Estou montando um P-51 D, tamiya, estou com duas dúvidas caso alguém possa me ajudar.

- Azul da versão:  as instruções da tamiya manda misturar duas tintas da tamiya, x-4 e xf-8, infelizmente não tenho nenhuma das duas comigo. Existe alguma outra fabricante que tem a versão pronta desta cor do petie2 ?

_ As instruções da tamiya diz para pintar o piso do cockpit com XF-10 tamiya que também não tenho, vi outras indicações para usar a gunze  43, não tenho nenhuma das duas. Pesquisando vi que muitos pintam o piso do p-51 D com o interior green, é correto? Posso pintar com interior green na ausência do tom de madeira indicado? Obrigado quem puder me ajudar.

Last edited by mirage
Original Post

Veja bem, há várias considerações a fazer. Primeiro, o “chão” propriamente dito da cabine do Mustang era a parte superior da asa, curva, pintada com o primer (yellow zinchromate) e sobre este uma camada de cor de interior habitável, como interior green, ou bronze green. Nos Mustangs com motor Allison o acabamento do interior da cabine era assim, com o chão sendo a parte superior da asa. Nos Merlin powered sobre essa superfície metálica foi criado um “sobrechão”, plano, de placas de madeira laminada fixadas, com buracos recortados para manche, alavancas, visualização de instrumentos instalados no “chão” original, etc. Essas placas de madeira, em cada fase da produção, em cada série e em cada planta fabril (Texas [NT], ou California[NA]) que produzisse Mustangs, acabaram ganhando acabamentos diferentes. Saíram da linha ora com a madeira natural envernizada (poucos), ora pintadas de interior green (vários), ou bronze green, ora pintadas de preto (grande número). E nada impedia que em campo, em manutenções, as placas fossem repintadas. Ocorre que o uso, botas de voo carregadas de areia, terra, poeira etc. passeando sobre a superfície pintada, arrancava rapidamente a pintura e o que se vê de fotos de Mustangs em operação é um interior de cabine com a área sob os pés dos pilotos desgastada em várias fases, a ponto de se ver a textura da madeira, nos casos mais intensos. Então, a não ser que você tenha uma foto que confirme a cor das placas de madeira do avião que v. decidiu representar pode livremente optar por um dos três acabamentos, tendo em mente a proporção em que apareceram.

Detalhe: Tamiya não tem P-51 Allison, logo, se B e D (Merlin) têm o famigerado sobrechão a Tamiya deveria fazer esse detalhe nos kits dela... mas não faz! Note que o chão da cabine é curvo. Se v. quiser que o avião se pareça mais com o real e tiver paciência precisa confeccionar um “chão de madeira”... fiz os meus de plasticard fino, ajustando até dar certo. Note que o chão da cabine dos Mustang Tamiya/ICM são curvos (corretamente), rebitados e cheios de detalhes... é a parte superior da asa, então precisam da chapa de madeira!

interior

Aqui a chapinha aplicada sobre o “chão” do kit:

interior2

Cor final, mostradores e placards, desgaste da madeira pintada, etc. tudo é para fazer de acordo com seu gosto! Minha ideia é ficar com algo no nível disso, vamos ver se dá...

p51dcockpit

Tony.

Attachments

Images (3)

Muito boa a explicação Expedito. Tomei a liberdade de salva-la para usar como futura referência,  pois resumiu muito bem a questão.

ArmouredSprue posted:

Excelente explanação. Gostei muito do detalhamento do chão da cabine que você fez.

Top! 

Calma que aquele trabalho finalizado não é meu, pretendo chegar lá, mas, sem trocadilho, ainda tem chão! Minhas são só as duas primeiras fotos, das chapinhas para simular o chão de madeira. Vão ainda decais de mostradores, placards, pintura de detalhes e o acabamento final da placa de madeira, na cor e com o desgaste que eu escolher. Quando terminar algum desses interiores posto uma foto (espero que fique bonito).

Last edited by tonythetiger

Sobre o azul, claro que se pode comprar tinta pronta, mas quando se trata de variantes muito especiais prefiro misturar minhas próprias cores. Pensaria em partir das indicações que há sobre os blue nose Mustangs, dando conta de ser a pintura do nariz feita com um azul médio, bem mais claro que o azul insignia. Escolheria um subtom a partir do electric medium blue FS35096:

FS35096

... um subtom 25% mais claro, por exemplo:

FS35096w25%

... que parece bastante semelhante a referências que se veem por aí de outros blue nose Mustangs, e um tanto mais claro do que a Tamiya sugere no seu kit:

cripes3rdccripes3rdb

Este, por exemplo, é um modelo feito a partir da novíssima caixa da Airfix para P-51D (filetless) 1/48, ilustrando um dos aviões do ás George Preddy.

Attachments

Images (4)

A model master tem essa cor própria, senão me engano se chama Bright Blue....tive esse kit, mas acabei vendendo e então acabei não comprando essa cor...

Last edited by AndréRM
AndréRM posted:

A model master tem essa cor própria, senão me engano se chama Bright Blue....tive esse kit, mas acabei vendendo e então acabei não comprando essa cor...

É outro FS, um pouco mais clara do que aquela que indiquei, mas, há várias interpretações do azul desses Mustang, FS 35183 é perfeitamente plausível... e já está pronta! Ótimo!

tonythetiger posted:
AndréRM posted:

A model master tem essa cor própria, senão me engano se chama Bright Blue....tive esse kit, mas acabei vendendo e então acabei não comprando essa cor...

É outro FS, um pouco mais clara do que aquela que indiquei, mas, há várias interpretações do azul desses Mustang, FS 35183 é perfeitamente plausível... e já está pronta! Ótimo!

Sim! De todos os azul que vi, este tom é o mais próximo possível, inclusive conversando com modelistas de fora, me afirmaram o mesmo!

tonythetiger posted:

Veja bem, há várias considerações a fazer. Primeiro, o “chão” propriamente dito da cabine do Mustang era a parte superior da asa, curva, pintada com o primer (yellow zinchromate) e sobre este uma camada de cor de interior habitável, como interior green, ou bronze green. Nos Mustangs com motor Allison o acabamento do interior da cabine era assim, com o chão sendo a parte superior da asa. Nos Merlin powered sobre essa superfície metálica foi criado um “sobrechão”, plano, de placas de madeira laminada fixadas, com buracos recortados para manche, alavancas, visualização de instrumentos instalados no “chão” original, etc. Essas placas de madeira, em cada fase da produção, em cada série e em cada planta fabril (Texas [NT], ou California[NA]) que produzisse Mustangs, acabaram ganhando acabamentos diferentes. Saíram da linha ora com a madeira natural envernizada (poucos), ora pintadas de interior green (vários), ou bronze green, ora pintadas de preto (grande número). E nada impedia que em campo, em manutenções, as placas fossem repintadas. Ocorre que o uso, botas de voo carregadas de areia, terra, poeira etc. passeando sobre a superfície pintada, arrancava rapidamente a pintura e o que se vê de fotos de Mustangs em operação é um interior de cabine com a área sob os pés dos pilotos desgastada em várias fases, a ponto de se ver a textura da madeira, nos casos mais intensos. Então, a não ser que você tenha uma foto que confirme a cor das placas de madeira do avião que v. decidiu representar pode livremente optar por um dos três acabamentos, tendo em mente a proporção em que apareceram.

Detalhe: Tamiya não tem P-51 Allison, logo, se B e D (Merlin) têm o famigerado sobrechão a Tamiya deveria fazer esse detalhe nos kits dela... mas não faz! Note que o chão da cabine é curvo. Se v. quiser que o avião se pareça mais com o real e tiver paciência precisa confeccionar um “chão de madeira”... fiz os meus de plasticard fino, ajustando até dar certo. Note que o chão da cabine dos Mustang Tamiya/ICM são curvos (corretamente), rebitados e cheios de detalhes... é a parte superior da asa, então precisam da chapa de madeira!

interior

Aqui a chapinha aplicada sobre o “chão” do kit:

interior2

Cor final, mostradores e placards, desgaste da madeira pintada, etc. tudo é para fazer de acordo com seu gosto! Minha ideia é ficar com algo no nível disso, vamos ver se dá...

p51dcockpit

Tony.

Acho que perdi alguma coisa. Tenho este kit - P-51D Tamiya - e o piso da peça que faz o cockpit me pareceu reto. Segundo o que está escrito acima, não estaria errado por ser pretensamente curvo?

Marcos

 

Obrigado pelas orientações, a pesquisa que fiz me fizeram a optar por pintar o piso com buff simulando o piso de madeira para em seguida pintar de preto como  constatei que existia orientação para no campo de batalha ser pintado de preto, em seguida retirei parte do preto fazendo transparecer o desgaste do preto e o aparecimento em determinados pontos do tom da madeira abaixo. Quanto a cor do azul acabei encontrando em lojas virtuais aqui no brasil e comprei as duas tintas que a tamiya indica para fazer a mistura, espero que  o resultado final seja um tom de azul satisfatório, obrigado a todos mais uma vez.

Razorback posted:
tonythetiger posted:

Veja bem, há várias considerações a fazer. Primeiro, o “chão” propriamente dito da cabine do Mustang era a parte superior da asa, curva, pintada com o primer (yellow zinchromate) e sobre este uma camada de cor de interior habitável, como interior green, ou bronze green. Nos Mustangs com motor Allison o acabamento do interior da cabine era assim, com o chão sendo a parte superior da asa. Nos Merlin powered sobre essa superfície metálica foi criado um “sobrechão”, plano, de placas de madeira laminada fixadas, com buracos recortados para manche, alavancas, visualização de instrumentos instalados no “chão” original, etc. Essas placas de madeira, em cada fase da produção, em cada série e em cada planta fabril (Texas [NT], ou California[NA]) que produzisse Mustangs, acabaram ganhando acabamentos diferentes. Saíram da linha ora com a madeira natural envernizada (poucos), ora pintadas de interior green (vários), ou bronze green, ora pintadas de preto (grande número). E nada impedia que em campo, em manutenções, as placas fossem repintadas. Ocorre que o uso, botas de voo carregadas de areia, terra, poeira etc. passeando sobre a superfície pintada, arrancava rapidamente a pintura e o que se vê de fotos de Mustangs em operação é um interior de cabine com a área sob os pés dos pilotos desgastada em várias fases, a ponto de se ver a textura da madeira, nos casos mais intensos. Então, a não ser que você tenha uma foto que confirme a cor das placas de madeira do avião que v. decidiu representar pode livremente optar por um dos três acabamentos, tendo em mente a proporção em que apareceram.

Detalhe: Tamiya não tem P-51 Allison, logo, se B e D (Merlin) têm o famigerado sobrechão a Tamiya deveria fazer esse detalhe nos kits dela... mas não faz! Note que o chão da cabine é curvo. Se v. quiser que o avião se pareça mais com o real e tiver paciência precisa confeccionar um “chão de madeira”... fiz os meus de plasticard fino, ajustando até dar certo. Note que o chão da cabine dos Mustang Tamiya/ICM são curvos (corretamente), rebitados e cheios de detalhes... é a parte superior da asa, então precisam da chapa de madeira!

interior

Aqui a chapinha aplicada sobre o “chão” do kit:

interior2

Cor final, mostradores e placards, desgaste da madeira pintada, etc. tudo é para fazer de acordo com seu gosto! Minha ideia é ficar com algo no nível disso, vamos ver se dá...

p51dcockpit

Tony.

Acho que perdi alguma coisa. Tenho este kit - P-51D Tamiya - e o piso da peça que faz o cockpit me pareceu reto. Segundo o que está escrito acima, não estaria errado por ser pretensamente curvo?

Marcos

 

Veja, o piso que Tamiya/ICM representam em suas cabines é o mesmo, tanto na versão B quanto na D: o piso metálico (tem rebites e detalhes típicos de metal), e deveria ser curvo, pois é a parte superior da asa, com a curvatura desta, da mesma maneira que um Curtiss P-40.

Para a versão B do P-51 essa representação está OK, na versão D, não. Nessa versão foi introduzido um piso de chapas de madeira, plano, com recortes em lugares específicos, e foi isso que tentei simular em plasticard.

Se v. for fazer um P-51B/C não precisa fazer esse trabalho, mas o piso da cabine deve aparecer curvo; se não estiver assim, na árvore, dê uma “ajudinha” na hora de montar. O plástico aceita e a história agradece!

Bom dia Tony

Obrigado pelos esclarecimentos. Vou prestar atenção nisso, pois o meu é um P-51D. 

Abraços

Marcos

 

Incluir Resposta

×
×
×
×
Link copied to your clipboard.
×