Mais uma... de quem??? só podia ser: 'Correios'

Eu li a notificação  e na minha opinião isto não vai durar muito,pois como já escrevi aqui uma vez se vende muito produto inflamavel via internet e muitos via Correios como forma de transporte é só ver no mercado livre.Isto seguramente não vai afetar empresas maiores pois podem despachar via transportadoras,agora realmente pequenos negócios e pessoas fisicas vão ter de descobrir outros meios de fazer negócio;Eu já comprei tinta ou outro insumo do exterior e tudo bem passou,duvido muito que remessas do exterior eles vão ter como fiscalizar,ainda mais se vier junto com kits.Mas de qualquer forma se estão fazendo isto é por desconfiarem de que os incendios ocorridos nos Correios tem origem em liquidos altamente inflamaveis ou gases.O green gás de airsoft por exemplo se exposto a temperaturas elevadas ele explode e incendeia.Vamos ver no que dá.

Scout Sniper posted:

Só para piorar um pouco mais: minha empresa tem contrato de postagem com o correio e ontem recebi uma notificação oficial da gerência regional dos Correios informando que a partir de 04/04/18 ficará proibida a postagem de objetos líquidos ou gasosos nos correios com exceção de cosméticos, perfumes, produtos de higiene pessoal (exceto acetona), bebidas, medicamentos em geral (exceto os que contenham formol, éter, álcool), líquidos alimentícios e suplementos, material biológico, tintas e tonner para impressoras, essências, ceras, detergentes, amaciantes e sabão líquido, produtos para manutenção de aquário e tintas para tatuagem.

A proibição vale para todo mundo: pessoa física ou jurídica, para postagens feitas no balcão da agência ou por coleta.

Isso acaba completamente com o comércio de tintas e insumos líquidos para modelismo pela internet no Brasil...

Proibição de postagem de líquidos via Correios

Brasília, 3/4/2018 - Diante dos recentes incêndios ocorridos em unidades dos Correios, a empresa comunica que, de forma preventiva, a partir desta quarta-feira (4) não serão aceitas postagens de objetos líquidos ou gasosos. A proibição não se aplica aos seguintes itens: cosméticos; perfumes, produtos de higiene pessoal (exceto acetona); bebidas; medicamentos em geral (exceto formol, éter, álcool); líquidos alimentícios e suplementos; material biológico; tintas e tonner de impressoras; essências; ceras, detergentes, amaciantes e sabão líquido; produtos para manutenção de aquários; e tintas para tatuagem.  

A medida visa garantir a segurança dos empregados e a integridade do patrimônio e dos objetos confiados à empresa.

Conforme a Lei nº 6.538/78, a empresa não aceita a postagem de remessas contendo substância explosiva, radioativa, corrosiva ou facilmente inflamável, cujo transporte ou armazenamento constitua perigo ou possa danificar outro objeto. Um exemplo de substância proibida é o peróxido de hidrogênio, também conhecido como água oxigenada. As unidades de atendimento também não aceitarão a postagem de gás butano, fogos de artifício, carvão com pólvora, gás propano, botijão de gás GLP usado, carbureto ou gás acetileno.

Caso sejam identificados objetos proibidos no fluxo postal, estes serão descartados, sem ônus aos Correios.

Cabe esclarecer que o remetente é responsável por quaisquer declarações falsas quanto ao conteúdo de objetos postados nos Correios, inclusive no que se refere a artigos proibidos e/ou perigosos, que possam colocar em risco a segurança dos empregados e da própria empresa, estando sujeito à aplicação de penalidades legais.

https://www.correios.com.br/no...iquidos-via-correios

Boa tarde,

Enviei em Fevereiro do presente ano 2 kits para o Brasil, sendo que um foi para S.Paulo e o outro para Curitiba.

Apesar de ambos terem sido enviados a partir de Lisboa com um intervalo de 2 ou 3 dias (por volta do dia 12 se não estou em erro), o kit que foi enviado para S.Paulo foi entregue a 14 de Abril, ou seja praticamente 2 meses depois do envio.

Já o kit que foi enviado para Curitiba ainda não chegou ao destino final apesar do mesmo se encontrar na posse dos Correios locais, segundo informação apurada pelo destinatário.

Ou seja, o envio de Portugal para o Brasil é exequível apesar de poder demorar mais tempo do que todos gostaríamos.

Há pois que ter um pouco de paciência, mas tenho esperança que mais tarde ou mais cedo o kit acabe por chegar a Curitiba!


Obrigado.
Cumprimentos,
Ayala Botto
Lisboa, Portugal



 

Rogério Araujo posted:
Scout Sniper posted:

Só para piorar um pouco mais: minha empresa tem contrato de postagem com o correio e ontem recebi uma notificação oficial da gerência regional dos Correios informando que a partir de 04/04/18 ficará proibida a postagem de objetos líquidos ou gasosos nos correios com exceção de cosméticos,Proibição de postagem de líquidos via Correios




https://www.correios.com.br/no...iquidos-via-correios

Vai todo mundo aprender a usar tintas automotivas ou Acrilex.

Brasil: um país escroto.

 

Marco S J C posted:
Rogério Araujo posted:
Scout Sniper posted:

Só para piorar um pouco mais: minha empresa tem contrato de postagem com o correio e ontem recebi uma notificação oficial da gerência regional dos Correios informando que a partir de 04/04/18 ficará proibida a postagem de objetos líquidos ou gasosos nos correios com exceção de cosméticos,Proibição de postagem de líquidos via Correios




https://www.correios.com.br/no...iquidos-via-correios

Vai todo mundo aprender a usar tintas automotivas ou Acrilex.

Brasil: um país escroto.

 

Se não tiver quem revenda automotivas ou Acrilex por perto e depender do correio não adianta do mesmo jeito.

Por outro lado, parece que todos os vendedores ou não sabem dessa nova regra  ou estão ignorando pois  continuam (felizmente) vendendo em todos os lugares, até no ML e Facebook.

Ayala Botto posted:

Boa tarde,

Enviei em Fevereiro do presente ano 2 kits para o Brasil, sendo que um foi para S.Paulo e o outro para Curitiba.

Apesar de ambos terem sido enviados a partir de Lisboa com um intervalo de 2 ou 3 dias (por volta do dia 12 se não estou em erro), o kit que foi enviado para S.Paulo foi entregue a 14 de Abril, ou seja praticamente 2 meses depois do envio.

Já o kit que foi enviado para Curitiba ainda não chegou ao destino final apesar do mesmo se encontrar na posse dos Correios locais, segundo informação apurada pelo destinatário.

Ou seja, o envio de Portugal para o Brasil é exequível apesar de poder demorar mais tempo do que todos gostaríamos.

Há pois que ter um pouco de paciência, mas tenho esperança que mais tarde ou mais cedo o kit acabe por chegar a Curitiba!


Obrigado.
Cumprimentos,
Ayala Botto
Lisboa, Portugal



 

Boa tarde,

O segundo kit que enviei para o Brasil (Curitiba) também já chegou ao destino final e em boas condições!

Custou mas foi! 

 

Obrigado.
Cumprimentos,
Ayala Botto

Marco S J C posted:

Tomara que estejam fazendo vista grossa para pequenos pacotes.

Isso porque:

"Caso sejam identificados objetos proibidos no fluxo postal, estes serão descartados, sem ônus aos Correios."

Então podem descartar seu pacote a qualquer momento.

 

Curinga dos correios! Quando perderem um pacote, vão colocar que era proibido no fluxo. Como vc não é nem autorizado a fotografar o seu pacote com a etiqueta dos correios, fica difícil representar contra eles. 

O correios, diante das ineficiências que vem apresentando tem criado meios de se proteger daqueles que utilizam seus serviços.  Melhorar os serviços, ao menos aparentemente, não apresenta propostas.

perai gente!!!

 

Então agora é assim: vão simplesmente jogar no lixo e pronto!!!

 

UAUH!!!!!!!  Que bacana! Então, praticamente podemos esquecer dispor de mais do que ACRILEX ou GUACHE pra trabalhar... rsrsrsrsrsrsrs

 

Certamente tem de haver sim fiscalização por parte dos correios quanto a PRODUTOS PROIBIDOS agora, simplesmente GENERALIZAR como vai ser daqui pra frente (PODEM APOSTAR!) não pode ser!

 

perdeu!!!?????  OPAH! diz que tinha coisa proibida e pronto!

 

Mas uma coisa pergunto:SERÁ QUE OS CORREIOS TERÃO ALGUM TIPO DE FISCALIZAÇÃO EFETIVA ou simplesmente vão fazer tal como as telhas do período colonial?

 

Este ano comprei numa loja EM SP (pra receber em SP mesmo) um recipiente de diluente 400 da Gunze e algumas tintas.... na ultima semana comprei na mesma loja mais tintas......  bom, o jeito vai ser ir retirar lá... coisa de uns 10KM de distancia daqui (que os correios conseguim levar DUAS SEMANAS pra entregar! kkkkk)

Vale lembrar que a nova regra não só vale para líquidos inflamáveis mas também para qualquer tipo de tinta ou líquido, com exceção das listadas expressamente como itens não proibidos que são  cosméticos, perfumes, produtos de higiene pessoal (exceto acetona), bebidas, medicamentos em geral (exceto os que contenham formol, éter, álcool), líquidos alimentícios e suplementos, material biológico, tintas e tonner para impressoras, essências, ceras, detergentes, amaciantes e sabão líquido, produtos para manutenção de aquário e tintas para tatuagem. 

Na teoria qualquer tinta acrílica não inflamável (Vallejo, Mig, Hataka, etc) entra na proibição e estão sujeitas ao descarte.  Digo na teoria pois pelo que vi todo mundo continua vendendo sem problema. 

Incluir Resposta

Curtidas (0)
×
×
×
×