Skip to main content

Com o "boom" do plastimodelismo no início dos anos 2000 a gente viu uma explosão de lançamentos de kits de aviação na escala 1/48 e a consolidação da escala 1/35 na militaria. Até a escala 1/32 para aviação, que estava esquecida desde a década de 70 voltou com tudo na virada do milênio.

Já as escalas 1/72 e 1/76 para aviação e militaria, respectivamente, ficaram meio esquecidas, infelizmente. Porém, estes dias eu estava fazendo umas contas malucas aqui para confirmar algo que, na prática, eu já sabia há muito tempo: as escalas grandes consomem quantidades enormes de insumos de modelismo. O crescimento não é linear e sim exponencial.

Um modelo 1/48 é 50% maior (linearmente) que um modelo na 1/72 (é só ver que 72/48 = 1,5). Um modelo na 1/32 é 125% maior que um modelo escala 1/72 (72/32 = 2,25). Fazendo essa conta mentalmente é fácil chegar a conclusão (errada) de que os insumos serão consumidos em proporção similar.

Podemos imaginar que, quando utilizamos insumos lineares (como por exemplo fio de antena ou cabos feitos com fios), o consumo destes aumente de maneira linear. Mas a moleza acaba aqui.

Simplificando um modelo em plástico de um avião ou tanque como um bloco retangular, vemos que as áreas crescem ao quadrado. Portanto, o consumo de cola, tinta, fita tamiya, verniz, e qualquer outro insumo que cubra uma área do modelo, vai aumentar de maneira muito mais rápida conforme o aumento na escala do modelo (quem quiser fazer um dy/dx aí fique à vontade).

Por exemplo, se na escala 1/72 você usou 10ml de tinta, na 1/48 vai utilizar 22,5ml. Se mudar pra 1/32 vai gastar 33,7ml 50ml* E o efeito "compounding" vai se acumulando em todos os insumos (cola, masking tape, verniz, tinta, thinner).

Em termos de espaço ocupado a situação não é tão ruim, embora em teoria um modelo 1/48 ocupe 3,3 vezes mais volume que um na 1/72. Na prática a área ocupada é muito mais importante que o volume, então em geral o modelo na 1/48 ocupa "apenas" 2,2 vezes o espaço de um na 1/48.

Isso é algo que na prática eu sempre soube. Lembro que as fitas tamiya , colas e tintas costumavam acabar justamente quando eu estava montando aviões na 1/32. Eu nunca parei pra pensar muito sobre isso, nem nas horas que corria pras lojas para comprar mais material.

E vocês, sentem este aumento nos custos conforme o aumento da escala. Já pensaram em fazer "downsizing" para gastar menos dinheiro e espaço?

TL;DR: Aumentar de escala envolve planejar cuidadosamente o consumo dos insumos. Ir para escalas "grandes" pode sair mais caro do que parece.

Desculpem o texto longo, só estava entediado mesmo.

Abraços.

* Eu tinha errado no cálculo, na verdade um kit 1/32 vai gastar 5 vezes mais tinta que o mesmo kit na 1/72 (2,25*2,25=5,07). Se você gastou um pote de Tamiya em um kit na 1/72, vai gastar o equivalente a 5 potes na 1/32. Ou seja, se o pote custar 30 reais você vai gastar 150 reais em tinta para pintar um kit na 1/32 quando na escala 1/72 você gastou apenas 30 reais.

Last edited by Macoy
Original Post

Replies sorted oldest to newest

@Macoy posted:

Já pensaram em fazer "downsizing" para gastar menos dinheiro e espaço?



Passei mais de dez anos colecionando, e montando, aviões 1/32. Não tinha mais onde colocar e parei. Vendi tudo, mudei para 1/48 e, depois de montar três aviões, cheguei a conclusão de que ainda ocupam muito espaço. Conclusão, estou montando só militaria hehehe

Macoy,

Monto muitos navios e esse fato fica muito evidente. Meus navios são na 1/700, que continua sendo alvo de muitos lançamentos e de uma enxurrada de acessórios, em especial os novos 3D. Por outro lado observo que as escalas 1/350 e 1/200 estão bombando ainda mais. Só que os custos dessas duas são astronômicos, não só para os kits como para os acessórios. Na 1/350, caso algum dia eu monte algo nela, meu limite será um destroyer, que posso encontrar com preço de um porta-aviões na 1/700. Quanto ao espaço, é como vc mencionou - um navio 1/700 ocupa talvez a quarta parte de um 1/350.

Como moro em um ap(e)rtamento, já comecei com coisas pequenas - 1/700 para navios e 1/72 para militaria e aviões. Como a militaria 1/72 carecia de detalhes, passei para 1/35 mas depois voltei para a 1/72, que renasceu com muito mais qualidade. A briga aqui é por centímetros e a 1/700 e a 1/72 caem bem, permitindo até algumas ousadias.

[  ]s

Last edited by paulors

Paulors, concordo com você. As escalas grandes tem um custo em termos de espaço muito significativo. É bonito um Enterprise na 1:350. Mas onde colocar ele depois de pronto?

Eu acho que, depois da farra das escalas grandes (teve até Ju-88 e He-110 na 1/32 pela Revell), os fabricantes vão começar aos poucos a voltar a dar atenção para as escalas menores.

Abraços.

bom, de fato o raciocinio do colega está certo: kits maiores significam mais detalhamento e acessórios, isso sem falar no consumo de tinta, cola e insumos basicos!



comecei com aviação 1/72, por ser barato.... militaria tbm... até pq por volta de 2008-20012 começaram a surgir bons kits, em especial da Dragon, com nivel de detalhamento nos blindados incriveis, até vindo com PE alguns deles...



de fato em escalas maiores somos tentados a investir em acessórios e detalhamentos... mas ainda que fiquemos só no basico, tinta e outros itens basicos terão consumo maior... embora no caso das fitas eu acabe usando, reutilizando, usando mais uma vez... rsrsrsrsrs mas cola e tinta, sem chance!



o fato é que certamente focaram em escalas maiores devido ao publico alvo  estar procurando mais detalhes e investir mais tempo para ter um modelo mais completo e detalhado....



Bom, para quem não se preocupa em ter meia duzia de aeronaves 1/32 montadas num ritmo leve e tranquilo com bons detalhes, vale a pena... mas quem quer ter maior numero de modelos, a 1/72 ainda persiste ainda mais com a falta de espaço dos "apertamentos" (acabei de me mudar pra uma casa com 60m² que construi, incluindo uma boa estante para expor os modelos mas.... rsrsrsrsrs, o espaço é pouco!) e em se tratando de aeronaves, o espaço ocupado é enorme mesmo..



por hora, sigo com militaria 1/35 pois me parece o tamanho ideal,. mesmo grande, um MBT moderno não ocupa tanto espaço quanto um caça moderno 1/48, talvez até menos que um Tomcat 1/72......

Macoy,

Como muitos aqui, comecei montando Revell Kiko e embora a maioria fosse aviação 1/72 como a oferta era limitada, montava de tudo um pouco.

No início usava insumos alternativos, pois praticamente não existiam produtos específicos, um bom tempo depois migrei minhas tintas para Duco e depois para Tamiya, ainda relativamente baratas... Nessa altura do campeonato, congelei grande parte das minhas coleções e foquei principalmente em 1/35.

Quando o preço das tintas Tamiya explodiram (e de outras marcas também), me preocupei em estar gastando demais, independente do tamanho do kit e parti para Acrílicas Corfix e Acrilex.

Creio que o único insumo caro que ainda uso é Extra Thin Tamiya, mas já vi que existem alternativas, que ainda não experimentei.

No mais, meu maior problema sempre foi onde guardar kits, ainda que com o passar dos anos tenha vendido, trocado ou dado, quase tudo que não fosse 1/35, novamente com o tempo, sempre fica difícil, especialmente modelos na caixa, que ocupam muito mais do que montados, pois geralmente compro mais do que monto.

Isto sem contar algumas "recaídas", anos atrás tinha talvez meia dúzia de não 1/35, agora devo ter umas duas ou três dúzias (não tenho uma relação deles), mas alguns, são bem grandes...

PlastiAbraços

Macoy, boa noite.

Minha escala de montagem, até o início de 2022, era 1/35 em Militaria. Monto carros, navios, aviões, mas, como são poucas montagens, para efeito do que segue, fiquemos na 1/35.

Hoje comecei a montar também Militaria 1/48, não por espaço físico, preço ou material de consumo, mas porque descobri que, nessa escala, existem kits fantásticos e, curioso como sempre fui, comecei a comprar kits e mais kits, cada um mais surpreendente do que o outro.

Com um óculos em grau sugerido por um amigo oftalmo, fiquei com domínio muito maior do hobby e estou me deliciando com as minhas montagens.

Material de consumo depende apenas do que o plastimodelista quer gastar. Já vi membros do fórum acharem normal comprar alicates para corte de estireno de R$150,00-R$200,00, para fazer o mesmo trabalho no qual uso um alicate de R$20,00, e muito bem. Isso quando não uso alicates para corte de cutícula.

Já vi membros comprarem lâminas de bisturi importadas, quando poderiam comprar 100 lâminas, com frete grátis, por 1/3 do preço.

Comecei no hobby, na década de 1970, usando tintas da Pactra, Testors e Tamiya, das quais ainda tenho potes perfeitamente utilizáveis. Acontece que, com o tempo e o empobrecimento geral, essas tintas foram ficando, exponencialmente, mais caras. por isso, busquei as tintas da Acrilex e da Decorfix. Com potes padrão de 37ml, até 100ml ou 250ml, dei adeus às importadas.

É claro que alicates precisam ser afiados, tintas nacionais precisam de testes após testes, até se dominar a diluição e a aplicação com aerógrafo e pincel, mas, na minha visão, é tudo diversão e descoberta.

Para mim, é inadmissível gastar R$150,00 para pintar um escala 1/32. Faria o mesmo com um pote de Acrilex diluída, ou seja, algo ao redor de R$8,00...

Mas muitos ainda vão nas Vallejo, AK, Revell, Tamiya, porque não acham tempo para experimentar diluições e misturas de cores, que resultam em tintas superiores às importadas. Depois, vê-se reclamações quanto ao preço dos kits. Sim, estão muito caros, graças também ao frete, mas controlando o material de consumo, sobra dinheiro para kits.

Boa noite.

em  todo caso ultimamente o que acho que mais  limita  é o valor  da  compra,  em geral  tudo  vem de  fora em dolaris  esta  muiiitoo dificil e receber  em  irreais  ta cada  vez  mais  dificil, alguns  produtos  mesmo nacionais  ou  ate  mesmo kits  não tão fantasticos  esta  ficando  com  preços  além da estratosfera ( por  mais  que se queira  dizer que  é lei de  mercado,  ficou uma  coisa  muito mais  elitista no preço),  no todo a equação  é  complexa e  há  outros  fatores a  considerar, outro problema  é o espaço, por  aqui  há  um grande  estoque  de  caixas  (estou mais  pra tipo boxmodelista- afinal iniciei  o modelismo aos  07 anos de  idade-  a  gente  comprava  escala 1 144  em  gondolas de supermercado em  inumeros  lugares, dava  pra  comprar  na  lojinha  de  papelaria  da  esquina,  haviam  varias  lojas  fisicas  em  bairros  ou shoppings, o  que  mudou muito com  internet, mas   muitas  vezes  e dependendo da  flutuação dos  valores  internacionais - alguns  lugares  com fretes  ate  mais  salgados  ou  entregas  incertas,  agora  estou indo pra  57 anos, aos  poucos  uma  boa  quantidade se  acumulou) a grande  maioria dos  montados acaba  em caixas de produtos de supermercado/sapatos (e  tambem  tive  minha  cota de desaparecidos  em  mudanças,  destruidos  pela  faxina, acidentes) e há  alguns  montados, há  problema de  onde  deixar ( armários e  gabinetes também são caros  e  nem sempre  há  sobra de  dinheiro para  poder  guarda-los  adequa-damente,  em geral  não revendo meus  modelos  após  montados, outro  pro-blema  é  espaço na  casa - afinal a  patroa tem a  palavra  final,   outro problema  e  ainda  ter grande dispendio de  tempo na  atividade de  trabalho (funcionario publico  em são paulo não e  exatamente  um salario  farto ou glamuroso, - ao menos  ainda  tá vindo regularmente, sem  grandes  sobressaltos  ou atrasos,  no momento ha necessidade  de   ter manter  a  familia, economica  e  presencial-mente, ha dois filhos  em faculdades pagas, e  outros hobbies que  tomam  um pouco mais  do pouco tempo que  sobra,  que  nem leitura, filmes de guerra  ou policiais  que  nem agatha christie , columbo, e mesmo hobbies ou  gostos  dos  filhos  a  serem  providos.. ...acho tambem  meio  fora de mão se  gastar  100 em kit  e  quase  200 ou 300 em acessórios......as  vezes  e  dificil se definir  entre a  qualidade  e quantidade, nem sempre  andam  juntos, dificil  se  definir  se  é melhor  montar bastante  o melhor  possivel, ou  se  montar  menos com o melhor possivel.........mas  afinal  ha  gostos  e  bolsos de  todos  tamanhos,  por  enquanto  me fixo muito  mais  em  militaria em 1 35 ( um pouco por  força do habito e  do que se  teve disponivel por decadas, no  meu inicio do modelismo era  o mais  disponivel e  em  172  em  aviação,  fiz algumas  vinhetas   também).....como muitos  acabo usando muito  produto ou tinta  alternativa por ter  pouca  verba  sobrando...e  muitas  vezes  o resultado  final  e  produto   alternativo não e  tão  estupendamente diferentes dos  importados.......afinal se  chega  ao mesmo lugar  com  um fusca, um ford  corolla  ou uma  ferrari...e  todas  as  marcas de relogios  marcam o mesmo  tempo....... quanto ao  calculo  de  gasto em  modelos  maiores  ou menores  é variavel,  naturalmente  há  sempre a  se  considerar quanto maior  o modelo ou área do kit, será  diretamente  proporcional o aumento da  quantidade de  material a  ser  usado,  mas  também pode  haver  insucesso,  seu metodo de  acabamento pode ser  bem mais  complexo ou trabalhoso necessitando mais   material, nem  sempre a  tinta/cola  vai  bem,  pode  haver  falha  no decalque, so  tem aquele  tipo de  kit de correção-resina,  etched ou detalhe  a zilhões de  corneas - rins/ preço, se  voce  for  purista ou rivet  counter  então ainda  piora mais a exigencia e  custos,  e as  vezes  nem  sequer inicia  a  montagem ( o kit  tem n  mil falhas  ou  não é  construível ( ou  seja  la  o que  se  quer  dizer) ou mesmo é  tão goiaba que fica  dificil  fazer  alguma  coisa passavel ou  vai ter  de  praticamente reconstruir  todo  ele  se  quiser  fazer algo mais  fidedigno com  referencias  ou realidade - e  cirurgia  plastica  reconstrututora   -embelezante  sempre  e  carissima, isso podendo  ocorrer  tanto em  1 700, 172- 135  - 132 - 1 24......platiresiabços  paulo r morgado- sp - sp

.

Caros,

Muito do que disseram aqui está na Pesquisa Nacional do Plastimodelismo, vocês podem ver o resultado lá no blog e responder a pesquisa em curso também (que aliás está com baixissima participação )

Ai vai o link

https://www.spruemaster.com/20...delismo-edicao-2022/

Last edited by SPRUEMASTER

Incluir Resposta

×
×
×
×
Link copied to your clipboard.
×