É fato que o Tucano foi abandonado, isso deixado mais ou menos claro pelo prÓprio João, mas e o Ipanema? Por que desapareceu das lojas? Afinal, bem ou mal, o mais caro que É o molde e a concepÇão estÁ feito. Depois da leva inicial, sumiu. Desse jeito vai virar (ou jÁ virou) raridade.

Original Post
Originally Posted by Danlucio:

É fato que o Tucano foi abandonado, isso deixado mais ou menos claro pelo próprio João, mas e o Ipanema? Por que desapareceu das lojas? Afinal, bem ou mal, o mais caro que é o molde e a concepção está feito. Depois da leva inicial, sumiu. Desse jeito vai virar (ou já virou) raridade.

Deve ter um monte para revender não demora!

Ah que bom!! Espero que reinjete mesmo, acabei enrolando pra comprar na época e hoje não acho mais, quando raramente vejo está um preço que não acho razoável. Mas, pq será que está esperando tanto pra uma nova "fornada" se todos foram vendidos e sumiram do mercado? Afinal faz um longo tempo que apareceu no mercado e outro tanto que desapareceu.

Já tivemos muito discussão sobre o assunto..

Mas até agora não entendi porque o Sr João Elaga, com um projeto do T-27 quase pronto, foi investir num avião, tanto o modelo (Ipanema) quanto o tipo (pulverização), pouquissímo conhecido  ...

Sabemos que o que mais se vende é avião militar ...

Se tivesse lançado suas cartas no T-27 de início, acredito estar nadando de braçada, afinal, um avião mundialmente conhecido.

PS.: Sr João, por ser de uma cidade onde o que manda são as usinas de açucar e álcool, pôde ter sido induzido pelo grande número desses aviões na região. 

Acertei Seu João ????

ehehehehehe brincadeirinha.

 

Guacyr. posted:

To achando que isso ai é "new old stock" e mesmo a Mais Modelismo tendo preços bem razoáveis, 90 Dilmas por esse kit acho que vai afastar muitos possíveis compradores. Eduardo, o João já disse muitas vezes que ele preferiu lançar o Ipanema na frente simplesmente por questões afetivas. Infelizmente é muito perigoso colocar a paixão na frente da razão no mundo dos negócios, mas quantos de nós no lugar do Sr João não teríamos feito a mesma coisa.

Danlucio posted:
 
Infelizmente é muito perigoso colocar a paixão na frente da razão no mundo dos negócios

Se seguir por essa linha de raciocínio não vai fazer nenhum pois como alguém ja disse tem opções muito melhores para investir o dinheiro.

A única coisa que justifica produzir kit no Brasil hoje é a paixão.

Infelizmente o mundo não é tão romantico quando se trata de negócios. Apesar de existirem sim muitos casos positivos como exemplo, mas estão longe de serem regra. Concordo que o único motivo de se produzir kit por aqui seria a paixão, (assim como quase tudo ultimamente), entretanto a minha afirmação se referia a escolha do kit e não a motivação da produção nacional. Mas eu compreendo perfeitamente a escolha e como disse antes, se estivesse no lugar dele, talvez tivesse feito a mesmo coisa com algum modelo de minha preferência. Mas, quem sabe se escolha tivesse recaido em um modelo de maior aceitação como o Tucano, o resultado não teria sido outro e, talvez, tornado o negócio viável para mais modelos futuros, ai sim, cabendo inclusive espaço para preferências particulares. Infelizmente acho que nunca saberemos, pois segundo palavras do prório João, está fora de questão a continuação.

Guacyr. posted:

E segundo foi dito aqui em outro tópico o Elaga teria vendido tudo, até os kits com problemas e ou sem caixa e todas as lojas teria vendido tudo, e para o ano que vem ele produziria mais, afinal vendeu tudo.

Caramba...

Então podemos entender que a fabricação/venda do Kit foi um tremendo sucesso ?????????????????????????????

Não sabia .... sempre imaginei que tivesse encalhado !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Então porque discutirmos ???

Parabéns ao Senhor João...e ao primeiro Kit 100% (genuinamente) nacional.

Eduardo Boldo posted:

Já tivemos muito discussão sobre o assunto..

Mas até agora não entendi porque o Sr João Elaga, com um projeto do T-27 quase pronto, foi investir num avião, tanto o modelo (Ipanema) quanto o tipo (pulverização), pouquissímo conhecido  ...

Sabemos que o que mais se vende é avião militar ...

Se tivesse lançado suas cartas no T-27 de início, acredito estar nadando de braçada, afinal, um avião mundialmente conhecido.

PS.: Sr João, por ser de uma cidade onde o que manda são as usinas de açucar e álcool, pôde ter sido induzido pelo grande número desses aviões na região. 

Acertei Seu João ????

ehehehehehe brincadeirinha.

 

Digamos que houve um enorme incentivo aqui neste fórum para o Ipanema...

"Nossa, vai fundo! Um Ipanema seria lindo!"

"Uau! Ótima notícia! Vou comprar 23 quando lançar!"

Aí...todo mundo achando que o kit ia custar R$ 10...

Quando saiu, por R$ 50...ninguém queria Ipanema, afinal, "quem quer avião agrícola"...e "nossa, nesse preço? É produto nacional"....

Enfim...fico muito feliz em saber que todos foram vendidos!

Espero que o Sr. João tenha fôlego ($$$) para mais uma empreitada!

Incluir Resposta

Curtidas (0)
×
×
×
×