Urubu-Rei posted:

Eu estou abismado de como a situação piorou de 5-6 anos para cá...

Ainda não é o fundo-do-poço.....

Os Correios tem que ser privatizado. Presis

amos  de mais  empresas para disputar o mercado de entregas de mercadorias e correspondencias.

Já.cotei.por transportadora..mas a M...e que tem que ter nota fiscal..enta e como não sou comerciante fico nas maos da incompetência do.governo....

No site.melhor envio.cota a.jadlog ...mas precisa de nota fiscal..

ARaguenet posted:
Alexandre Oliveira posted:

(...) e uma mudança no status via muambator, vamos aguardar os próximos capítulos.

Sim, eu recebi há pouco também uma mudança no status via muambator.

Adivinhe!!! Isso mesmo: o status é o mesmo que dá nome a este tópico: "o objeto não chegou à unidade de destino."

Agora sinceramente não sei o que faço: se espero mais, se entro em contato com os Correios, se faço uma reclamação pela Internet...

Abrssss,
A Raguenet

Bem, neste caso tudo terminou bem.  Recebi o pacote sem problemas.  Mas outro pacote já entrou na condição de "Objeto ainda não chegou na unidade de destino".  E outro pacote, que eu pedi bem antes, está "liberado" há mais de 40 dias úteis.  Ou seja, uma zorra.

Conversei hoje com o pessoal da agência dos Correios que são meus conhecidos: falaram que é isso mesmo... má gestão, pouco pessoal, aumento da concorrência etc e tal.  E para piorar, parte do salário deles está sendo descontado para pagar o rombo da previdência do próprio Correio (o Postalis).  Rombo esse provocado por má gestão.

Argumentei com eles sobre a possibilidade de privatização.  Segundo eles, é uma questão difícil pois há rincões por este país que o Correio não dá lucro.  Ou seja, quem assumir tem que assumir tudo.  Verdade?  Mentira?  Fake news?  Só a história vai responder.

Abrsssss,
A Raguenet

Los posted:

Já.cotei.por transportadora..mas a M...e que tem que ter nota fiscal..enta e como não sou comerciante fico nas maos da incompetência do.governo....

No site.melhor envio.cota a.jadlog ...mas precisa de nota fiscal..

Tire uma nota fiscal avulsa. Vende em papelarias ou alguns estados disponibilizam um sistema via web para emissão para pessoas físicas.
No RJ tem.

Bom dia Colegas, vejam essa do correio, já dava a compra por perdida, até contatei o vendedor, 

essa estoria de 40 dias para entregar, virou quase 120 dias.

Objeto entregue ao destinatário
19/03/2018 09:40 SAO PAULO / SP
<form action="http://www2.correios.com.br/sistemas/rastreamento/newprint.cfm" id="frmprint" method="post" name="frmprint" target="_blank"></form>Imprimir
19/03/2018 
09:40 
<label>SAO PAULO / SP</label>
Objeto entregue ao destinatário 
19/03/2018 
07:12 
<label>SAO PAULO / SP</label>
Objeto saiu para entrega ao destinatário 
29/11/2017 
08:51 
CURITIBA / PR
Objeto encaminhado 
de CENTRO INTERNACIONAL em CURITIBA / PR para Unidade Operacional em Liberado sem imposto. Entrega 40d úteis / BR
22/11/2017 
14:08 
<label>CURITIBA / PR</label>
Objeto recebido pelos Correios do Brasil 
Acesse o ambiente Minhas Importações
22/09/2017 
18:00 
PAISES BAIXOS / 
Objeto encaminhado 
de País em PAISES BAIXOS / para País em BRASIL / BR
Stefanelli posted:

Essa é novidade pra mim:

”objeto nao localizado no fluxo postal”

RR954689631JP 

 

Recebi também esta atualização, dias depois um email dos correios dizendo que o pacote estava extraviado e que qualquer indenização deveria ser pedida pelo remetente. O email é do dia 13, hoje recebi uma nova atualização do sistema dizendo que saiu para a entrega. Vai entender...

 

Enquanto isso na Suécia...   

Cara uma vez eu fui lá quase tudo parecia um conto de fadas,quase perfeito.

Do OKB Grigorov não veio a única encomenda que fiquei chupando o dedo quando não tinhamos problemas com o correio, na época chovia reclamações desse cara nos fóruns.

Abs.

Stefanelli posted:

Essa é novidade pra mim:

”objeto nao localizado no fluxo postal”

RR954689631JP 

 

Minha encomenda está com essa exata mensagem desde 09/02/2018. Foi comprada em loja aqui no Brasil mesmo, para entrega via Sedex que deveria ter sido feita em 10/01/2018. Até hoje, a situação é essa: objeto não localizado no fluxo postal. Já abri reclamação junto à loja, e também até hoje nada.... nem retorno, nem posição, nem  nada. Ou seja: prejuízo certo.

OF029975193BR

Abraços

novo procedimento dos correios aqui  em Porto Alegre,dia sim dia não se der tem entrega domiciliar,motivo excesso de demanda e falta de funcionários,perspectiva de melhora,só Deus sabe,Feliz Páscoa.

pak43 posted:

novo procedimento dos correios aqui  em Porto Alegre,dia sim dia não se der tem entrega domiciliar,motivo excesso de demanda e falta de funcionários,perspectiva de melhora,só Deus sabe,Feliz Páscoa.

este dia sim dia não vai quebrar as pernas, imagina a demora para entregar? 

Marcio Bernardi posted:
pak43 posted:

novo procedimento dos correios aqui  em Porto Alegre,dia sim dia não se der tem entrega domiciliar,motivo excesso de demanda e falta de funcionários,perspectiva de melhora,só Deus sabe,Feliz Páscoa.

este dia sim dia não vai quebrar as pernas, imagina a demora para entregar? 

Calma...dia sim dia não é apenas para cartas. Para entrega de encomendas não teve alteração.

os carteiros a pé trazem encomendas leves também como decais ou outras coisinhas pequenas e ai é o mesmo tratamento,lembrem-se só sedex é prioritario.

Urubu-Rei posted:

Eu estou abismado de como a situação piorou de 5-6 anos para cá...

A situação começou a piorar exatamente em 2011, quando o PMDB foi retirado do comando político do Correio e o PT assumiu.

Em menos de 4 anos o PT simplesmente destruiu a empresa. E nos anos seguintes tem havido uma série de decisões gerenciais erradas por parte do partido do Kassab, que assumiu o comando político do Correio.

O PT congelou os concursos, as qualificações dos empregados, aumentou a quantidade de cargos comissionados para dar aos amigos políticos e quebrou a caixa de assistência e o plano de assistência médica.

Hoje a empresa tem menos 25000 empregados em relação a 2011, mas a quantidade de objetos para entregar aumentou em escala desproporcional. O que antes entre 3 e 5 carteiros distribuíam está para um carteiro fazer.

Os que estão trabalhando estão ficando doentes, fisica e emocionalmente e, por consequência, se afastando. É uma bola de neve cuja montanha está longe de terminar.

Não é culpa dos carteiros que as coisas não estão sendo entregues. Há falta de gente, como citei, além de falta de dinheiro para  fazer manutenção nos veículos, por exemplo. Há também falta de dinheiro e negligência para a manutenção das unidades. Tanto que houve três incêndios em unidades muito importantes nos últimos meses (acredita-se que sejam criminosos, para facilitar a privatização).

É um caminho sem volta a entrega em dias alternados. Não é necessária a entrega diária no endereço da pessoa. Ninguém aqui recebe coisas todos os dias com vencimentos diários. Também é um caminho sem volta algum tipo de privatização do setor de encomendas. Falo aqui no fórum desde que me cadastrei (lá no antigo, não nesse novo): para encomendas há trocentas alternativas. O problema é que o povo não quer pagar mais caro. Daí reclama do Correio porque alega não haver alternativa... pede que mandem decais via carta porque é mais barato... daí não chega e reclama.

O Correio é hoje uma empresa agonizando, com poucas perspectivas de melhora a curto prazo. O governo Dilma/Temer - PT retirou indevidamente mais de 6 bilhões de reais da empresa em cerca de dois anos, muito acima do que estabelece a lei. Não há empresa que se sustente com uma retirada desse tamanho e sem devolução. Talvez esse ano ainda vá capengando, pois é ano eleitoral. Só lá pela metade do ano que vem teremos uma real perspectiva do que será o futuro do Correio, devido ao novo governo que será eleito.

Aos que pedem privatização, lembrem-se que as empresas que comprarem as partes privatizadas do Correio (porque correspondências simples são dever constitucional da empresa, monopólio e tem de mudar a Constituição para privatizar essa área) só ficarão com os mercados que dão lucro. Ninguém vai entregar encomenda nos interiores ou em capitais de baixa renda, não se iludam. Essa é uma realidade triste do mercado. Quem aqui mora nos confins do país só tem o Correio como opção, porque as "fedex" da vida não vão, não é economicamente viável. As "fedex" da vida contratam o Correio para entregar nesses lugares... sabiam disso?

Também não adianta muito reclamar nas redes sociais nem nos órgãos dedicados a isso. Na verdade não há muito o que fazer... infelizmente. O que tem de fazer é guardar o comprovante de postagem para depois poder pedir ressarcimento DO VALOR DA POSTAGEM. Se quer o valor do objeto, tem de mandar com seguro - mas quem paga, não é mesmo? "É muito caro...". Para compras via internet, façam por sites que garantam a devolução do valor para depois não ter problema.

Eu também tive e tenho coisas paradas no fluxo, inclusive uma que passou por Indaiatuba e não sei que passou livre ou se queimou no incêndio... o fato de eu estar aqui dentro não me ajuda, porque a "crise" é para todos.

 

essa estrovenga de empresa se supera cada dia mais...

veja o status, de uma mercadoria que enviei para um colega de Porto Alegre/RS!

Felizmente, fiz o seguro, e pelo jeito, vou ter que acioná-lo! Não coloco mais nada nessa m...de "empresa" sem declarar seguro!....

PL508480669BR

Incluir Resposta

×
×
×
×
Link copied to your clipboard.
×