Boa noite pessoal, sou novo por aqui e estou montando o meu primeiro kit, se tratam dos dois navios que vêm em um único kit da Revell, HMS Ark Royal e HMS Eskimo (1 destroyer e 1 porta aviões).

Até agora a montagem havia sido tranquila, fui comprando o que foi necessário ao longo do caminho e pesquisando as técnicas conforme as dificuldades iam aparecendo, se havia algum produto que eu não tinha na minha cidade eu recorria a internet e logo encontrava o que procurava. 

Por ser o meu primeiro kit eu não pretendo comprar aerógrafo + compressor, é um valor alto, difícil de justificar, sem contar no barulho e outros problemas. O problema maior é que eu queria fazer um wash (para destacar detalhes nos navios) com tinta a óleo, eu li na internet que o mais interessante é pegar um verniz acrílico brilhante e passar e depois usar o wash de óleo com mineral spirits (aguarráz mineral). 

O negócio é que eu já comprei umas quatro latas diferentes de verniz spray que dizem ser acrílicos e nenhum funciona, sempre derrete o verniz nos testes que eu estou fazendo (estou testando nos aviõeszinhos que vieram no kit). Eu estou tentando fazer tudo certinho, chacoalhar bem os vernizes antes de passar, esperar 24 horas, fazer um wash bem corrido, limpar apenas depois de certo tempo, etc, mas nada funciona, é muito frustrante.

Os vernizes que eu já comprei: Verniz acrílico Molotow one4all, Verniz fixador Corfix, Verniz da Colorgin  e outro que me esqueci pois joguei a lata fora de raiva na hora. Enfim, já estou ficando sem aviões para testar e estou frustrado, queria terminar os meus kits e aplicar as as linhas nos navios (rigging) para poder colocar na prateleira, mas agora estou com medo de estragar a pintura de tudo.

Alguém usar verniz acrílico em spray e pode me dar uma luz? 

Atenciosamente Ratonces.

Original Post

Ratonces, bom dia.

 

Logo, algum dos membros que fazem Naval vai lhe dar orientações mais específicas.

 

Mas em minhas montagens de Militaria, fora a colocação de decais, jamais uso qualquer tipo de verniz. Lavo bem e deixo de molho numa bacia plástica, por algumas horas, as peças do kit com detergente e água. Retiro, lavo em água corrente e deixo secar, antes da montagem. Faço assim, há 39 anos e os kits montados continuam muito bem nas prateleiras e armários.

Não fazia, mas, atualmente, passei a montar e manipular as peças depois da lavagem, com luvas para procedimentos não cirúrgicos que você compra em caixas de 100 e, sabendo usar, duram bastante. Evitam engordurar e alterar a superfície das peças, complicando a pintura e o envelhecimento.

Na pintura, uso, em 90% do tempo, tintas acrílicas da Acrilex e Decorfix, nacionais e, na minha ótica, superiores às estrangeiras, não apenas em custo, mas, principalmente, em manuseio, cobertura e rendimento.

Também nunca usei tinta em spray, pois desde o aparecimento do aerógrafo, sempre tive um ao lado. É, ao lado do compressor, peça fundamental para uma boa montagem. Antes, gastava bastante comprando pincéis de pelo de marta. Mas, o aprendizado com pincéis serviu como experiência para as montagens de hoje, principalmente, com detalhes de interior de veículos.

Mas, como postei acima, faço Militaria. Naval tem algumas características que só quem monta sabe apontar e orientar.

 

A minha postagem não resolve a sua dificuldade, mas mostra que existem alternativas que podem ser muito mais confortáveis, baratas e bem menos frustrantes.

 

Ao terminar a sua montagem, abra um tópico no Espaço do Iniciante e ponha fotos do seu modelo para avaliação. É a forma mais correta, lógica, social e comunitária de crescer no hobby. Montar e esconder nunca agregou nada a quem quer que seja, principalmente, nesse caso, a você. A crítica honesta, pontual e bem exposta, e você vai ter isso aqui, vai lhe mostrar novos rumos no hobby, enriquecendo, como consequência, a sua vida e o seu ócio produtivo.

 

Grande abraço e que seja bem-vindo ao Fórum.

Bom dia Ratonces, seja bem vindo ao fórum.

Nesse caso específico, de protejer a pintura para a aplicação de tinta a óleo, eu uso o verniz acrílico brilhante a base d´agua da Acrilex no pincel mesmo. Diluo com um pouco de água, já que vem um pouco grosso demais, e aplico com pincel, depois que aplicar o verniz final, em spray, não ficará marcas do pincel.

na lista de vernizes que voce citou tinha um acrilico, os demais sao esmalte e nao servem.

mesmo usando verniz acrilico deve-se usar wash com aguarraz fraco, comigo o que funcionou foi o aguarraz da Suvinil baixo odor.  

Posso dar uma sugestão? Fiz assim e deu certo.

Por ser seu primeiro kit, por que não faz o wash com tinta acrílica (tamiya, acrilex, corfix etc...)? São mais fáceis de limpar e corrigir se não ficar do seu agrado.

Vai testando até você achar que ficou bom!

Quando estiver com a mão a mão afiada e dominando os tipos de materiais, faz com óleo.

 
Hélcio 2 posted:

Posso dar uma sugestão? Fiz assim e deu certo.

Por ser seu primeiro kit, por que não faz o wash com tinta acrílica (tamiya, acrilex, corfix etc...)? São mais fáceis de limpar e corrigir se não ficar do seu agrado.

Vai testando até você achar que ficou bom!

Quando estiver com a mão a mão afiada e dominando os tipos de materiais, faz com óleo.

 

acrilex e corfix tranquilo sao acrlicas a base de agua... tamiya nao, é poliester e nao vai ser facil tirar.

Vamos por partes...
 
Tudo depende do tipo de tinta que usou e como aplicou, antes de passar o verniz.
 
Como destacado pelo Artemius, convém limpar modelos impregnados com óleos ou gordura, antes de iniciar qualquer pintura.
 
Eu monto Militaria 1/35 e costumo usar tintas Acrílicas Acrilex ou Corfix foscas, depois de estarem secas (no mínimo 48 horas) aplico Washes e raramente tenho problemas de atacarem a pintura anterior.
 
Vejo pouca diferença em aplicar Washes sobre superfícies brilhantes ou foscas, então aplico sobre foscas mesmo.
 
Ainda que aplique um verniz como recomendado pelo Rogério77, não se pode exagerar nos diluentes, costumo aplicar Washes bem fracos e se necessário aplico outra camada.
 
Para Washes com tinta óleo uso aquelas Corfix em Bisnaga diluída em Ecosolv, com tinta acrílica uso Acrilex ou Corfix diluídas em água com alguns pingos de detergente, para manter a tensão superficial.  Betume de Judeia é outra opção interessante, mas costuma ficar brilhante, tem ainda um tal Aquabetume (Betume diluído em água) cujo efeito não chega nem próximo do outro, mas como fica fosco, serve para uma ou outra coisa.
 
Aquela técnica de "besuntar" o modelo, esperar um pouco e depois remover o excesso com cotonete embebido em diluente, raramente dá certo com pinturas no pincel ou afins, reserve para quando tiver aerógrafo, compressor, tintas e vernizes mais especializados.
 
E se depois de pronto o modelo ficar "brilhoso" demais, pode aplicar uma ou mais demãos bem diluídas de verniz fosco, seja o esbranquiçado Acrilex ou o transparente Corfix, ou ainda usar o Spray Nou-Colors, que fica realmente fosco, pois Spray Acrilex ou Corfix ficam meio acetinados.
 
Muito cuidado em usar Sprays, estou montando um Mercedes Benz e resolvi comprar um Spray Branco para dar melhor acabamento, sei lá qual diluente tinha, mas "derreteu" partes do modelo.
 
Sempre teste novas técnicas numa sobra ou sprue, antes de aplicar direto no kit.
 
PlastiAbraços

Boa noite pessoal, fico muito feliz por vocês terem ajudado. Vou tentar dar quote em todo mundo e ir respondendo aos posts individualmente:

artemius111 posted:

Ratonces, bom dia.

 

Logo, algum dos membros que fazem Naval vai lhe dar orientações mais específicas.

 

Mas em minhas montagens de Militaria, fora a colocação de decais, jamais uso qualquer tipo de verniz. Lavo bem e deixo de molho numa bacia plástica, por algumas horas, as peças do kit com detergente e água. Retiro, lavo em água corrente e deixo secar, antes da montagem. Faço assim, há 39 anos e os kits montados continuam muito bem nas prateleiras e armários.

Não fazia, mas, atualmente, passei a montar e manipular as peças depois da lavagem, com luvas para procedimentos não cirúrgicos que você compra em caixas de 100 e, sabendo usar, duram bastante. Evitam engordurar e alterar a superfície das peças, complicando a pintura e o envelhecimento.

Na pintura, uso, em 90% do tempo, tintas acrílicas da Acrilex e Decorfix, nacionais e, na minha ótica, superiores às estrangeiras, não apenas em custo, mas, principalmente, em manuseio, cobertura e rendimento.

Também nunca usei tinta em spray, pois desde o aparecimento do aerógrafo, sempre tive um ao lado. É, ao lado do compressor, peça fundamental para uma boa montagem. Antes, gastava bastante comprando pincéis de pelo de marta. Mas, o aprendizado com pincéis serviu como experiência para as montagens de hoje, principalmente, com detalhes de interior de veículos.

Mas, como postei acima, faço Militaria. Naval tem algumas características que só quem monta sabe apontar e orientar.

 

A minha postagem não resolve a sua dificuldade, mas mostra que existem alternativas que podem ser muito mais confortáveis, baratas e bem menos frustrantes.

 

Ao terminar a sua montagem, abra um tópico no Espaço do Iniciante e ponha fotos do seu modelo para avaliação. É a forma mais correta, lógica, social e comunitária de crescer no hobby. Montar e esconder nunca agregou nada a quem quer que seja, principalmente, nesse caso, a você. A crítica honesta, pontual e bem exposta, e você vai ter isso aqui, vai lhe mostrar novos rumos no hobby, enriquecendo, como consequência, a sua vida e o seu ócio produtivo.

 

Grande abraço e que seja bem-vindo ao Fórum.

Então, eu tenho curiosidade de como o pessoal da antiga faz para fazer o envelhecimento, pois até onde eu pude pesquisar a tinta acrílica acaba sendo corroída pela tinta óleo + solvente se eu for tentar fazer o wash/envelhecimento.

Eu estou usando as tintas acrílicas da acrilex, gostei bastante do resultado, só rola um pouco de dificuldade em acertar a mão no tom de cor que você quer, já que as cores de marcas de hobby já criam a mistura com a cor oficial do que você quer montar.

Aqui uma foto de todo o material que já comprei:

Parece pouco, mas gastei acho que uns 700 reais até agora, simplesmente por não saber o que comprar e ir comprando aos pouquinhos e pagando frete mais caro que os produtos certas vezes.

Por enquanto vou seguir usando o pincel mesmo, já que é meio difícil de eu achar um lugar para o compressor e por ser algo barulhento e grande que o pessoal vai fazer vista grossa.

Rogerio77 posted:

Bom dia Ratonces, seja bem vindo ao fórum.

Nesse caso específico, de protejer a pintura para a aplicação de tinta a óleo, eu uso o verniz acrílico brilhante a base d´agua da Acrilex no pincel mesmo. Diluo com um pouco de água, já que vem um pouco grosso demais, e aplico com pincel, depois que aplicar o verniz final, em spray, não ficará marcas do pincel.

Pois então, passei em uma loja de artesanato aqui da cidade e comprei um desses, só que da Corfix, passei em um avião aqui para testar, amanhã vou ver como se sai, obrigado pela dica! Por que será que não fazem desse negócio em spray?

anghinoni posted:

na lista de vernizes que voce citou tinha um acrilico, os demais sao esmalte e nao servem.

mesmo usando verniz acrilico deve-se usar wash com aguarraz fraco, comigo o que funcionou foi o aguarraz da Suvinil baixo odor.  

Sim, dos que citei apenas um diz ser a base d'água, porém estes da Corfix na composição dizem ser de "resina acrílica" e então eu imaginei que era a base d'água. Como você faz para saber se o verniz é acrílico a base d'água ou não?

Esse aguarrás que você mencionou eu não encontrei em latas menores, somente em latas grandes, você usa ele em latas grandes mesmo?

Hélcio 2 posted:

Posso dar uma sugestão? Fiz assim e deu certo.

Por ser seu primeiro kit, por que não faz o wash com tinta acrílica (tamiya, acrilex, corfix etc...)? São mais fáceis de limpar e corrigir se não ficar do seu agrado.

Vai testando até você achar que ficou bom!

Quando estiver com a mão a mão afiada e dominando os tipos de materiais, faz com óleo.

 

Pois é, eu até li a respeito dos washes com tinta acrílica, seria uma mão na roda pois eu já tinha todas as cores, mas fiquei com medo do resultado ficar ruim ou a tinta secar mais rápido do que eu consiga "limpar". Talvez valha a pena eu tentar se os próximos testes não derem certo. Obrigado pela dica!

Rubens posted:
Vamos por partes...
 
Tudo depende do tipo de tinta que usou e como aplicou, antes de passar o verniz.
 
Como destacado pelo Artemius, convém limpar modelos impregnados com óleos ou gordura, antes de iniciar qualquer pintura.
 
Eu monto Militaria 1/35 e costumo usar tintas Acrílicas Acrilex ou Corfix foscas, depois de estarem secas (no mínimo 48 horas) aplico Washes e raramente tenho problemas de atacarem a pintura anterior.
 
Vejo pouca diferença em aplicar Washes sobre superfícies brilhantes ou foscas, então aplico sobre foscas mesmo.
 
Ainda que aplique um verniz como recomendado pelo Rogério77, não se pode exagerar nos diluentes, costumo aplicar Washes bem fracos e se necessário aplico outra camada.
 
Para Washes com tinta óleo uso aquelas Corfix em Bisnaga diluída em Ecosolv, com tinta acrílica uso Acrilex ou Corfix diluídas em água com alguns pingos de detergente, para manter a tensão superficial.  Betume de Judeia é outra opção interessante, mas costuma ficar brilhante, tem ainda um tal Aquabetume (Betume diluído em água) cujo efeito não chega nem próximo do outro, mas como fica fosco, serve para uma ou outra coisa.
 
Aquela técnica de "besuntar" o modelo, esperar um pouco e depois remover o excesso com cotonete embebido em diluente, raramente dá certo com pinturas no pincel ou afins, reserve para quando tiver aerógrafo, compressor, tintas e vernizes mais especializados.
 
E se depois de pronto o modelo ficar "brilhoso" demais, pode aplicar uma ou mais demãos bem diluídas de verniz fosco, seja o esbranquiçado Acrilex ou o transparente Corfix, ou ainda usar o Spray Nou-Colors, que fica realmente fosco, pois Spray Acrilex ou Corfix ficam meio acetinados.
 
Muito cuidado em usar Sprays, estou montando um Mercedes Benz e resolvi comprar um Spray Branco para dar melhor acabamento, sei lá qual diluente tinha, mas "derreteu" partes do modelo.
 
Sempre teste novas técnicas numa sobra ou sprue, antes de aplicar direto no kit.
 
PlastiAbraços

Sim, perdão, acabei não descrevendo os detalhes da maneira certa. A minha pintura é acrílica, com tintas da Acrilex. Eu tentei limpar ele de poeira e gordura o máximo que pude, já que não podia passar um pano com água para não derreter a pintura, passei um pincel seco nele inteiro para "secar" e deixei os modelos secando por mais de uma semana em um local protegido. Sobre o verniz ser brilhante, eu li na internet que seu aplicasse sobre fosco eu não conseguiria "limpar" o excesso de tinta a óleo depois e acabaria com um modelo esfumaçado de preto.

Você poderia me passar o link dessa bisnaga, eu não consegui achar, parece interessante, ela já vem diluída? Não sei se entendi bem. Tenho medo de me arriscar com esses betumes.

Como você faz o wash sem besuntar o modelo e depois limpar? Faz somente no local exato de onde vai ficar o detalhamento? Eu já tenho um verniz fosco comprado da Corfix para passar, havia comprado ele antes achando que qualquer verniz servia para fazer o wash, só depois fui me inteirar de toda a técnica necessária para não dar tudo errado, ainda bem que resolvi testar tudo antes nos aviõezinhos do porta aviões.

 

                                             ------------------------------------------------

Seguem algumas fotos para ilustrar o estado atual dos modelos, depois que acabar vou postar no fórum ele finalizado:

Obrigado pela ajuda pessoal.

 

 

 

Meu caro Ratonces,

Boas vindas. Em primeiro lugar, os dois kits que vc mostrou acima ficaram muito bons, bem pintados.

A maioria de minhas montagens está concentrada em navios 1/700 ou 1/720, com algumas incursões em militaria 1/72 e 1/35.

Sobre sua consulta quanto a vernizes, cada modelista tem as suas preferências, aquelas com as quais cada um de nós consegue melhores resultados. No meu caso, depois de várias experiências fiquei com os acrílicos da AK. São um pouco mais caros, mas deixei de ter problemas assim que eu comecei a usá-los.

https://www.usinadoskits.com/p...teractive-pre-venda/

https://www.usinadoskits.com/p...k-interactive-60-ml/

https://www.usinadoskits.com/p...60ml-ak-interactive/

Em meus navios só uso esses vernizes quando preciso aplicar decals - verniz brilhante - amaciante de decals - decals - verniz brilhante (2ª mão) - verniz fosco, nessa ordem. Quase sempre uso decals apenas nas aeronaves embarcadas. No caso de outros usos, como marcações de convés de vôo em porta-aviões, sempre que possível pinto as mesmas em vez de usar decals.

Sobre wash, até hoje não usei esse recurso em meus navios. Uso apenas pigmentos de forma bem leve, para simular desgastes, levando em conta que eles são bem menos evidentes em um navio 1/700 do que em um blindado 1/35.

Como mencionei antes, essas são apenas as opções que eu utilizo. Certamente existem outras tão boas ou melhores. É questão de gosto pessoal.

De qualquer maneira vc já cumpriu a etapa mais importante - montar um kit. A prática trará com certeza a perfeição.

[  ]s

Ratonces,

A "bisnaga" é esta aqui, ela não vem diluída, eu uso com Ecosolv:
https://acrilex.com.br/produto.../oil-colors-classic/

Que eu saiba tem três tipos básicos de Wash:

1) Um banho bem diluído em quase todo modelo, que geralmente se aplica a qualquer tipo de kit.

2) Algo mais forte para preencher principalmente as reentrâncias dos detalhes e linhas dos painéis, com excessos removidos depois, este é mais usado em aviação, como na parte inferior, geralmente é clara, que sem nenhum tratamento fica muito monocromática.

3) Tem também o Pin Wash, com diluição média, se aplica principalmente em detalhes como por exemplo parafusos, bastante usado em Militaria.

Eu uso basicamente o primeiro e o terceiro, pois salvo raras exceções, não vejo muito sentido no segundo, para navios eu provavelmente faria o mesmo.

Para exemplificar melhor, de um modo bem resumido, este KV-5 teve sua parte inferior tratada, mas a parte superior foi apenas pintada, além das decais aplicadas, não está com tratamento algum:

kv534

kv533

Aqui após um Wash com tinta óleo escura, com enfase na traseira e escapes:

kv535

kv536

Agora um Wash enlameado com acrílicas, especialmente nas partes planas e baixas, como nos para lamas:

kv538

kv537

Fotos finais mais "caprichadas", repare no resultado da combinação dos efeitos:

kv541

kv542

 A montagem completa deste KV-5 pode ser vista aqui:
https://webkits.hoop.la/topic/gb-11-kv-5-takom-1-35

Tem vários outros kits em outros Group Builds, mas creio que este é um dos poucos onde o processo está mais claro.

Esta é minha receita básica atual, aplicando mais ou menos posso obter algo mais "sujo e velho" ou mais "novo e limpo", conforme o gosto de cada um 

Existem infinitas possibilidades de combinar esta e muitas outras técnicas, geralmente cada um se adapta melhor com umas ou outras, é questão de experimentar, o que funciona para você pode não funcionar para mim ou vice-versa.

Algumas possíveis variações:

Tentei fazer algo como um Wash tipo 2, não é um avião, mas quase:

v1

Este aqui é quase um navio, apliquei mais de um Wash em tonalidades diversas, para simular desgastes e escorridos:

seehund

Repare que são todos 1/35, para navios pequenos tipo 1/700 o efeito deve ser bem mais sutil devido à escala, como mencionou o PauloRS.

Caso algo não tenha ficado muito claro , fico à disposição para tentar esclarecer melhor.

PS: Estão muito bons estes seus modelos 

PlastiAbraços

eu sei se é verniz acrilico ou esmalte pesquisando a ficha tecnica :-) 
a base de agua ou solvente é so olhar as instrucoes de diluicao

 

 

Uma técnica diferente dentre as descritas acima: sempre fiz wash com tinta óleo de bisnaga sem ser diluída, direto da bisnaga, e nunca tive nenhum problema. Fácil de limpar, não ataca nada da pintura. Só demora para secar, mas como é praticamente a última etapa...

Bom dia pessoal. Desculpem a demora para voltar ao tópico. Eu finalmente consegui fazer o wash, fiz com o verniz a pincel que recomendaram aqui mesmo, passei umas 3 demãos + as demãos anteriores com outros vernizes.

O wash não "correu" para as frestinhas como se vê no youtube, testei ele bem diluído e pouco diluído, nenhum teve esse resultado. Também foi até bem difícil de tirar/limpar, eu esperei 1 ou 2 minutos seca para tirar o excesso e a tinta já não saía com o cotonete seco, tinha que molhar em mineral spirits. No final o wash mesmo, que era mais escuro ficou preso a poucas pares do kit, depois eu apliquei um efeito de ferrugem e dei uma limpada.

No destroyer mesmo com todas as camadas de verniz o solvente ainda conseguiu comer a tinta em uma parte, mas nada que tenha ficado muito feio, resolvi deixar a marca como demonstração das dificuldades para o meu eu do futuro. Seguem algumas fotos, e um link do album do IMGUR:

https://imgur.com/gallery/QLh3cfo

Foto da marca no destroyer:

 

Tenho agora que fazer o rigging/amarração dos mastros, comprei uma linha de 0,01mm da MIG Brasil mas achei fina demais, é mais fina que um fio de cabelo, pode até estar na escala mas fica difícil de ver no modelo e muito mais difícil ainda de colocar. Alguém tem alguma alternativa de linha que vocês usem nos modelos de vocês? 

Abraço pessoal.

 

Ratonces posted:

O wash não "correu" para as frestinhas como se vê no youtube, testei ele bem diluído e pouco diluído, nenhum teve esse resultado.

Não é questão de diluição, como alguém já disse acima você precisa quebrar a tensão superficial da água/solvente, ou seja, "afinar" a água para ela correr nas frestas. Para isso deve ir colocando algum tipo de detergente (normalmente de louça), um químico amigo meu me sugeriu usar algumas gotas de LUFTAL (remédio para gases) e funciona muito bem pois a função dele é a quebra da tensão superficial que gera as bolhas de gases.

Outra coisa que ajuda é dar uma umidecida na fresta antes de aplicar, com um pincel limpo e molhado porque ai a umidade puxa o wash em função das forças de adesão e coesão.

 

Ratonces,
 
Desculpe mas não entendi, como fez o wash com verniz a pincel?
 
Ou você aplicou verniz (brilhante?) e depois o wash (acrílica ou óleo?)?
 
De qualquer modo, na minha opinião, para um primeiro kit está sensacional, com alguma prática então...
 
Não monto destes navios pequenos há décadas, mas quando montava usava "stretched sprue" como rigging básico ou dependendo da escala, simplesmente não colocava... Melhor verificar com Paulo RS e outros colegas mais especializados em naval.
 
PlastiAbraços 
Petuco posted:
Ratonces posted:

O wash não "correu" para as frestinhas como se vê no youtube, testei ele bem diluído e pouco diluído, nenhum teve esse resultado.

Não é questão de diluição, como alguém já disse acima você precisa quebrar a tensão superficial da água/solvente, ou seja, "afinar" a água para ela correr nas frestas. Para isso deve ir colocando algum tipo de detergente (normalmente de louça), um químico amigo meu me sugeriu usar algumas gotas de LUFTAL (remédio para gases) e funciona muito bem pois a função dele é a quebra da tensão superficial que gera as bolhas de gases.

Outra coisa que ajuda é dar uma umidecida na fresta antes de aplicar, com um pincel limpo e molhado porque ai a umidade puxa o wash em função das forças de adesão e coesão.

 

Interessante, vou testar isso na próxima vez. Comprei um Bismarck da Flyhawk bem detalhadinho, bem caro, deve chegar em algumas semanas, vou tentar usar todas as dicas do pessoal e a experiência que eu ganhei nesse modelo para fazer ele melhor.

Rubens posted:
Ratonces,
 
Desculpe mas não entendi, como fez o wash com verniz a pincel?
 
Ou você aplicou verniz (brilhante?) e depois o wash (acrílica ou óleo?)?
 
De qualquer modo, na minha opinião, para um primeiro kit está sensacional, com alguma prática então...
 
Não monto destes navios pequenos há décadas, mas quando montava usava "stretched sprue" como rigging básico ou dependendo da escala, simplesmente não colocava... Melhor verificar com Paulo RS e outros colegas mais especializados em naval.
 
PlastiAbraços 

Eu apliquei umas três demãos de verniz brilhante com o pincel no intervalo de uns 2~3 dias (cuidei para dar as 24 horas de tempo para secar bem) e depois apliquei o wash com tinta a óleo. Testei ela diluída com Ecosolv em uma área dos navios e com Mineral Spirits em outra área, mas não cheguei a notar diferença, não lembro de cabeça qual produto eu estava usando quando comi um pouco da tinta do destroyer, mas isso foi na limpeza, com o cotonete umedecido com o solvente.

Adorei o seu tanque também, ficou um acabamento bem mais refinado, nos navios dá para se notar, especialmente nessas fotos bem de perto, as pinceladas e imperfeições, coisa que com a experiência de vocês e um aerógrafo eu noto que são bastante mitigadas.

Eu li sobre essa técnica de esticar o sprue, porém infelizmente na afobação de terminar o kit eu joguei fora os sprues que haviam sobrado. Eu encontrei um tópico antigo aqui do fórum onde o pessoal havia mencionado que dava para se usar linha de sutura, porém moro em cidade pequena e não tem nenhuma loja que venda produtos médicos, vou ter que comprar pela internet para testar. 

PlastiAbraços para você também.

Colega,

Acho que é mais questão de praticar, faço basicamente como você descreveu,  talvez apenas  diluindo mais o wash,  aplicado diretamente na pintura fosca, raramente preciso remover excessos.

Antes deste Flyhawk,eu recomendaria alguns kits mais simples e baratos para obter mais experiência, se não der muito certo parte para outro sem muito prejuízo 

Ou talvez algo maior, num tanque 1/35 a chance de algo dar muito errado é pequena, no máximo fica parecendo muito velho e sujo 

E basta jogar tudo na soda ou fluido de freio e recomeçar, perde no máximo as decais, já na 1/700, a chance de algo descolar ou quebrar é grande...

asclastiAbraços

 

Boa tarde pessoal. Com toda essa coisarada que está acontecendo acabei demorando um bom tempo para finalmente finalizar tudo. Seguem fotinhos do kit completo:

 

 

As linhas que eu usei no fim das contas foram as linhas para sutura 6-0 de Nylon, achei que elas são um pouco grossas demais para essa escala mas não ficaram ruins.

Quanto às bandeirinhas eu usei a técnica de colar elas em papel alumínio para ficarem mais 'durinhas' que vi em um vídeo do Youtube.

Por enquanto é isso. Assim que tiver um tempo livre eu posto o processo na seção Naval do forum. Abraços pessoal.

Incluir Resposta

×
×
×
×
Link copied to your clipboard.
×