Felipe C. Miranda posted:
 

fw190

Com um preço desse por um kit 1/72, o mercado de modelismo (não o hobby) merece sim morrer no Brasil...  No meu tempo de garoto eu comprava um kit 1/72 da Revell-Kikoler com os trocados pra merenda no colégio que minha mãe me dava ao longo de 15 dias, comprando numa banca de jornal perto da escola.  Sem trilhar esse caminho novamente o futuro do hobby não existe.  Lojas de modelismo especializadas só tornam o hobby elitista e inacessível.   Sem a opção barata encontrada na loja de brinquedos, no armarinho ou na lojinha de variedades, sem preços em dollar, não tem como atrair garotada. 

Ocorre que alguns distribuidores brasileiros importam kits Tamiya de outros distribuidores no exterior e não da Tamiya do Japão (que tem contrato com o importador oficial da marca no Brasil). Desta forma, os modelos chegam no país bem mais caros do que seria de se esperar. Logicamente os lojistas que os compram são obrigados a vender por preço acima do padrão. A outra opção é não comprar e por conseguinte, não ter o produto para oferecer.

Rogério Araujo posted:
Felipe C. Miranda posted:
 

fw190

Com um preço desse por um kit 1/72, o mercado de modelismo (não o hobby) merece sim morrer no Brasil...  No meu tempo de garoto eu comprava um kit 1/72 da Revell-Kikoler com os trocados pra merenda no colégio que minha mãe me dava ao longo de 15 dias, comprando numa banca de jornal perto da escola.  Sem trilhar esse caminho novamente o futuro do hobby não existe.  Lojas de modelismo especializadas só tornam o hobby elitista e inacessível.   Sem a opção barata encontrada na loja de brinquedos, no armarinho ou na lojinha de variedades, sem preços em dollar, não tem como atrair garotada. 

Ocorre que alguns distribuidores brasileiros importam kits Tamiya de outros distribuidores no exterior e não da Tamiya do Japão (que tem contrato com o importador oficial da marca no Brasil). Desta forma, os modelos chegam no país bem mais caros do que seria de se esperar. Logicamente os lojistas que os compram são obrigados a vender por preço acima do padrão. A outra opção é não comprar e por conseguinte, não ter o produto para oferecer.

o que não é o caso, como postei acima tem o mesmo kit em outra loja por 89,00, ai fica difícil para uma loja destas não é?

por sinal o kit esta com desconto mas a lima sempre tem este kit na casa dos 130,00, mesmo assim, menos da metade do preço, isso que também é uma loja careira a meu ver.

Colegas,

Quando eu tenho muito interesse num kit e encontro por aqui, geralmente avalio se o preço é até cerca do dobro daquele lá de fora, se estiver acima nem me preocupo em perder tempo.

Esta relação de cerca do dobro, é comumente praticada para vários artigos importados, quem trabalha acima disto ou está querendo ganhar muito ou existe algum grande complicador.

Por exemplo, uma loja não especializada Plastimodelismo, tende em estimar mal o preço final e cobrar mais ou raramente até menos.

Tempos atrás comprei kits Revell na Ri-Happy em oferta, quase pela metade do preço praticado no exterior.

Outro problema comum é importar kits Chineses ou Japoneses dos EUA, como eles já custam muito mais caro lá, chegam mais caros ainda aqui.

Estive lá ano passado e acabei comprando modelos "nacionais" na maioria, pois os aqueles realmente interessantes, como Tamiya, Dragon e Trumpeter estavam com preços impraticáveis.

Um Matilda Tamiya 1/35 na faixa de US$ 50 (sem imposto local). Encomendei um destes recentemente (abril), me custou US$ 37, fosse taxado seriam US$ 59, quase o preço nos EUA.

O preço do Matilda  era de US$ 25, ou seja, pagaria aqui até talvez uns R$ 200, porém não encontrei nada abaixo de R$ 250 (em fevereiro).

Provavelmente é o caso de FW, pois se seguisse a regra do dobro, provavelmente estaria na faixa de uns R$ 100.

PlastiAbraços

Marcio Bernardi posted:

o que não é o caso, como postei acima tem o mesmo kit em outra loja por 89,00, ai fica difícil para uma loja destas não é?

Pois é.... algo que não li em nenhum comentário, não sei se por "medo" de tocar no assunto ou o quê: a margem de lucro. Essa loja, o famigerado "Nababesco" e tantos outros... há preços e PREÇOS para o mesmo produto no mesmo país (sujeito à mesma tributação de forma geral, ICMS mudando um pouco aqui e ali)... 

No Brasil plastimodelismo é hobby supérfluo elitizado, gostemos ou não: é específico, é caro, é desvalorizado, é desconhecido.

E o tal meteoro já caiu lá em casa faz tempo!

Que triste, fui uma única vez na loja, em torno de 1995 ou antes, era no subsolo e quem me atendeu foi uma senhora que acredito era esposa do dono. Na época ainda tinha muita coisa da Revell-Kikoler numa prateleira separada. Sai de lá carregado de kits (apesar de caros a variedade da loja era enorme). Posteriormente só comprei online. Mais uma loja que se vai e deixara lembranças, alias as melhores lembranças que tenho do plastimodelismo são relacionadas a lojas físicas onde conheci pessoas e perdia horas namorando caixas e ilustrações (pela internet não é a mesma coisa) além de altos papos. Saudades quando tínhamos kits sendo vendidos em papelarias, bancas, farmácias e qualquer tipo de loja. Uma lixa, uma serrinha, um alicate e eramos felizes montando do jeito que desse. Hoje virou meio que uma paranoia, ao meu ver isso contribuiu muito pro afastamento de potenciais novos hobbistas, sem contar claro todos os outros fatores aqui mencionados. 

Este assunto de kits está começando a me desanimar 

 
paulors posted:

Meu caro Rubens,

Fique de olho nessa coleção de seu avô, pois pode conter peças raras.

 

Paulão, tens alguns bons 1/35 sobrando aí para rolo?

Quem sabe desenterro a coleção de selos e garanto mais alguns modelos para meu humilde estoque, já que ao que tudo indica, comprar kits em lojas tupiniquins, está quase com dias contados 

Vovô tinha parentes na Alemanha, lembro bem de uns selinhos com Zepellins, se meu irmão que ficou anos com esta coleção não os negociou, ainda devem estar por lá 

Fuçando entre as moedas, encontrei umas poucas do tempo da guerra, que provavelmente foram dele, como estas:

IMG_20180720_213332

PlastiAbraços

Attachments

Fotos (1)

Meu caro Rubens,

Vou dar uma olhada, mas meu estoque 1/35 está tendendo a zero. Por outro lado, tenho algumas monstruosidades antigas, padrão Alan.

Essas coleções antigas merecem ser garimpadas. Sempre se acha algo interessante. Um dos meus tios, já falecido, colecionava moedas e conseguiu reunir coisas bem antigas, inclusive do Brasil Império. Aí meu primo, seu filho no caso, com uns poucos anos na época, resolveu um dia comprar balas e doces, mas estava sem grana. Sem problema. Foi na coleção do pai, pegou algumas moedas e trocou pelas tão desejadas guloseimas. Reza a lenda que a surra que levou foi histórica.

[  ]s

paulors posted:

Hoje  é provável que não tenhamos muitos praticantes do aeromodelismo, em suas várias formas, mas em seu lugar os drones estão bombando. Um hobby encolhe, outro surge com força e a vida segue. No final temos sempre alguém buscando alguns momentos felizes com aquilo que é do seu gosto.

Por falar nisso,  alguém aí ainda coleciona selos?

[  ]s

Eu coleciono !!!!

 Muito interessante o tópico, e concordo com todos os posicionamentos. Porém, não devemos esquecer de algumas características de nossa sociedade que dificultam o desenvolvimento do plastimodelismo e outros hobbies por aqui...

 Somos um país tropical, com muito calor e apelo para atividades ao ar livre. EUA, Europa, China, Japão, Austrália, etc... são países temperados. O frio propicia o desenvolvimento de hobbies “indoor” como o nosso, os quebra-cabeças, "patchwork”, ferromodelismo, filatelia, e tantos outros.

   Piorando a situação, temos a economia, as politicas públicas (impostos, etc), pouca divulgação do hobby (culpa nossa, pq pouco valorizamos os concursos e exposições, e qdo os temos, muitas vezes alimentamos “tretas” entre participantes).

   Lojas físicas ou e-commerce, depende do mercado ! Simples !

  Não creio que o hobby agonize... ele está muito bem ! Mas em nossa terra brasilis, não existe uma conjuntura que o estimule.

  Ainda existem kits muito baratos, e os mais caros, há quem compre.

  Lembrando do “boom” dos anos 1995 a 2002... Plano Real, dólar baixo, correio funcionando, taxas de importação acima de 50 USD, concursos/salões diversos (no Rio o Clube Naval, Centro de Instrução de Blindados, etc), as lojas antigas começaram a expandir-se  e novas lojas abriram...

   Depois veio a crise econômica de 2000, atritos em concursos/salões, subida do dólar, etc...

   Na minha opinião, para manter o hobby vivo só cabe a nós, “velhinhos” que gostam de brinquedinhos, divulgar e manter os clubes e reuniões. E se a conjuntura melhorar... ele se expandirá ! Qto ao comércio... seguirá sendo comércio, dependente das leis de mercado, ainda que as lojas me tenham dado grandes amigos  que me são caríssimos até os dias de hoje, como o Beto da Red Coat e o Rogério da Roger Hobbies.

   Wolf, Borges, e muitos outros, encontrei em animados encontros de plastimodelismo...

   É minha opinião, o hobby só vai acabar se nós acreditarmos que ele vai acabar !

   No mais, tenho que abrir uma caixinha que chegou ontem pelo correio ... 😉

uma coisa eu sei.....  a tendência é que no atual contexto, o numero de praticantes vai cair rapidamente por FALTA DE KIT NO MERCADO!

 

A coisa de dois anos atrás ainda era visivel aqui no MP inumeros tópicos com kits à venda, bem como no facebook. Havia um mercado "paralelo" razoavel funcionando.

 

As importações até que eram relativamente tranquilas, apesar do dolar alto e taxação, NO MINIMO saia o que se pagava por aqui nas lojas....

 

HOJE, percebo que os MPs  já minguaram há muito tempo.... dificil aparecer algo bom, alias... parece que quem já tinha seus estoques á venda encerrou e acabou por ai!

 

quem trazia de fora para vender nos MPs também deu uma pausa e com as lojas daqui fechando ou dispondo de pouca variedade (confesso que há meses olhos alguns sites de lojas aqui e não me animo em comprar nada!!! nem estava indo mais as lojas de SP justamente por saber que dificilmente teria algo que me agradasse.... diferente de uns 3 anos atrás.....) e as importações complicadas por conta da alta no frete.... imagine pagar acima de 30 dolares de frete por um kit militaria 1/35??????

 

o que vejo é que estamos entrando num "inverno nuclear", como dizia um colega dos grupos do finado Orkut..... quem tem kits vai esconder muito bem para poder montar... quem tiver $$$ e loucura ainda vai arriscar ser taxado ao comprar de fora e quem realmente for viciado não terá escolha que não comprar o que achar nas poucas lojas e pagar o preço que pedirem.

 

Não é o fim gente.... é apenas uma questão de SOBREVIVERMOS até que tudo se normalize e...

 

... ai vem o desafio: será que há união entre nós a ponto de pensarmos em soluções para conseguirmos kits?????

 

 

 

aaaaahhhh como me arrependo de ter vendido o que eu tinha.... passei de 50 kits bons em estoque nos idos de 2014.... dai comecei a vender.... até que por fim só vendi sem comprar nada e hoje me sobraram uma duzia apenas....

Anderson Salafia posted:

uma coisa eu sei.....  a tendência é que no atual contexto, o numero de praticantes vai cair rapidamente por FALTA DE KIT NO MERCADO!

 

A coisa de dois anos atrás ainda era visivel aqui no MP inumeros tópicos com kits à venda, bem como no facebook. Havia um mercado "paralelo" razoavel funcionando.

 

As importações até que eram relativamente tranquilas, apesar do dolar alto e taxação, NO MINIMO saia o que se pagava por aqui nas lojas....

 

HOJE, percebo que os MPs  já minguaram há muito tempo.... dificil aparecer algo bom, alias... parece que quem já tinha seus estoques á venda encerrou e acabou por ai!

 

quem trazia de fora para vender nos MPs também deu uma pausa e com as lojas daqui fechando ou dispondo de pouca variedade (confesso que há meses olhos alguns sites de lojas aqui e não me animo em comprar nada!!! nem estava indo mais as lojas de SP justamente por saber que dificilmente teria algo que me agradasse.... diferente de uns 3 anos atrás.....) e as importações complicadas por conta da alta no frete.... imagine pagar acima de 30 dolares de frete por um kit militaria 1/35??????

 

o que vejo é que estamos entrando num "inverno nuclear", como dizia um colega dos grupos do finado Orkut..... quem tem kits vai esconder muito bem para poder montar... quem tiver $$$ e loucura ainda vai arriscar ser taxado ao comprar de fora e quem realmente for viciado não terá escolha que não comprar o que achar nas poucas lojas e pagar o preço que pedirem.

 

Não é o fim gente.... é apenas uma questão de SOBREVIVERMOS até que tudo se normalize e...

 

... ai vem o desafio: será que há união entre nós a ponto de pensarmos em soluções para conseguirmos kits?????

 

 

 

aaaaahhhh como me arrependo de ter vendido o que eu tinha.... passei de 50 kits bons em estoque nos idos de 2014.... dai comecei a vender.... até que por fim só vendi sem comprar nada e hoje me sobraram uma duzia apenas....

Mas, Anderson, isso já aconteceu...

É só ver quantos estão participando e MONTANDO nos GBs do fórum.

Enquanto que papos e opiniões continuam em crescimento, montagens e assuntos relativos diretamente ao plastimodelismo minguam a olhos vistos.

Anderson Salafia posted:

uma coisa eu sei.....  a tendência é que no atual contexto, o numero de praticantes vai cair rapidamente por FALTA DE KIT NO MERCADO!

 

A coisa de dois anos atrás ainda era visivel aqui no MP inumeros tópicos com kits à venda, bem como no facebook. Havia um mercado "paralelo" razoavel funcionando.

 

As importações até que eram relativamente tranquilas, apesar do dolar alto e taxação, NO MINIMO saia o que se pagava por aqui nas lojas....

 

HOJE, percebo que os MPs  já minguaram há muito tempo.... dificil aparecer algo bom, alias... parece que quem já tinha seus estoques á venda encerrou e acabou por ai!

 

quem trazia de fora para vender nos MPs também deu uma pausa e com as lojas daqui fechando ou dispondo de pouca variedade (confesso que há meses olhos alguns sites de lojas aqui e não me animo em comprar nada!!! nem estava indo mais as lojas de SP justamente por saber que dificilmente teria algo que me agradasse.... diferente de uns 3 anos atrás.....) e as importações complicadas por conta da alta no frete.... imagine pagar acima de 30 dolares de frete por um kit militaria 1/35??????

 

o que vejo é que estamos entrando num "inverno nuclear", como dizia um colega dos grupos do finado Orkut..... quem tem kits vai esconder muito bem para poder montar... quem tiver $$$ e loucura ainda vai arriscar ser taxado ao comprar de fora e quem realmente for viciado não terá escolha que não comprar o que achar nas poucas lojas e pagar o preço que pedirem.

 

Não é o fim gente.... é apenas uma questão de SOBREVIVERMOS até que tudo se normalize e...

 

... ai vem o desafio: será que há união entre nós a ponto de pensarmos em soluções para conseguirmos kits?????

 

 

 

aaaaahhhh como me arrependo de ter vendido o que eu tinha.... passei de 50 kits bons em estoque nos idos de 2014.... dai comecei a vender.... até que por fim só vendi sem comprar nada e hoje me sobraram uma duzia apenas....

Ah o grupo de Orkut, quanto ao inverno nuclear, o diretor mandou avisar que o nome da pessoa começa com R! Concordo, acho que chegamos no tal inverno.

Diagnosticar o hobby pelo que acontece aqui é um erro colossal. O problema não é o hobby, o problema é esta ferramenta. Os fóruns estão morrendo, porque estão sendo substituídos pelas novas mídias. Tem pouco kit vendendo aqui? Tem pouca montagem aqui? Sim, aqui. Vai nos grupos de Facebook e WhatsApp e veja para onde migrou o movimento.

Os fóruns estão indo para o limbo, e pior, a WK mantém uma ferramenta pouco amigável e com imagens ridiculamente pequenas para um mundo da tela grande.

Não tem mais loja física aqui? Sim, com de resto estão fechando em todo os lugares do mundo, a tendência é que lojas físicas se transformem apenas em vitrines (e isso no caso das grandes), tudo vai ser comprado pela net. Custos menores, estoques em locais mais baratos, agilidade no serviço,  este é o caminho. 

Vá na Hannans em Londres, estoque mínimo, na loja apenas uns poucos lançamentos e tintas. Como funciona agora? Você compra pela internet e retira na loja, este é o futuro, acostumem-se

 

 
Anderson,
 
Entre 2013 e 2014 fiz uma reforma em casa e me desfiz de muitos modelos, o nível do meu estoque baixou em 25 kits.
 
Em 2015 aumentou em 16, 2016 foram 45, 2017 outros 33 e 2018 mais 41.
 
Como muitos kits menos novos foram substituídos por outros mais recentes, devo ter uns 20 para negociar, mas se coloco por R$ 200 um modelo que custa US$ 50 lá fora, ninguém compra, pois acha caro.
 
Este ano vendi 4 e comprei 8, saldo positivo de 4 e só não compro mais, pois meu espaço está começando a ficar novamente limitado.
 
Se isto é crise, espero que continue assim, se o dólar e taxação baixarem então, melhor ainda!
 
E olhe que raramente gasto mais de uns R$ 200 num bom kit 1/35...
 
PlastiAbraços
Augusto posted:

Diagnosticar o hobby pelo que acontece aqui é um erro colossal. O problema não é o hobby, o problema é esta ferramenta. Os fóruns estão morrendo, porque estão sendo substituídos pelas novas mídias. Tem pouco kit vendendo aqui? Tem pouca montagem aqui? Sim, aqui. Vai nos grupos de Facebook e WhatsApp e veja para onde migrou o movimento.

Os fóruns estão indo para o limbo, e pior, a WK mantém uma ferramenta pouco amigável e com imagens ridiculamente pequenas para um mundo da tela grande.

Não tem mais loja física aqui? Sim, com de resto estão fechando em todo os lugares do mundo, a tendência é que lojas físicas se transformem apenas em vitrines (e isso no caso das grandes), tudo vai ser comprado pela net. Custos menores, estoques em locais mais baratos, agilidade no serviço,  este é o caminho. 

Vá na Hannans em Londres, estoque mínimo, na loja apenas uns poucos lançamentos e tintas. Como funciona agora? Você compra pela internet e retira na loja, este é o futuro, acostumem-se

 

 

Fóruns morreram há quase dez anos, no entanto não tenho notado toda essa movimentação no Face atualmente, como disse um colega aqui anteriormente e eu tb observei, pelo menos no face o ritmo também vem caindo ano a ano, muitos anúncios inclusive sem nenhum demonstrativo de interesse pelas pessoas mesmo com preços razoáveis. Alias, tem algum grupo de Whats ou Telegram para indicar, desses confesso que não estou a par e gostaria de saber se por lá as coisas andam melhores

Não existe milagre. O dólar está alto, o preço dos kits lá fora aumentou e o custo de envio também (e muito). Um kit que custava 25-30 dólares, com 10-12 dólares de custo de envio, hoje custa 35-40 dólares, com 15-17 dólares de custo de envio. Isso lembrando que, no começo de 2018, o dólar estava a 3,1-3,2.

Ou seja: um kit que custava 135 reais, hoje custa 240 reais. O mesmo kit. Nem vou falar dos preços aqui, pois se juntar os custos de importação, os impostos e a margem de lucro, sai mais caro que isso.

Lembro ainda que no primeiro semestre do ano passado a receita parou e taxou quase tudo que chegava, então em cima do valor do kit ainda vinha mais o imposto.

Tudo isso desanima qq cristão. No entanto, como disse o Rubens, se procurar acha, seja aqui ou lá fora.

Quanto a fóruns e outras mídias sociais, tudo tem seu tempo e sua hora. Na internet, mais do que em outros lugares, a fila anda, e se quiser se manter no topo tem que investir nisto. Entendo que as empresas corram atras, pois significa continuar vendendo ou fechar, mas aquele que tem sua página, site, blog ou o que for de modelismo e afins, faz isso por amor ao hobby, e não sei se está afim de gastar mais sangue, suor e dólares para correr atrás de algo de tão pouco retorno. 

[  ]s

Sidney

 

artemius111 posted:
Anderson Salafia posted:
 

Mas, Anderson, isso já aconteceu...

É só ver quantos estão participando e MONTANDO nos GBs do fórum.

Enquanto que papos e opiniões continuam em crescimento, montagens e assuntos relativos diretamente ao plastimodelismo minguam a olhos vistos.

 

Sim, se formos comparar ao que havia em 2012 por exemplo.... muito mais modelistas montando muito mais.... houve alguns outros fatores que levaram alguns colegas a deixarem o forum mas, no geral, mesmo quem ficou reduziu a montagem nos ultimos dois anos....  uma pena mesmo.

 

Até eu acabei reduzindo por inumeros fatores....

Danlucio posted:
Anderson Salafia posted:
 

Ah o grupo de Orkut, quanto ao inverno nuclear, o diretor mandou avisar que o nome da pessoa começa com R! Concordo, acho que chegamos no tal inverno.

Chegamos e é PIOR do que eu imaginava.....  até já comecei a ter PESADELOS com lojas com PRATELEIRAS VAZIAS!!!!!!!!!!!! um HORROR!!!

 

Augusto posted:

Diagnosticar o hobby pelo que acontece aqui é um erro colossal. O problema não é o hobby, o problema é esta ferramenta. Os fóruns estão morrendo, porque estão sendo substituídos pelas novas mídias. Tem pouco kit vendendo aqui? Tem pouca montagem aqui? Sim, aqui. Vai nos grupos de Facebook e WhatsApp e veja para onde migrou o movimento.

Os fóruns estão indo para o limbo, e pior, a WK mantém uma ferramenta pouco amigável e com imagens ridiculamente pequenas para um mundo da tela grande.

Não tem mais loja física aqui? Sim, com de resto estão fechando em todo os lugares do mundo, a tendência é que lojas físicas se transformem apenas em vitrines (e isso no caso das grandes), tudo vai ser comprado pela net. Custos menores, estoques em locais mais baratos, agilidade no serviço,  este é o caminho. 

Vá na Hannans em Londres, estoque mínimo, na loja apenas uns poucos lançamentos e tintas. Como funciona agora? Você compra pela internet e retira na loja, este é o futuro, acostumem-se

 

 

Quanto ao comercio virtual, realmente é a TENDENCIA do momento mas... nas lojas brasileiras há pouca variedade, MENOS do que nas lojas fisicas de cinco anos atrás.... realmente o Dolar em alta impostos e tudo afetam isso.... uma pena!

Danlucio posted:
Augusto posted:

Diagnosticar o hobby pelo que acontece aqui é um erro colossal. O problema

 

 

Fóruns morreram há quase dez anos, no entanto não tenho notado toda essa movimentação no Face atualmente, como disse um colega aqui anteriormente e eu tb observei, pelo menos no face o ritmo também vem caindo ano a ano, muitos anúncios inclusive sem nenhum demonstrativo de interesse pelas pessoas mesmo com preços razoáveis. Alias, tem algum grupo de Whats ou Telegram para indicar, desses confesso que não estou a par e gostaria de saber se por lá as coisas andam melhores

participo de um grupo no face de trocas e vendas.... há coisa de um ano atrás era tão movimentado quanto aqui.... e em AMBOS os espaços virtuais a queda foi igual!!!!

 

sumiram kits e os preços subiram!!!

 

Só uma UNICA DIFERENÇA que notei no facebook foi que começou a aparecer kits de CARROS numa frequencia maior do que já tinha visto desde 2008 quando comecei a acompanhar e participar aqui e a comprar kits com maior voracidade!!!

 

é uma "fase"??? com certeza!!!! será uma fase de transição para lojas virtuais? será uma fase de queda no hobby para nós? não sei... aguardaremos as DEFINIÇÕES NA POLITICA NACIONAL para sabermos que rumos o país irá tomar!

Falou tudo, hoje não dá pra julgar nada, o pais está parado desde 2016. Trabalho com ecommerce e no Brasil está todo mundo falindo. Wal mart fechou o site. Dólar alto, frete nas alturas visto que o combustível sobrou de preço, 14 milhões de desempregados era menos que 4. Ninguém está arriscando. Quem tem emprego não está gastando com medo. O hobby em si não pode ser julgado porque é geral a crise. 

Olha, para quem monta navios 1/700 como eu uma coisa é certa - estamos em uma época de ouro. Nunca esteve tão bom. Lançamento atrás de lançamento, com coisas que nunca imaginei ver injetadas. Novos fabricantes, como Flyhawk, levando a injeção de plástico a níveis que rivalizam com a impressão 3D ou PE. Toneladas de acessórios. Apesar de não ser especialista nelas, vejo que as demais escalas em naval estão bombando tb - 1/350 e agora 1/200.

Reparem que estou falando em termos globais e não nesse canto esquecido do mundo.

No que diz respeito a militaria 1/72, o quadro é o mesmo. Antes a 1/72 era sinônimo de carência de detalhes. Isso está mudando rapidamente. Eu havia abandonado a 1/72 em busca de coisas mais detalhadas na 1/35 e agora estou lentamente retornando para a 1/72.

Quanto aos fóruns, os dois sobre navios que frequento, Model Warships e SteelNavy estão bombando. Novidades diárias, belas montagens tb diárias, dicas e a participação constante de gurus de diversas especialidades, gente do meio naval, de museus navais, forças armadas, historiadores e tudo mais. Um verdadeiro Butantã, um baile de cobras. Ali tem que entrar de perneira.

Tem espaço para todo mundo.

Paulo, várias áreas estão assim. Militaria 1/35 e aviação 1/48 também, até na aviação 1/32 houve um boom. Não só temos muitos lançamentos, como temos novos fabricantes.

Então, o hobby pode estar sofrendo no Brasil por uma série de fatores , mas o hobby como um todo no mundo vai de vento em popa.

paulors posted:

Olha, para quem monta navios 1/700 como eu uma coisa é certa - estamos em uma época de ouro. Nunca esteve tão bom. Lançamento atrás de lançamento, com coisas que nunca imaginei ver injetadas. Novos fabricantes, como Flyhawk, levando a injeção de plástico a níveis que rivalizam com a impressão 3D ou PE. Toneladas de acessórios. Apesar de não ser especialista nelas, vejo que as demais escalas em naval estão bombando tb - 1/350 e agora 1/200.

Reparem que estou falando em termos globais e não nesse canto esquecido do mundo.

No que diz respeito a militaria 1/72, o quadro é o mesmo. Antes a 1/72 era sinônimo de carência de detalhes. Isso está mudando rapidamente. Eu havia abandonado a 1/72 em busca de coisas mais detalhadas na 1/35 e agora estou lentamente retornando para a 1/72.

Quanto aos fóruns, os dois sobre navios que frequento, Model Warships e SteelNavy estão bombando. Novidades diárias, belas montagens tb diárias, dicas e a participação constante de gurus de diversas especialidades, gente do meio naval, de museus navais, forças armadas, historiadores e tudo mais. Um verdadeiro Butantã, um baile de cobras. Ali tem que entrar de perneira.

Tem espaço para todo mundo.

Isso!

Vide o fórum Britmodeller.

É tanta atividade que, se eu deixo de atualizar alguma montagem minha, no dia seguinte estará lá pela terceira ou quarta página de tanta coisa nova que já entrou na frente.

O Plastibrasil tá bem animado também e sem chororô.

 

Marco,

É verdade. Para não perder nada já estabeleci uma rotina diária, que inclui visitas a sites mais interessantes no meu caso. Além dos dois de navios acima mencionados, sempre passo em outros como Hyperscale, Modellversium, Large Scale Planes e Perth Military. Aliás, esse último parece que adormeceu.

Assino newsletters de diversas lojas, para ficar de olho no que está rolando. E visito tb diariamente sites de lojas como Hobbysearch e Hobbyeasy.

Perco (ou ganho) uns 15 minutos ou menos por dia, mas a pescaria ali sempre traz algo interessante.

[  ]s

paulors posted:

Marco,

É verdade. Para não perder nada já estabeleci uma rotina diária, que inclui visitas a sites mais interessantes no meu caso. Além dos dois de navios acima mencionados, sempre passo em outros como Hyperscale, Modellversium, Large Scale Planes e Perth Military. Aliás, esse último parece que adormeceu.

Assino newsletters de diversas lojas, para ficar de olho no que está rolando. E visito tb diariamente sites de lojas como Hobbysearch e Hobbyeasy.

Perco (ou ganho) uns 15 minutos ou menos por dia, mas a pescaria ali sempre traz algo interessante.

[  ]s

Meu caro amigo, somos dois nessa rotina.

Mas veja bem: nós gostamos do hobby e não nos importamos em compartilhá-lo.

O que se vê por aqui é uma visão egoísta e voltada para o umbigo.

Dicas, orientações, referências, tudo aquilo que ajuda o hobby a ficar o que é lá fora, aqui é esquecido e escondido.

Já cansei de investir literalmente horas, até dias, na preparação de uma Introdução Histórica para as minhas montagens e ter meia dúzia de participantes opinando.

A natureza do povo brasileiro é muito mesquinha, pobre e pequena e o plastimodelismo, como hobby, apenas reflete isso.

artemius111 posted:
paulors posted:

Marco,

É verdade. Para não perder nada já estabeleci uma rotina diária, que inclui visitas a sites mais interessantes no meu caso. Além dos dois de navios acima mencionados, sempre passo em outros como Hyperscale, Modellversium, Large Scale Planes e Perth Military. Aliás, esse último parece que adormeceu.

Assino newsletters de diversas lojas, para ficar de olho no que está rolando. E visito tb diariamente sites de lojas como Hobbysearch e Hobbyeasy.

Perco (ou ganho) uns 15 minutos ou menos por dia, mas a pescaria ali sempre traz algo interessante.

[  ]s

Meu caro amigo, somos dois nessa rotina.

Mas veja bem: nós gostamos do hobby e não nos importamos em compartilhá-lo.

O que se vê por aqui é uma visão egoísta e voltada para o umbigo.

Dicas, orientações, referências, tudo aquilo que ajuda o hobby a ficar o que é lá fora, aqui é esquecido e escondido.

Já cansei de investir literalmente horas, até dias, na preparação de uma Introdução Histórica para as minhas montagens e ter meia dúzia de participantes opinando.

A natureza do povo brasileiro é muito mesquinha, pobre e pequena e o plastimodelismo, como hobby, apenas reflete isso.

Eu participava de um clube. Com o tempo eu vi que alguns participantes eram egoístas. Viam você com dificuldade e não davam a dica ou escondiam produto ou ferramenta que resolvia. Você nem sabia da existência do produto ou ferramenta. E pior. As vezes eles falavam pra vc fazer diferente do que eles faziam nos kits deles. Um dos motivos era medo de vc ganhar o campeonato ou o open. Por isso eu não participo mais de open. 

Rogerio77 posted:
anghinoni posted:
. Um dos motivos era medo de vc ganhar o campeonato ou o open. Por isso eu não participo mais de open. 

Mas todo evento tem a possibilidade de você inscrever modelos como "exposição", assim seus trabalhos não são julgados e você os mostra aos amigos. 

Já repararam que é sempre esta choradeira do porque não participarem de opens?

anghinoni posted:
artemius111 posted:
paulors posted:

Marco,

É verdade. Para não perder nada já estabeleci uma rotina diária, que inclui visitas a sites mais interessantes no meu caso. Além dos dois de navios acima mencionados, sempre passo em outros como Hyperscale, Modellversium, Large Scale Planes e Perth Military. Aliás, esse último parece que adormeceu.

Assino newsletters de diversas lojas, para ficar de olho no que está rolando. E visito tb diariamente sites de lojas como Hobbysearch e Hobbyeasy.

Perco (ou ganho) uns 15 minutos ou menos por dia, mas a pescaria ali sempre traz algo interessante.

[  ]s

Meu caro amigo, somos dois nessa rotina.

Mas veja bem: nós gostamos do hobby e não nos importamos em compartilhá-lo.

O que se vê por aqui é uma visão egoísta e voltada para o umbigo.

Dicas, orientações, referências, tudo aquilo que ajuda o hobby a ficar o que é lá fora, aqui é esquecido e escondido.

Já cansei de investir literalmente horas, até dias, na preparação de uma Introdução Histórica para as minhas montagens e ter meia dúzia de participantes opinando.

A natureza do povo brasileiro é muito mesquinha, pobre e pequena e o plastimodelismo, como hobby, apenas reflete isso.

Eu participava de um clube. Com o tempo eu vi que alguns participantes eram egoístas. Viam você com dificuldade e não davam a dica ou escondiam produto ou ferramenta que resolvia. Você nem sabia da existência do produto ou ferramenta. E pior. As vezes eles falavam pra vc fazer diferente do que eles faziam nos kits deles. Um dos motivos era medo de vc ganhar o campeonato ou o open. Por isso eu não participo mais de open. 

Não entendi nada, quer dizer que a culpa é dos Opens e não dos idiotas que faziam o que você descreveu? Os Opens é que criam este tipo de pessoa? Claro que não, você apenas escolheu o grupo errado, ponha a culpa em que tem.

 

Não sei, talvez aqui no Brasil por todos os motivos elencados pelos colegas (preço, falta de fabricante nacional, dentre outros), o foco da publicidade do nosso hobby não seja as crianças e sim jovens já formados, com emprego estável ou mesmo de meia idade já com família constituída.

Para isso, seria muito importante o aumento de mostras de modelismo, com algum outro atrativo para atrair toda a família, e não necessariamente com premiação.

E temos, com urgência, que prestigiar os Opens que ainda existem. 

Sandro.

Incluir Resposta

Curtidas (1)
Mario naval
×
×
×
×