Os kits da Aoshima do Kawasaki Ki-61 1/72 são moldes novos, com linha de painel em baixo relevo acentuado e bonito Box Art...

O Ki-61 foi o modelo japonês que utilizava um motor em linha construido sob licença da Daimler Benz, o DB-601A de 1.100hp.  Pelas limitações industriais e técnicas no Japão à época, os motores Ha-40 não eram muito confiáveis.

O kit do Ki-61 I "TEI" é composto de oito árvores (1 de transparência) com um total de 105 peças...

Complemento com mecânicos, escadas e plataforma...

com razão pois o kit vem com o motor que pode ser deixado a vista...

Cabine bem detalhada..

Folhas de decal com opção de camuflagem...

Canopy pode ser fechado ou aberto, colimador e luzes de posição na transparência...

Cores na instrução para tintas Mr.Color...

O kit do Ki-61 II "KAI"  representa o modelo do Tony com novo motor (Ha-140 com 1.500 hp) e canopy integral...

Com o mesmo conteúdo do kit Ki-61 I  com diferença na fuselagem...  a comparação dos dois kits...

Aqui o modelo "I" "TEI"

e aqui o modelo II "KAI"

com canopy integral...

Folha de decal do modelo "II" "KAI"

O kit aparentemente monta bem, o que é notável é a rugosidade da superfície.  Em se tratando na real de chapas lisas, a pintura resolveria esta questão? Um primer antes da pintura parece ser recomendável...

E um pouco sobre o livro "Flying Tiger´s Diary" de Charles R. Bond que foi piloto do AVG na China...

Descreve em detalhe a situação da China à época em que enfrentava a invasão japonesa e as tentativas chinesas de criar um corpo aéreo...

curiosidade é um trecho em que o autor destaca a qualidade acrobática do Mitsubishi A5M2 Claude dizendo que preferia enfrentar o A6M2 Zero ao Claude...

 

Original Post

Incluir Resposta

Curtidas (2)
WolfGuilherme Ferreira
×
×
×
×