Petuco, essa pode ser uma vantagem adicional, sim, espero.

 A atentendente que me vendeu a correntinha disse que essa corrente não ficaria escura tão cedo, no que eu respondi que à noite ela já estaria; e ela me olhou meio perplexa.

https://photos.app.goo.gl/wLdsVmDQkhiGFM7VA

É, vai entender.

https://photos.app.goo.gl/MoRpRvAeUJkzs85L7

Continuando a preparação, já coloquei as correntes dentro das formas para fazer as estruturas que sustentarão as minas, bem como a forma para os pilares do sub.

https://photos.app.goo.gl/wGbWXo51qqPn8oVR9

Pretendo deixar as correntes bem no meio do tubo e para isso precisei bolar um jeito dela ficar lá sem a necessidade constante de checar, depois de colocada a resina, até porque a bendita demora uma eternidade mais um dia para endurecer.

https://photos.app.goo.gl/gxp5xdt5akbSdF8Q8

Resolvi que a hélice do sub também terá uma esteira na propulsão, até porque ela, a hélice, já perdeu duas pás e fica mais fácil esconder do que reparar o dano. Isso, pelo menos comigo, acontece sempre que começo um projeto e demoro demais para concluí-lo. (Esse tem mais de 4 anos)

Essa será a estrutura que irá ficar na parte de trás do sub para suportar a esteira

https://photos.app.goo.gl/3WtnMJyraH92Tuwu8

Bem, estou projetando dar um grande avanço até o final da semana, se o tempo ajudar.

Edu

Last edited by edufari

Bem, consegui um horário compatível para executar o que ocasionou barulho e sujeira. Tudo ao mesmo tempo.  A base em madeira. 

A tupia comeu solta.

Baixar 6 mm nesta parte central e 3 mm nas áreas da beirada.

https://photos.app.goo.gl/WPTQfUb5RtSNa5bC6

Já dividi a fita de led's em duas fileiras que deverão ficar neste rebaixo central.

https://photos.app.goo.gl/ssjPPEyaLxvVeDjYA

Depois de muito trabalho, eis um dry fit da base. Ainda faltam as furações para a entrada da fiação e o encaixa do interruptor.

https://photos.app.goo.gl/StbtmW8dXGxL61229

Estou pensando passar somente selante, com pouca alteração na cor, isso porque dará uma vida à coloração da água.

E por falar nela, já preparei a quantidade total de que vou precisar , inclusive a estrutura das correntes e os pilarzinhos que sustentarão o sub.

https://photos.app.goo.gl/WXS7j3FgFhQxXmiHA

Acrescentei um tiquinho de turbidez, mas não muita.

E separei do corpo que será a água, o necessário para fazer as estruturas das minas.

https://photos.app.goo.gl/hpj2SLacz2JRhFiC6

De alguns dissabores ocorridos durante o processo, me surgiu a ideia que está em teste, de mergulhar a corrente na resina e deixá-la endurecer para testar se é possivel utilizá-la sem esse tubo de resina.

Se o teste for positivo, jogo todos esses tubos com corrente fora, compro um colar novo e começo tudo do zero.

Edu

Last edited by edufari

Continuando, as estruturas das minas já ficaram praticamente prontas, faltando terminarem de curar.

https://photos.app.goo.gl/9aVVfktuhWXzDyv78

Enquanto isso, apliquei seladora nas partes em madeira da base, preparando-as para a próxima etapa que será a instalação da iluminação.

Ia deixar duas fileiras de leds porque o que achei que tinha dava só para duas, mas encontrei uma nova fita e resolvi colocar mais uma fileira.

Claro, antes de fechar o pastel, preciso verificar como ficará o efeito dessa quantidade de luz na água e no sub.

https://photos.app.goo.gl/dnrsh1xF2BEkUpCb6

Tá ruim mas tá bom. Dá, pelo menos, para ver a esburacação para o interruptor e a passagem para a fiação até o rebaixo central onde estarão os leds.

E a entrada do fio elétrico

https://photos.app.goo.gl/F7BWMYaMugQHXm8j8

Bem, pelo menos deu uma boa avançada. Vamos ver o que mais consigo fazer ainda hoje.

Edu

Como dizia a minha avó: Devagar também é pressa.

Mais uma linha de iluminação, vai ficar bom, ou até melhor.

https://photos.app.goo.gl/fcDEonCiaA65hZcs5

Dando seguimento à instalação elétrica, trava no fio, para que se por acidente alguém puxar, não sair arrancando tudo.

https://photos.app.goo.gl/vbRpL4VUthSavotc7

Teste com a camada difusora, para não concentrar demais pontualmente. 

https://photos.app.goo.gl/Jkr9qYz9vVszyt1N9

e sem a difusão;

https://photos.app.goo.gl/w6wE2ZaBAmw8Ro9U7

Mais a frente, farei um novo teste com o conjunto todo montado, dos dois jeitos para ter certeza de qual solução fica melhor.

Primeiro filhote de mina nasce já criado.

https://photos.app.goo.gl/KZ7htWuKfjjszwvq6

mas malcriado. Não estou gostando e uma ideia vai tomando conta da minha cabeça embora desemboque no que mais me irrita: andar pra trás e refazer o que já está pronto. 

Essa desgraça dessa face superior da coluna, irá aparecer.

https://photos.app.goo.gl/3KSxRR4woqbjvmFe7

Depois de todo esse trabalho e testes e energia empregados, vou estragar tudo por causa desta merda de face que irá dar reflexão diferente à luz.

Se visto de lado não será quase visível, mas de um ângulo superior, já não será a mesma história. 

No teste que eu fiz, essa face tocava o fundo do corpo maior e não era visível, o que ocorrerá no modelo final.

Então,

adeus soluçao quase pronta e teremos que recomeçar essa etapa, infelizemnte.

Pelo menos sobra o alento de que tenho uma outra solução que deverá resolver o problema.

Menos mal que a loja de bijuterias está abrindo e posso ir lá comprar outra correntinha. Aí toca pintar, drybrush espera secar etc. 

Edu

Last edited by edufari

E foi o que eufiz.

Fui até lá, comprei uma nova correntinha, o que aliás, mesmo sem saber exatamente o que eu queria, a atendente com a maior prestatividade foi muito amável e a sugestão dela valeu, porque não vou precisar pintar, sim, a corrente já vem na cor grafite, genial

Ganhei bem uns dois dias na brincadeira. 

Muito grato a ela.

E aí foi só preparar 5g de resina, e devagar, pingar nos conjuntos colados previamente, para que quando secos, não apresentem aquelas superfícies que seguramente seriam visíveis.

https://photos.app.goo.gl/pMe1kyQsybmXkNRN7

Agora, se essa técnica funcionar, não haverá nenhum aresta digna de nota. O conjunto deverá aparecer somente como a corrente na água.

O que pode acontecer é demorar um pouco mais do que o normal para o conjunto adquirir rigidez suficiente, mas deverá funcionar.

Se for o caso, outra quantidade de resina será aplicada.

Edu

Last edited by edufari

Todo castigo para corno, é pouco.

https://photos.app.goo.gl/mAM2it9QidLzrRc78

Quando o conjunto é decolado do vidro, a resina fica toda craquelada devido ao arrancamento da superficie.

Já vi usarem essa técnica e não aconteceu isso. Acho que só funciona para os outros. 

Fiz em uma superfície de vidro, talvez haja um outro material que me facilitaria a retirada sem o stress que a superfície de vidro causa.

Se não, tenho que voltar às origens e tentar colar os elos.

Edu

Tá bom demais.

Comentando o jogo já terminado:

Com relação ao craquelamento eu acho que só faltou colocar um desmoldante no vidro.

Outra coisa, não sei como tu tirou/descolou, mas o ideal eu acredito que fosse usar uma lâmina (inteira) de estilete e vir passando por baixo para soltar.

Petuco, grato pela presença. 

De fato o desmoldante talvez tivesse sido um boa ideia, e quanto à retirada, foi desse jeito apontado na sua sugestão, uma lâmina passada rente ao vidro ao longo de toda a corrente. É que por mais fina que seja a lâmina, ela tem uma espessura que afasta a resina da placa de vidro e esse pequeno deslocamento provoca deformações nela, resina, que causam o embaçamento tornando-a diferente do resto do corpo de água em volta.

Se houver uma próxima, tentarei fazer com o desmoldante. 

Edu

Vamos lá.

Um novo dia começa na capital do estado, com muito sol e temperatura agradável. Já é uma boa notícia.

Outra boa notícia é que após ensaios laboratoriais complexos e extenuantes, concluimos que a resina que será utilizada não ataca o cianoacrilato que foi usado para fixar os elos das correntes das minas.

https://photos.app.goo.gl/ZZPKdPovnLXNud5UA

Imagina a cena:

submarino fixado no lugar, as minas em suas posições, uma fina camada de resina já curada no fundo da contenção de vidro, que por sinal já está em definitivo em sua posição, eu despejo a resina e ela desmonta as correntes, fazendo as minas irem ao fundo.  

O trabalho todo vai para o lixo. Fica só a experiência e a frustração.

Ao mesmo tempo, deixei praticamente pronta a estrutura que vai fazer o efeito da esteira do sub.

https://photos.app.goo.gl/3zjSxKyJF8aKwJvt8

Não sei o resultado final desse efeito, mas é bom ficar bom, porque é outra coisa que não tem segunda chance. Tem que aprovar de primeira.

Edu

@edufari posted:

 

Se houver uma próxima, tentarei fazer com o desmoldante. 

Edu

E coloca menos catalizador, a cura demora um pouco mais mas o conjunto não fica tão "seco", fica mais borrachudo e evita a trincagem.

A advertência é boa e útil.

No caso, estive analisando com uma lenta de aumento, a superfície que ficou em contato com o vidro, teve material destacado por pontos com arrancamento devido ao fato de a resina ter aderido firmemente à superfície do vidro, essa a razão da opacidade causada.

Fui verificar com mais cuidado, o vidro na posição em que o conjunto estava, aparece rugosa, o que comprova o fato.

Sua alternativa do desmoldante , creio seja a soluçao. Fiquei imaginando quando pensei em utilizar, se não deixaria a superfície da peça, meio leitosa e portanto visível; mas creio que não deve ficar não. 

É para ser a solução correta.

Edu

@edufari posted:

Fiquei imaginando quando pensei em utilizar, se não deixaria a superfície da peça, meio leitosa e portanto visível; mas creio que não deve ficar não. 

 

Se for em pasta pode acontecer, o ideal é que seja spray para ficar uniforme.

Bom, tudo testado é o momento de ver se as coisas se encaixam como no teste.

O  efeito das esteiras: primeiro que eu imagino que um sub em movimento não produz uma esteira como essa, mas as esteiras dos torpedos, pelo fato de eles sairem de dentro do sub que tem ar, até é aceitável.

Mas estou me dando essa licença poética. os puristas que me perdoem.

Ainda sobre as esteiras, quando verter a resina esse efeito tende a diminuir de intensidade. Conclusão de um dos testes.

https://photos.app.goo.gl/Uk3mDrsxhVmhhzwo9

Estou gostando do resultado. 

Creio que se conseguir manter tudo como está até o final das etapas, vai ficar legal.

https://photos.app.goo.gl/BXCPpHPxDnb2GiGg9

Fora da água eu já consigo sentir a saída dos brutos. Gostei.

Eu acho que não vai passar antes da mina voltar à posição original. O que acham?

https://photos.app.goo.gl/dNuw6U63oMc7cL7f7

É esperar para ver.

https://photos.app.goo.gl/PfgGsQmrtbgAbHBJ6

Para quem como eu gosta de um spoiler aqui vão alguns:

https://photos.app.goo.gl/5kCteJRBRZoBNJU88

https://photos.app.goo.gl/ByZRMyphevWdxzBw7

Existe uma fita adesiva unindo as partes de vidro que serão, obviamente, retiradas ao final.

Verti 2mm de resina com um corante preto translúcido para atenuar o efeito dos leds e melhorar a perspectiva de profundidade que foi dada na pintura do vidro do fundo. Foi depois que tirei essa foto.

Agora é esperar essa camada curar para colocar o corpo principal, que é praticamente o final.

Depois é apenas mais alguns detalhamentos de espuma das ondas, textura de superfície da água e colocar o perscópio para fora da água.

Edu

Agora que já está quase pronto, que não tem jeito, digo que o ideal era a iluminação estar na parte de cima, pra simular a luz do dia, ou até do luar, vindo do céu  

Incluir Resposta

×
×
×
×
Link copied to your clipboard.
×