Skip to main content

Gostaria de saber qual kit devo ter para representar os T-34/76 utilizados pela União Soviética bem no início da invasão alemã (1941)?

Na net encontrei alguns kits que indicavam o ano. 1940 e isso, 1940 e aquilo mas não vi especificamente nenhum 1941 ou anterior.

[]s.

Last edited by Zé Victor
Original Post

Replies sorted oldest to newest

@pak43 posted:

mais uma coisa Zé Victor,os primeiros encontros dos alemaes com o T34 foi o modelo 1940,este tenho certeza que   só a Dragon tem e deve estar bem caro se tiver disponivel.

Aí você me assusta.

E como para o meu bolso tudo é caro.

Mas vamos com fé ver se os Ebays da vida nos salva.

[]s.

Zé,

Tem também da Maquette:
https://www.scalemates.com/kit...4-model-1940--133438

Existem rebox de outras marcas, como da MSD.

Talvez seja mais fácil de achar, como é inferior, provavelmente será mais barato que o Dragon.

Se não for mais barato, gasta um pouco mais e vai de Dragon, que é bom, mas também não é lá estas coisas.

Os T34 1940 e 1941 certamente são dois modelos que mereciam um new tool de algum fabricante, mas infelizmente, são bastante esquecidos e consequentemente, são pouco relançados.

Ou então use outro tanque equivalente, mais fácil de encontrar, como por exemplo o KV1.

Boa Sorte

Corrijam-se por favor sem dó se eu estiver viajando na maionese.

Esse T-34 abaixo foi um protótipo construído no final dos anos 30 ou começo dos 40 e muito provavelmente pode ter sido utilizado logo no início da operação Barbarossa.

Viajei?

[]s.

@Zé Victor posted:

Corrijam-se por favor sem dó se eu estiver viajando na maionese.

Esse T-34 abaixo foi um protótipo construído no final dos anos 30 ou começo dos 40 e muito provavelmente pode ter sido utilizado logo no início da operação Barbarossa.

Viajei?

[]s.

Viajou, este é um modelo 1942 (ou superior)....

Provalmente está pensando em retratar a surpresa de um Panzer I (ou algo assim) dando de cara com o então desconhecido T34 (ou algo assim)... Do lado alemão tem diversas opções, mas do lado soviético são poucos ou dificeis de achar.

Ou então use um T28 ou T35, não eram tão tecnológicos, mas provavelmente eram bem mais assustadores:
t38


Se for o caso, estou vendendo um T35 Hobby Boss, no MP, por R$ 390

PlastiAbraços

Attachments

Images (1)
  • t38
Last edited by Rubens
@paulors posted:

Ou então use um T35, não era tão tecnológico, mas provavelmente era bem mais assustador:

Ou um T-35......

dio barba 07

Vixi, tô ficando gagá... Mas já corrigi

Lembrava de ter visto um diorama parecido com a foto, só não sabia onde (duplamente gagá)...

Obrigado pela lembrança!!!!! Vou tomar um Fosfosol, assim que eu lembrar onde guardei .

PS: A foto é de um T28, mas acho que deu para entender o conceito

PlastiAbraços

Last edited by Rubens

Se vc achar o Fosfosol guarde um pouco para mim. Atualmente vivo cercado de pequenos pedaços de papel, onde anoto aquilo que não posso esquecer. Confiar na memória virou um caminho para o desastre, pelo menos no meu caso.

Passei anos sonhando com o T-35 na1/35, mas acabei montando o1/72 da Zvezda (acima) por falta de espaço.

[   ]s

Last edited by paulors

@paulors

Kkkk, teu sonho também era o meu, o problema maior agora, não é onde guardar os kits, mas as caixas, que são bem grandinhas... Se mudar de ideia e resolver comprar um T35 1/35, não esqueça do meu Hobby Boss no MP

Para esclarecer melhor a bagunça que fiz neste tópico, revisitei minhas kitkumbas e separei estes 3 em questão:
t

Uma imagem vale mais que mil palavras

@Zé Victor embora o T28 seja um tanto mais comprido que o T34, as caixas são quase do mesmo tamanho, já o T35 é um monstro, tem uns 50% mais que o T28!

Repara na foto do Paulão o T35 é quase o dobro do Panzer IV

PlastiAbraços

Attachments

Images (1)
  • t
@Zé Victor posted:

Não devia falar porque está até engraçado o pessoal dando uma de Mãe Diná

mas a real é que estou querendo fazer o tanque desse camarada aí:

Dmitri Lawrinenko

[]s.

Achei quase nada sobre o dito cujo, mas vamos lá, aqui vejo claramente um T34 modelo 1940 ou 1941:
dl

Nesta outra, identifico como um modelo 1941:
dl2

Não vejo marcas de camuflagem, mas naquela ocasião, a 1ª Brigada de Tanques de Guardas usava camuflagens bastante criativas:
1gbg

Não posso afirmar que o tanque dele tinha esta ou outra camuflagem, mas quem sabe? Ficaria bem legal

No máximo posso afirmar que o tanque das fotos é um modelo 1941, se é que é o mesmo tanque e se foi usado por ele...

Concluindo, provavelmente o Dragon 6205, é o kit mais apropriado para o seu projeto e aqui, tem um belo Review dele:
https://www.perthmilitarymodel...es/dragon/dr6205.htm

PlastiAbraços

Attachments

Images (3)
  • dl
  • 1gbg
  • dl2
@Zé Victor posted:

- Olha um aí!

Na verdade é só a caixa, deu sorte de tê-la mantido, uso para guardar umas tralhas.

Montei faz tanto tempo (2009?), que o tópico do GB nem existe mais...
gb21

PlastiAbraços

Attachments

Images (1)
  • gb21

Caracas! 15 anos aí entulhando o espaço que poderia/deveria ser usado com coisas mais modernas. Absurdo isso.

Mas não se preocupe. O Vitão está aqui para te ajudar.

Vou te direcionar para a SAMFU-SP* onde você poderá fazer uma ação nobre doando essa velharia.

Amigo é para essas coisas.

* Sociedade Amigos dos Modelistas Fu... O final preencha a seu gosto.

[]s.

@Zé Victor posted:

Caracas! 15 anos aí entulhando o espaço que poderia/deveria ser usado com coisas mais modernas. Absurdo isso.

Não deixa de ser verdade, mas acaba sendo força do hábito, manter algo antigo, mesmo quando se tem opções mais recentes.

Ainda pior, não é um caso isolado, tem muito mais!

Vou tentar seguir teu conselho, aposentando esta caixa e usando outra mais nova

O problema é que já associei o que tem dentro de cada uma delas, quando preciso de algo, é fácil encontrar... Então talvez use etiquetas...

Enfim, não tivesse mantido a caixa, desde quando o kit ainda era relativamente novo, não daria para esclarecer, usando a foto acima.

Ao menos serviu para isso

PlastiAbraços

@Rubens posted:


Vou tentar seguir teu conselho, aposentando esta caixa e usando outra mais nova

Boa!

Enfim, não tivesse mantido a caixa, desde quando o kit ainda era relativamente novo, não daria para esclarecer, usando a foto acima.

Esclarecer e me chatear.



Aviso: Tudo de sacanagem. Brincadeira.

[]s.

@Zé Victor posted:

Aviso: Tudo de sacanagem. Brincadeira.

[]s.

Kkkk, imaginei que sim

De fato monto há um bom tempo e como tive ou tenho de tudo um pouco, fica mais fácil tentar esclarecer (ou sacanear ) algumas dúvidas do pessoal aqui.

Como gosto de montar e nem tanto de pintar, meus kits ficam abaixo de média... Mas é assim que me divirto



Em resumo (se não tiver paciência, ignore a partir daqui)...

Desde pequeno, observava meu pai montando kits, com o tempo eu ajudava ou terminava e muitos ficavam comigo, para brincar e geralmente destruir, pouco depois.

Kits eram baratos e descartáveis, a maior diversão era montar, quase ninguém mantinha uma coleção e poucos sequer pintavam, no máximo aplicavam decais.

Tomei gosto pela coisa e no meu aniversário de 7 anos, ganhei meu primeiro kit.

Na época, o mercado era dominado pela Revell (Kikoler), vendiam kits até em banca de jornal, mas como os lançamentos eram poucos e a diversidade grande, não se montava, por exemplo só aviação 1/72, mas tudo mais que pudesse e parecesse interessante...

Durante esta fase tive alguns raros importados, conheci os 1/35 Tamiya, morei no exterior, experimentei marcas nacionais que não duraram muito, conheci o GPP (antes de se tornar GPPSD)... Enfim, esta "farra" durou até perto da faculdade.

Depois quando casei, tinha talvez uns 500 kits que ficaram nos meus pais, diminuí muito minhas montagens, mas ainda comprava alguns.

Parei pouco antes do meu filho nascer e uns 10 anos depois, quando meus pais ameaçaram despejar meus kits, dei um jeito de arranjar espaço e resgatar a maioria.

Até então, nunca me preocupei com contagens, mas decidi focar nos 1/35, ao encontrar 86 montados e 175 na caixa (261)...

Tempos depois veio a Internet, seguido do Webkits e novos amigos, me desfiz de quase todos não 1/35, preenchendo parte do espaço deles, com novos 1/35

Como comecei a me perder (de novo), criei uma planilha de controle em 2005, com 207 montados e 85 na caixa (292). Não tenho nenhum controle além dos 1/35, são poucos, mas não sei quantos e sinceramente, nem quero saber



Certamente tem muita gente com muito mais, mas talvez nem tantos com tantos 1/35 WWII e provavelmente menos ainda, com tantos montados

PlastiAbraços

Olha eu nem contei quantos modelos  eu tenho montados desde que voltei lá por  creio 1992,93 já esqueci.  Montei alguma coisa de naval, alguns avioes na 1/48  bastante coisa na militaria na 1/35. Ainda tenho alguma coisa de naval e aviação 1;48 por montar  todos kits muito bons ,mas  quando eu tenho vontade me dedico a militaria na 1/35 e talvez este ano realmente eu vou tentar dar uma freada nas compras,nem naval ou aviação eu compro mais,  tem alguns poucos kits que ainda me atraem,pois não são muito grandes .Nos ultimos anos apesar de ter pouco saco acho que melhorei um pouco na pintura.

@Rubens posted:

Kkkk, imaginei que sim



Achei melhor avisar, pois outro dia fiz uma brincadeira com o kit de um colega usando de sarcasmo/ironia, para não perder o costume, e outro colega aparentemente não entendeu e levou a chacota a sério.

Quando bem novinho e meu pai de vez em quando e às duras penas comprava um kit, avião normalmente, eu o montava sem pintura e ignorando completamente o manual em relação aos decais. Eu os aplicava da maneira que eu entendia que o avião ficaria mais bonito.

[]s.

@pak43

Quando escrevia meu último post (quem tem muitos 1/35 WWII) pensei em você, o Artemius talvez, mas ele monta outras coisas, tem ainda o Assef, que hoje mais pesca que monta

Dos antigos e sumidos o destaque seria o Serra, no mais, não lembro de ninguém.

Peguei meus números da planilha, mas é um efeito secundário, ela serve mesmo é para evitar de comprar o mesmo kit ou algo bem parecido...

Também é muito útil, quando encontro algo muito bom e preço excelente, reviso o que tenho e se estiver na caixa, geralmente compro e coloco o substituido no MP.

E de vez em quando, separo nela, alguns que não devo montar e coloco no MP... Numa destas, vendi um kit e não achei para enviar... Não lembro onde guardei? Nunca tive? Já foi? Kkkk, Mistérios das Kitkumbas!

@Zé Victor

Coincidência, teu pai também? Mas se eram caros, deve ter sido depois do meu.

Se não me engano, kits começaram a subir na crise do petróleo (final 1973) e infelizmente, ainda que em menor intensidade, nunca mais parou

PlastiAbraços