Esse tópico anda meio parado, não acham?A minha bancada no momento tá uma zona...

Eu tenho alguns kits pra terminar que eu penso em colocar no salão da APRJ no Tijuca em julho, mas pra variar, duvido que eu consiga terminar alguma coisa...

Pra complicar ainda mais, fiquei devendo a finalização do Avro CF-100 Canuck de GB de jatos dos anos 50 que já terminou... Este seria a minha estréia em GBs, mas devido a um susto com meu pai bem no comecinho do ano, as coisas desandaram um pouco, pois o emocional de todo mundo ficou abalado, mesmo depois dele voltar ao normal...

E, como se não bastasse, resolvi mexer em alguns navios por aqui...

R.N. Fiume 1/400 da Tauro Model (kitzinho meio complicado, vai levar m bom tempo e muita paciência)

Admiral Graf Spee 1/350 Edição de luxo da Academy, uma maravilha de kit, já bem adiantado...

King George V 1/350 da Tamiya, só faltando comprar mais alguns acessórios e canhões de metal pra começar...

Marat 1/350 da Zvezda... Comecei, mas tive que parar, pois resolvi que vou adiconar convés de madeira e um dificílimo e caríssimo PE que existe pra ele... O kit é excelente e vale o sacrifício...

E pra fechar com chave de ouro, o destróier The Sullivans da Trumpeter que, na verdade, será o USS Johnston, da Batalha do Golfo de Leyte, e do qual obtive ótimas informações aqui na Webkits...  As tintas e os canhões de metal eu já tenho, faltando alguns outros melhoramentos e PE...

A idéia é terminar tudo até o final do ano, mas é bem provável que o Marat fique para o ano que vem, bem como a conclusão do King George... Como ainda tenho que concluir as aeronaves pro salão, vou ficar bastante atarefado...   

Claro, vai depender também de ter grana pra comprar tudo, sem falar nas facadas prováveis da receita e dos lalaus do correio e da minha vizinha chata não me enchendo o saco...   

E como eu não tomo vergonha na cara mesmo, já estou à procura de mais navio ou blindado pra me ferrar de vez...   

Como podem ver, coisa pouca...   

Abração a todos.

Last edited by José Luiz Vieira

Estou com dois kits na bancada.

Um o Bf109G (Promodeller 1/72) que estou fazendo como parte do Gb hélices.

Mas para participar do GB efetivamente dei uma pausa na montagem do A1 Skyhawk (Airfix 1/72).

No mais tenho me contido e não tenho comprado mais nenhum kit.

Plastiabraços

Paulo

Este tópico está meio parado mesmo, além disso ninguém posta fotos!
 
Então atualizando minha última postagem, feita aqui há uns 3 meses:
 
Terminei um Autoblinda AB 40 no GB Italianos:
 
 
Na bancada:
Panzer IV D Tamiya no GB 08:
 
 
P40 Italeri no GB Italianos:
 
 
Em paralelo estou montando com calma um Panzer IV F Fahrgestell, em breve ou acabo com ele... ou ele acaba comigo:
 
t363
 
Estoque atual: 196

PlastiAbraços

Attachments

Images (1)

Xará, você esta uma maquina de montagem.

Estou retornando hoje de uns dias de viagens, verei o que começarei a concluir. Tenho uns blindados na bancada mais tarde posto as fotos.

E, parabéns por estas montagens estão ótimas!

Colegas,

Quem me dera estar no ritmo que eu desejaria... Por mais que eu monte também compro e o estoque fica praticamente na mesma

Por isto mesmo tenho evitado kits mais trabalhosos, conversões, resinas e afins, no máximo pego um em paralelo, como este Fahrgestell para fazer sem pressa, aqui um pouco mais adiantado:

t363b

Nem parece, mas só nesta parte inferior tem umas 400 peças

 Cledson, estava acompanhando teu Portuga lá em Militaria, coisa de louco!

E o resto do pessoal? Nada de fotos?

PlastiAbraços

Attachments

Images (1)
Last edited by Rubens

Rubens, 

Que barato esse seu trabalho, fico imaginando como vai ficar o restante deste trabalho.

Aqui em casa eu tô numa trabalheira só com esse leopard 2A6 Nl de Portugal e agora estou finalizando os para lamas frontais para postar as imagens no tópico de montagem e detalhamento dele. 

E aí rapaziada, como está sendo a montagem nessa quarentena?  

Nesse período tô a toda aqui na bancada e acho que até o final da quarentena já montei quase todo estoque 

Oi Cledson,

Caramba, nem lembrava mais deste tópico...

Como citei há mais de 3 anos, mantenho minhas coisas em caixas, quando vou montar pego, ao parar guardo, assim tudo sempre fica relativamente arrumado... Mas agora com a Pandemia, como quase ninguém vem aqui, confesso de estar mantendo o que uso com maior frequência, na mesa da sala:

IMG_20200515_135626

Atualmente estou montando dois modelos, ambos estão na foto acima:

GB 2020 - Char 2C - Meng - 1/35:
https://webkits.hoop.la/topic/625071373828022579

GB 13 - GMC Water Tank Truck - Italeri - 1/35
https://webkits.hoop.la/topic/628167767082471864

Em julho de 2017, eu tinha 196 kits 1/35, embora tenha montado uns 25, vendi alguns e comprei muitos, então agora meu estoque saltou para 255 

Meu estoque principal e secundário estão praticamente iguais, mas reservei uma prateleira para colocar modelos menores, como figuras e acessórios e parte de um armário que chamo de "Sim, talvez pode ser", mantenho ali repetidos, similares, substituídos e comprados por impulso 

Quanto aos montados, onde mantenho alguns modelos mais antigos e meus Die Cast já lotou e quase não tenho espaço nas prateleiras com meus kits mais recentes, então estou planejando remanejar todos ou parte dos Die Cast, para abrir espaço para os próximos 

E você? Cadê as fotos?

 PlastiAbraços

Attachments

Images (1)

255 kits

Acho que devo estar com  uns 70 kits e ainda acho que tenho muito

Agora estou concluindo a montagem de um Warrior da Academy, estou montando o kit direto da caixa. 

Xará você é um herói. 255
Não tenho nem ideia como seria ter esta quantidade, e caso tivesse teria que esta divorciado/separado/desquitado/viúvo e tudo mais, caso contrario seria arrebentado/espancado/ralado/esconchavado e tudo mais.

Abs.

Voltei para o hobby agora na quarentena. estava vindo pra casa somente no FDS por causa do trabalho, então estava difícil montar alguma coisa.

Estou terminando meu terceiro kit da quarentena, um SR-71. Tenho mais oito no estoque para montar. E faz quase 11 anos que não compro nenhum kit. Fiz um compromisso de só vou pensar em comprar algum quando eu tiver menos de 5 kits no estoque. De qualquer forma nem tem onde colocar se eu tiver muitos.

Reiniciei as montagens na quarentena e com o projeto de montar os aviões de caça da FAB desde a WWII.

Ja montei um P-47, um Super Tucano e dois AMX (1 Hobbyboss e outro Kinetic).

Estou iniciando um Mirage IIIEBR da Kinetic e tenho dois Gloster Meteor, um Mirage 2000 e a exceção A-4 da Marinha na fila.

bom, com essa quarentena fui pego desprevenido....  devia ter uns 6 ou 7 kits em estoque e meia duzia de kits de figuras (1/35).

 

preocupado, passei a revogar a "norma" de não gastar e procurar repor o estoque tanto de kits quanto tintas....

 

são 14 kits (naval /700 e militaria 1/35) mais uns 8 kits de figuras 1/35.

 

Dois kits 1/35 estão para chegar ("rolo" onde troquei modelos montados por kits na caixa) e no ultimo mês montei três NAes 1/720 sob encomenda e vou iniciar um na 1/400, o que me ocupou e vai me ocupar pelo menos até meados de junho.

 

Sigo olhando o que aparece de oportunidade e tenho me preocupado em obter tintas e outros insumos que certamente deverão faltar nos próximos meses (talvez só para 2021 volte a chegar por aqui e a preços proibitivos!)

 

hoje são:

9 Kits militaria 1/35 + 2 para chegar

4 kits navais 1/700 - 1/720

1 Kit naval 1/542

8 kits de figuras 1/35

 

Agora a prioridade é repor colas, displays (para os NAes) e algumas tintas, além de testar uma opção nacional de tintas.

 

Bom, acredito que tenho o bastante para um ano sem me preocupar (montando na média um kit por mês) pois até as coisas se estabilizarem vai demorar!

 

E na bancada vou bater a quilha hoje do Foch (convertido para o SP, sob encomenda).

 

 

e pensar que em 2014 cheguei a um pico de 50 kits "em estoque", com dois por mês na bancada e sempre negociando (comprando e vendendo, fazendo rolo e importando!!!!!) deixei partir uns kits que jamais verei de novo... rsrsrs

Durante a pandemia comecei e terminei o Churchill abaixo da Tamiya na 1/35.  Foi rápido e rasteiro.  Adicionei peças em PE da Eduard e um cano de alumínio.  Tinha tudo pronto antes da pandemia e quando esta chegou, já botei o bicho na bancada e toquei em frente.

Na real eu o comecei pois estava esperando secar a pintura do Dewoitine D.520 da Hasegawa na 1/72.  Explica-se: pintei o D.520 com tintas Xtracolor.  Como demoram para secar, no tempo vago fui tocando ficha no Churchill.  E agora, Churchill terminado e com o avião completamente pintado, hora de decalques e desgaste na pintura do D.520.

Para montar?  Vixi... muita coisa ainda.  Na real precisaria de umas 10 pandemias para montar tudo.

Abrssssss,
A Raguenet

20200503_22570920200503_22581320200503_22584520200503_22591320200503_22594120200503_23000420200503_23001420200503_23004020200503_23010020200515_21092420200515_21093620200515_210948

Attachments

Images (12)

Cledson e Xará,

Só para esclarecer, tenho uma planilha de controle dos meus 1/35 onde costumo considerar toda "embalagem" como sendo um kit. Ela serve tanto para poder selecionar o que pode ser combinado, quanto para não comprar nada similar repetido.

Por exemplo, aqui eu considero 4 kits:

IMG_20180808_215432

Tenho cerca de 40 acessórios ou conversões (como o PE e pneus acima), umas 45 figuras (como set Tamiya acima) e talvez uns 40 "sim talvez pode ser" (todos da foto).

Então considerando apenas modelos como o "Kubelwagen", tenho talvez só uns 135 

Não são poucos e ocupam espaço, mas como ainda cabem mais alguns, não tenho e problema algum em mante-los 

Conheço muita gente com números parecidos ou maiores, estranhamente nenhum postou nada aqui, ainda 

Aliás pessoal, cadê as fotos? Só eu posto minha bagunça?

PlastiAbraços

Attachments

Images (1)
@Rubens posted:

Conheço muita gente com números parecidos ou maiores, estranhamente nenhum postou nada aqui, ainda 

PlastiAbraços

Pega o número dos teus "apenas modelos como o Kubelwagen" e multiplica por 4,6.  É mais ou menos por aí.  Sem contar acessórios e figuras.  E olha que já vendi uns tantos.  Mas comprei outros tantos...

Abrsssss,
A Raguenet

@Rubens posted:

Cledson e Xará,

Só para esclarecer, tenho uma planilha de controle dos meus 1/35 onde costumo considerar toda "embalagem" como sendo um kit. Ela serve tanto para poder selecionar o que pode ser combinado, quanto para não comprar nada similar repetido.

Por exemplo, aqui eu considero 4 kits:

IMG_20180808_215432

Tenho cerca de 40 acessórios ou conversões (como o PE e pneus acima), umas 45 figuras (como set Tamiya acima) e talvez uns 40 "sim talvez pode ser" (todos da foto).

Então considerando apenas modelos como o "Kubelwagen", tenho talvez só uns 135 

Não são poucos e ocupam espaço, mas como ainda cabem mais alguns, não tenho e problema algum em mante-los 

Conheço muita gente com números parecidos ou maiores, estranhamente nenhum postou nada aqui, ainda 

Aliás pessoal, cadê as fotos? Só eu posto minha bagunça?

PlastiAbraços

Rubens,

faz tanto tempo que não posto fotos que desaprendi. Rsrs

Prezados, republicando um diagnóstico de algum tempo atrás:

 Após um balanço do número de kits acumulados (44), e do tempo que me resta antes de ser pego pelo Dr. Parkinson ou pelo Dr. Alzhemeir (estou com 55, e acho que ainda tenho 20 anos úteis), fiz uma conta rápida de meu projeto para o 2º semestre de 2020, assim que o correio permitir: 

 

TRUMPETER

TAMIYA

F4U-1D    (1/32)

$ 64,00

$ 150,00

Rodas e pneus

$  9,00

$   9,00

Porão das rodas

$ 24,00

--

Hélice e spinner

$ 18,00

--

Cockpit

$ 17,00

--

Carenagem do motor

$ 21,00

--

TOTAL

$153,00

$ 159,00

    

(preços em dólar na Sprue Brothers, sem envio ou taxação)

Acho que não vale a pena a essa trabalheira toda comprando um kit mais barato para obter um resultado inferior em relação aos kits da Tamiya, ou dos novos Hasegawas e Revell GB, fora as trocentas horas de mão de obra serrando e limpando a resina, adaptando no kit, sumindo com os “sinkholes”, ou fazendo o scribing e riveting; 

Por conta dessa interminável tarefa acabo desistindo e passando para outro projeto. Além de perfeccionista, sou muito pragmático, vou rifar o que tenho aqui de outras escalas, escolher kits mais caros, usar o mínimo de acessórios, e terminar mais kits.

 UMA COISA É MONTAR, OUTRA COISA É CONSERTAR.

Abraço.

 Fábio

Fábio,

Interessante é um Trumpeter com acessórios custar quase o mesmo que um Tamiya, em Militaria 1/35 não é bem assim.

Esta sua conta relativa ao estoque, depende de quantos modelos consegue terminar num dado período, no seu caso seriam 2,2 modelos por ano.

Geralmente kits melhores podem ser mais rápidos, assim com muito detalhamento tendem a demorar mais, afinal cada um tem seu ritmo e nível de exigência.

Como monto cerca de 10 modelos por ano e tenho uns 140, meu estoque acabaria em 14 anos.

Descontando acessórios, que eu tenha uns 180 kits, seria suficiente para 12 anos.

Considerando que devo aumentar talvez para 15, quando me aposentar, calculo
montar ainda uns 235 kits, se eu conseguir chegar aos 75 anos.

Devo ter tido mais de mil kits, fiz exatamente este tipo de conta e hoje tento me limitar num total geral (montados, na caixa e outros) entre 400 e 500, pois se passar muito disto, jamais terei todos montados.

PlastiAbraços

Concordo Rubens,

Refiz minhas perspectivas/projetos considerando que dos 44 kits que tenho, apenas 10 ou 12 se enquadram nesse perfil que vou adotar. O resto e boxmodelismo! 

Abraço.

Fábio

Incluir Resposta

×
×
×
×
Link copied to your clipboard.
×