para atravessar o cinturão blindado de um encouraçado como o Yamato, que tinha 500mm de espessura! 

 

 

 

 

 

Originally Posted by Brumbar:

Acho interessantes esses formatos diferenciados dos projéteis... O último parece aquelas tachinhas de marcação!

 

O que muda são só as camisas que envolvem o projétil. Estes mesmos são parecidos entre si, uma longa e fina seta com barbatanas.

Eu acho esse vídeo fantástico, mostrando como o sabot, a "camisa", é descartada logo que sai do cano.

 

 

https://www.youtube.com/watch?v=0giK-zqrAKI

Tem muita variável.

 

Depende do calibre, tipo de projétil, velocidade inicial e sei lá mais o que.

 

Por exemplo, o canhão do Jagdtiger, que era de 128mm e tinha 61 calibres de comprimento, lançava seu projétil perfurante alto-explosivo a 880m/s. Esse projétil, que pesava 26kg, podia penetrar 201 mm de aço RHA a 100 metros com 60º de angulação.

 

O canhão do Kingtiger, de 88mm com 71 calibres de comprimento, lançava o mesmo tipo de projétil, só que mais leve (7,3kg), a 1130m/s (quase 30% mais rápido que o de 128mm). Isso permitia a esse projétil atravessar 237 mm de aço RHA a 100 metros, com 60º de angulação.

 

Então, um canhão de calibre menor, e com um projétil mais leve, consegue graças a aceleração extra proporcionada pelo cano mais longo, ter mais penetração que um projétil maior e mais pesado. Só que esse compensa na porrada, porque é quase 4 vezes mais pesado.

 

Quem quiser ver as tabelas de penetração das armas antitanques alemãs, pode olhar aqui:

 

http://www.panzerworld.com/armor-penetration-table

 

 

Incluir Resposta

Curtidas (2)
Hudy JataiCLEDSONSALES
×
×
×
×