Eae pessoal, terminei de montar esse Tiger que estava parado ha um bom tempo na minha prateleira, como faz tempo q estou parado, queria a opinião dos senhores sobre:

- As marcas dos impactos (estão no tamanho correto? como fiz elas no olhometro queria a opinião de terceiros)

- Camuflagem, as mais interessantes são do front oeste, porem encontrei uma legal (Lithuania, final de 1944), gostaria de saber se posso fazer ele nesta camo sem problemas

Original Post

As mordidas que vc fez tem as bordas altas, já na foto do tanque as bordas são baixas.

Isto se dá pq a superficie é dura. Qndo vc faz as bordas mais altas a sensação é de que o metal é macio e deformou.

 

Mas, o caminho é este. Eu particularmente gosto de kit "mordido" e sujo...

 

Belo trabalho !

Acho que agora esta tudo certo pra pintura

 

 

Vou testar uma nova técnica de pintura nesse tiger, a técnica se chama black and white (preto e branco)

 

 

o passo a passo dela é esse:
1. posicione o modelo debaixo de uma lampada

2. tire fotos de todos os ângulos, estas fotos serão usados como referencia para a próxima etapa

3.imite as luzes e sombras com tons de cinza

4. quando for aplicar a cor ao modelo, a tinta deve estar muito bem diluída para formar apenas um filme transparente

 

Aqui um modelo pintado com essa técnica ("T-55 Enigma" 1/35 by JOSE LUIS LOPEZ.)

 

 

 

Essa técnica possibilita uma iluminação bem natural, mas ainda sim da um aspecto dramático ao modelo.

 

Por enquanto é isso, valeu pessoal!

 

 

 

Significa que um modelo pintado assim deve ser olhado  sempre sob o mesmo ponto de visão. Pode funcionar para um diorama dentro de uma caixa (e uma janela de vidro para olhar através), e assim mesmo o efeito não é lá essas coisas. 

 

É impossível imitar a luz e as respectivas sombras corretamente, em algo tão complexo quanto um modelo de tanque, cheio de protuberâncias, reentrâncias  e mais centenas de superfícies grandes e pequenas fazendo uma variedade absurda de ângulos diferentes. Cada um deles teria uma variação tonal própria, para a luz e para a sombra. É pura física.

 

Modelistas às vezes esquecem que depois de tentar imitar  estas variações com pintura, o modelo vai ser visto sob alguma fonte de luz. Luz de verdade, natural ou artificial, que vai gerar novas sombras e brilhos de verdade no modelo pintado, gerando uma mixórdia incoerente de efeitos, muito longe da realidade.

 

A única coisa que produz luz e sombra de verdade é...a boa e velha luz de verdade! NADA faz o serviço melhor do que ela.

 

Bridi, o que eu disse não é para cortar o seu barato. Se você curte fazer experimentações com tintas, vai em frente e divirta-se bastante. Só faça para si mesmo a seguinte pergunta: Um tanque de verdade é pintado assim?

 

 

Originally Posted by Carlos Chagas:

Significa que um modelo pintado assim deve ser olhado  sempre sob o mesmo ponto de visão. Pode funcionar para um diorama dentro de uma caixa......

.....A única coisa que produz luz e sombra de verdade é...a boa e velha luz de verdade! NADA faz o serviço melhor do que ela.....

....Bridi, o que eu disse não é para cortar o seu barato. Se você curte fazer experimentações com tintas, vai em frente e divirta-se bastante. Só faça para si mesmo a seguinte pergunta: Um tanque de verdade é pintado assim?

 

Concordo plenamente com o exposto.

Como experiência, teste de cores e texturas acredito de o resultado será fantástico! Gostaria de ver o resultado.

 

 

Incluir Resposta

Curtidas (2)
RMGfernando frota melzi
×
×
×
×