Skip to main content

Originally Posted by oswaldo antonelli:
Originally Posted by Lucas:

Mal posso esperar para usá-lo!!

Mas tu vai fazer essa dancinha boiola também quando for usar??????

Oswaldo meu amigo, o lucas sempre faz isso aqui quando vai mexer com kits.

 

 

Vejam só com eu estou com falta de sorte, quem disse que eu acho onde está a maledeta da Nota Fiscal?

Posso apresentar alguma outra prova de compra no PROCON pessoal?

Como fazer nesse caso?

Não foi Nota Paulista, já olhe no sistema.

Originally Posted by Lucas:

Vejam só com eu estou com falta de sorte, quem disse que eu acho onde está a maledeta da Nota Fiscal?

Posso apresentar alguma outra prova de compra no PROCON pessoal?

Como fazer nesse caso?

Não foi Nota Paulista, já olhe no sistema.

 

Quem você vai denunciar ao Procon? A importadora?

 

Se for, basta qualquer comprovante da compra feita no Brasil.

Um e-mail, por exemplo.

 

Não precisa de nota fiscal. 

 

Consumidor só precisa provar a procedência do produto; provar que foi comprado na loja x ou y etc.

 

Havendo formas de fazer isso, não é necessária a nota fiscal.

 

Agora, quer uma opinião? Eu não perderia tempo com Procon. Iria direto ao JEC.

 

Abraço!

Last edited by Foks
Originally Posted by Foks:
 
Isso mesmo Foks, Vou acionar a importadora.
 

Quem você vai denunciar ao Procon? A importadora?

 

Se for, basta qualquer comprovante da compra feita no Brasil.

Um e-mail, por exemplo.

 

 

Originally Posted by Lucas:
Originally Posted by Foks:
 
Isso mesmo Foks, Vou acionar a importadora.
 

Quem você vai denunciar ao Procon? A importadora?

 

Se for, basta qualquer comprovante da compra feita no Brasil.

Um e-mail, por exemplo.

 

 

 

Vou te dar mais uma dica.

 

Não perca tempo com o Procon.

 

Vá ao JEC. Após finalizar o processo, aí sim, você procura o Procon para o que for cabível administrativamente. 

 

Não sei se contará com advogado, mas caso positivo, ele pode, já na ação, pedir ao juiz que se oficie o Procon.

 

Judicialmente, bastarão os e-mails trocados com a loja da WK para comprovar que a compra foi feita no Brasil e, com isso, acionar a importadora.

 

Boa sorte!

Originally Posted by Foks:
Originally Posted by Lucas:
Originally Posted by Foks:
 
Isso mesmo Foks, Vou acionar a importadora.
 

Quem você vai denunciar ao Procon? A importadora?

 

Se for, basta qualquer comprovante da compra feita no Brasil.

Um e-mail, por exemplo.

 

 

 

Vou te dar mais uma dica.

 

Não perca tempo com o Procon.

 

Vá ao JEC. Após finalizar o processo, aí sim, você procura o Procon para o que for cabível administrativamente. 

 

Não sei se contará com advogado, mas caso positivo, ele pode, já na ação, pedir ao juiz que se oficie o Procon.

 

Judicialmente, bastarão os e-mails trocados com a loja da WK para comprovar que a compra foi feita no Brasil e, com isso, acionar a importadora.

 

Boa sorte!

Perfeito!

Vou pegar todos os emails e vou ao JEC.

Obrigado pela ajuda!

Originally Posted by Los:

Lucas,

depois tens como me enviar por pvt o que foi preciso pois vou pelo mesmo caminho...

 

Nao consigo resolver amigavelmente...

 

abracos

 

Basta ir ao JEC de sua cidade, ou, caso não tenha, o da cidade mais próxima.

 

- Leve cópias simples do seu RG e CPF.

 

-Caso possua a nota fiscal do produto, leve cópia simples.

Se por acaso não tiver a nota, terá que proceder com outra forma de provar a compra no Brasil. Basta um e-mail trocado com o vendedor.

 

-Leve cópias de eventuais e-mails trocados com a importadora, vendedores etc.

 

No JEC, o funcionário fará a petição.

 

Explique detalhadamente a situação e EXIJA que o funcionário faça o relato de forma satisfatória e condizente.

 

Ignore qualquer comentário do funcionário sobre "isso não importa" ou "está bom assim já". 

 

Exija que ele coloque na petição todos os detalhes, desde as tentativas de contato com assistência técnica, vendedores e, por final, importador.

 

 

Boa sorte!

Originally Posted by Los:

Lucas,

depois tens como me enviar por pvt o que foi preciso pois vou pelo mesmo caminho...

 

Nao consigo resolver amigavelmente...

 

abracos

 

Pode deixar, estou pensando em até fazer uma matéria no Blog relatando o caso. Vamos ver.

Qualquer coisa me envie um e-mail.

lucas[@]spruemaster.com


Pessoal só esclarecendo uma coisa,

 

O artigo que estou pensando em fazer é mais sobre a qualidade dos produtos mesmo, pois nem sempre o produto mais barato pode ser o melhor.

O artigo que pretendo escrever é mais no sentido dos cuidados que devemos tomar quando compramos um produto feito lá por aquelas bandas. Especialmente quanto a assistencia técnica, peças, etc

Existem excelente empresas chinesas, assim como existem as picaretas. É mais nesse sentido, de mostrar o que fazer, o problema com o compressor vou usar como exemplo, mas não citarei, nomes, marcas etc.


Infelizmente a importadora precisa se precaver.

 

Muita gente importa produtos chineses e assume o risco.

 

Não sei qual é o caso dessa importadora, mas, a única forma correta de ação seria a oferta de um novo produto ao consumidor.

 

Lucas,

 

Tente notificar a importadora antes de entrar com a ação. Pesando os custos que terão com advogado e processo, além da quase certa condenação, eu acredito que eles entrem em contato com a loja da WK para fazer a devolução do dinheiro.

 

Além disso, seu site é conhecido e bastante visualizado. Seu post pode decretar o fim destes compressores por aqui.

 

A loja devolve o seu dinheiro e a importadora devolve o dinheiro para o lojista ou troca o produto.

Last edited by Foks

Pois é Foks, acho que não pesaram isso, aliás nem havia pensado por esse lado, e é verdade, poderei decretar a morte desses compressoresaqui nas terras tupiniquins. Juro que não gostaria de ter de chegar a esse ponto.

Mas eles como lojistas/importadores tem de saber suas responsabilidades e tudo o mais, vou contar um caso que acontece comigo.

Comprei um helicóptero de controle remoto em uma loja nos USA, mesmo pagando impostos e tudo o mais ele me custou 1/3 do valor que custaria aqui.

Pois bem, ele veio com uma pequena engrenagem quebrada. Entrei em contato com o fabricante para pedir a garantia. Eles me disseram que não podiam me enviar a peça pois eu hão havia feito a compra com o representante deles aqui no Brasil, coisa bem complicada.

Peguei o email deles e enviei para a loja que comprei e pedi para eles ao menos me darem um desconto em uma nova peça, uma vez que a garantia do fabricante não cobria o envio da peça para cá.

O loja simplesmente disse que não seria necessário descolto algum e me enviou a peça no mesmo dia.  Pronto assunto resolvido, e o que houve? comprei nessa loja várias outras vezes e recomendo para todos os meus amigos, aliás lá tem algumas coisas de plasti.  O Link é esse aqui: http://www.amain.com/

Um exemplo no Brasil, comprei uma lente macro para minha máquina fotográfica e juntamente com ela comprei um filtro UV, como eu havia pago uma pequena fortuna pela lente, economizei um pouco no filtro e comprei um mais em conta.

Quando recebi o pacote havia a lente e um filtro dos melhores do mercado, e claro mais caro. Mais que depressa entrei em contato com a loja comuniquei o erro e me propus a pagar a diferença do valor, afinal aquilo certamente seria descontado de alguém, a loja simplesmente me respondeu que não seria necessário, pois eu havia comprado uma lente muito boa e que merecia o melhor filtro, por isso me enviaram ele.

São atitudes simples assim que nos fazem ganhar confiança nos lojistas, pena que aqui no Brasil, pouquíssimos conseguem pensar desta forma, e o custo por agir assim é infinitamente menor que o prejuízo causado por um cliente insatisfeito.

Acabei de comunicar o importador.



Caramba Lucas, que curiosa essa atitude do fabricante nos EUA.

 

Eles não costumam agir assim. Felizmente a loja foi super honesta.

 

Essa da câmera é de se duvidar que aconteceu no Brasil. 

 

Por experiência, posso dizer que os donos de empresa encaram o CDC como seu maior inimigo.

 

É muito difícil convencer que eles podem (e devem!) usar o código como um guia de conduta e que, assim, aumentarão suas vendas e o valor do nome da empresa.

 

O CDC, com boa orientação jurídica, vira vantagem competitiva para uma empresa.

 

Acredite: O consumidor se dispõe a pagar um pouco mais caro para um bom atendimento, não só de balcão, mas principalmente, de pós venda.

 

 

 

Last edited by Foks
Pois é, principalmente porque a garantia se estende a produtos comprados nos USA.  Eles simplesmente não disseram o porque não enviavam, mas eu deduzi que provavelmente devido ao contrato com o representante deles aqui no Brasil. As empresas em questão são a Horizon Hobby (USA) e a Diniz Estevez (aqui no Brasil) certamente eles devem ter algo no contrato de exclusividade.

A atitude da loja foi excelente.

Essa do Brasil realmente me impressionou, até guardei os emails que troquei com eles srsrs
 
 
Originally Posted by Foks:

Caramba Lucas, que curiosa essa atitude do fabricante nos EUA.

 

Eles não costumam agir assim. Felizmente a loja foi super honesta.

 

 

Humm lendo este tópico  vi que terei serias dores de cabeça  pensava em comprar um mini com reservatório pois moro Em Nova Petrópolis  e tenho a empresa em Caxias ,passo a semana  lá  e tinha  ideia de ter um compressor por lá também em casa tenho um Manzara  10 anos de uso (ótimo) única manutenção a ser  feita nele será trocar  o reservatório já desgastado internamente e apresentou um furo.  Vou  ver se o Lucio me faz mais um Manzara  será o jeito.

Tenho um microjet C- jet desde 2011 e posso garantir que é espetacular! Bem construído e bem acabado.

 

Sem falar que o Pedrão é super atencioso! Sempre que precisei tirar alguma dúvida ou comprar mangueiras ou outros acessórios para o compressor tive atendimento nota 10

 

Fica a dica para quem quer trocar ou não tem um compressor ainda.

 

abrs

Last edited by alexandre ce
Originally Posted by JeanFabricio:

É... às vezes o "barato" ou "na amizade" sai caro.

 

Nada como comprar um nacional mesmo, Schulz ou similar, e ser feliz!

Ou montar um de geladeira, tupiniquim mesmo, com motor Embraco e "tals".

 

 

bom dia Jean,

no meu caso nao foi amizade ou barato que sai caro,ate pq nao foi barato,pelo menos para mim.Comprei-o por diversos fatos,como pronto atendimento(o compressor chegou rapido),dispondilidade de meu espaco e confiando no logo da WK,pois de wimpel so conhecia o aerografo.Evidentemente eu preferiria e agora vejo que nao tem mais jeito,vou procurar um de compressor de geladeira.O que me deixa desolado foi o atendimento pos-venda em si.A wimpel caga e anda para os emails e telefonemas.Apenas consegui um contato na lojinha da WK em que me orientaram para tentar achar o defeio.Conseguindo isso eu nao consigo mais o contato,via lojinha.

Ainda nao sei o que fazer ,mas nunca mais uma bomba destas!!!

Last edited by Los
Originally Posted by Los:
Originally Posted by JeanFabricio:

É... às vezes o "barato" ou "na amizade" sai caro.

 

Nada como comprar um nacional mesmo, Schulz ou similar, e ser feliz!

Ou montar um de geladeira, tupiniquim mesmo, com motor Embraco e "tals".

 

 

bom dia Jean,

no meu caso nao foi amizade ou barato que sai caro,ate pq nao foi barato,pelo menos para mim.Comprei-o por diversos fatos,como pronto atendimento(o compressor chegou rapido),dispondilidade de meu espaco e confiando no logo da WK,pois de wimpel so conhecia o aerografo.Evidentemente eu preferiria e agora vejo que nao tem mais jeito,vou procurar um de compressor de geladeira.O que me deixa desolado foi o atendimento pos-venda em si.A wimpel caga e anda para os emails e telefonemas.Apenas consegui um contato na lojinha da WK em que me orientaram para tentar achar o defeio.Conseguindo isso eu nao consigo mais o contato,via lojinha.

Ainda nao sei o que fazer ,mas nunca mais uma bomba destas!!!

 

Bem vindo ao "clube" meu amigo...

Eu não recomendarei esses produtos pra mais ninguém!