Skip to main content

Pessoal,

A grande dificuldade na obtenção das mais variadas marcas de tintas estrangeiras, para mim é o grande entrave no bom desenvolvimento do hobby. Quanto ao resto dos itens/ferramental utilizados no plastimodelismo, já não vejo maiores problemas em obtê-los. Mas tintas e afins, em especial os inflamáveis, só via marítima. É demorado demais.

Alguma dica?

Agradeço por sugestões

Original Post

Meu caro,

Cada um tem as suas preferidas e no meu caso são as acrílicas Tamiya no aerógrafo e Vallejo Model Color no pincel.

No caso das Tamiya meus principais fornecedores estão no eBay. Tem excelentes vendedores em Taiwan, Hong Kong e adjacências, com bons preços e frete grátis. No meu caso são a melhor opção, desde que não exista pressa na obtenção. A covid-19 esculhambou essa alternativa, mas em breve as coisas devem voltar ao normal.

Opcionalmente, havendo pressa, tem muita coisa no Mercado Livre, na loja da Tamiya aqui no Brasil e nas lojas online brasileiras de modelismo.

Não costumo usar, mas as tintas da Gunze, excelentes, tb podem ser encontradas nas lojas de modelismo aqui no Brasil.

Uso as mesmas alternativas para as Vallejo, mas elas são um pouco mais difíceis de conseguir. Como só uso no pincel, elas duram muito e a necessidade de reposição é bem menor do que no caso das Tamiya.

Tem colegas que se dão muito bem com as Acrilex nacionais e o uso das mesmas já foi discutido diversas vezes nesse fórum. É questão de gosto.

[  ]s

Last edited by paulors

Das nacionais, uma das fáceis de encontrar atualmente é a Tom Colors.

http://www.tomcolors.com.br/

Das enamels nacionais testei e gostei da War Scenic, que tem uma boa palheta e ótima cobertura:

http://warscenic.com.br/wp/about/

Outra alternativa das estrangeiras são as enamels da Arcus, que têm um único importador:

Hangar Representações
Tel: (21) 972313110(Whatsapp)
e-mail: representacoes.hangar@gmail.com

Todas essas têm cheiro forte.

Quanto às acrílicas, as alternativas são a Hobbycores e a Acrilex. Não uso, e não sei informações.

Quanto às tradicionais (Tamiya, Humbrol etc.), não tem jeito, se quer comprar no Brasil, deve-se procurar em vários lugares e pagar caro.

 

Attachments

Last edited by Staffa

Sugiro as tintas Hataka também. Tenho usado tanto as acrílicas como as em esmalte com ótimos resultados. Lembram um pouco as da Gunze. Praticamente todas as que tenho recebi pelo Correio. É só não exagerar na quantidade quando pedir no site (3 ou 4 sets no máximo). Fica mais caro? Sim, mas este é o preço às vezes para ter produtos de qualidade por aqui. Um ou outro pacote também já voltou, por ser "produto perigoso" (rs). Felizmente, fui reembolsado depois de algum tempo, exceto o frete. Mas o pedido seguinte igual passou.

http://hataka-hobby.com/

E para prestigiar as marcas nacionais, se Você não tem problema em usar Duco, tem as tintas produzidas pelo Paulo Rago (p.rago@hotmail.com). Ele mistura o FS que Você quiser e entrega rápido.

Abs, Ivan

Last edited by Ivan P

A todos vocês aí de cima, agradeço pelos comentários abrangentes e objetivos, cada qual versando sobre suas preferências. Como já esperava, o problema está na demora para a chegada das adquiridas no exterior. Como não utilizo os esmaltes, apenas as acrílicas da Tamiya, me veio a dúvida: estas são inflamáveis?  Caso contrário, isto deveria constar das embalagens, e portanto sem restrições ao frete aéreo. Neste caso, ainda corro o risco da interpretação pelo pessoal das alfândegas/correios como sendo "produto perigoso"? Soma-se à demora nas importações, a da entrega pelos Correios (pandemia). Tenho tintas (caras) compradas há um mês no Mercado Livre (fretes caros), que ainda não chegaram!!!  Quanto ao e-Bay, nunca usei, mas submetem-se ao regime de importações, não?

Mais uma vez, agradeço pelos comentários e sugestões.

Abraço a todos,

Flores

P.S.: Acho que o mais velho destes hobbistas. 😂😂😂😂

No meu caso as Tamiya encomendadas no exterior tem passado sem problema pela inspeção. Algumas vezes vão para a Anvisa mas nunca criaram problema. Costumo encomendar no máximo seis unidades de cada vez.

O eBay é apenas um instrumento e vc deve observar as regras especificadas por cada vendedor. Cada caso é um caso. No final todos caem na vala comum láem Curitiba ou em algum outro ponto de entrada no Brasil.

[  ]s

@amflores posted:

Pessoal,

A grande dificuldade na obtenção das mais variadas marcas de tintas estrangeiras, para mim é o grande entrave no bom desenvolvimento do hobby. Quanto ao resto dos itens/ferramental utilizados no plastimodelismo, já não vejo maiores problemas em obtê-los. Mas tintas e afins, em especial os inflamáveis, só via marítima. É demorado demais.

Alguma dica?

Agradeço por sugestões

Como o Paulo, alertou na sua postagem, a tinta Acrilex, além de nacional, é encontrada em qualquer esquina, por um preço ridículo, ante as tintas estrangeiras, cotadas em dólar e mini potinhos.

Tenho tintas da Tamiya, Vallejo, AK, Revell, Testor, mas as uso com pincel, bem pontuais. Todas as minhas montagens nos últimos anos são feitas com Acrilex e Decorfix que vou modificando e acertando, de acordo com as necessidades da montagem ou do que penso ser correto.

A Acrilex tem uma linha de produtos que poucos fabricantes no mundo tem semelhante, é a maior fabricante da América Latina, são produtos atóxicos, se você beber, claro que não, vem em potes de 37ml ou até mais, que diluídos, rendem o quase o dobro, sendo ótimos para as nossas necessidades. 

Também tenho experimentado uma grande durabilidade deles, desde que não expostos à luz, calor e ambiente com grandes variações de temperatura. O de sempre com produtos portadores de pigmentos.

Cansei de ser explorado por fabricantes que colocam suas tintas dentro de potinhos ou latinhas, já diluidas e que mal você cobre 2-3 kits. Em alguns casos, somem do interior do pote mesmo bem fechado, como um Wet Effects, da Mig , que já está quase no fim, mesmo eu tendo usado, umas 4-5 vezes, com pincel 00...

Quanto a pigmentos, uso da Parabellum, de um membro do fórum, muito bons e descobri uma outra linha de pigmentos nacionais especializados, Pintkor, não muito baratos, pois são para pintura em tela, mas que vem em potes de 55ml. São excelentes também.

Assim, continuo montando, sem estresse, a não ser quando os correios criam os seus desatinos...

Abs.

Ps.: não tenho nenhuma relação, profissional ou pessoal, com a Acrilex e Decorfix. Apenas me dei bem com os produtos deles. E gasto meu dinheiro com kits...

@paulors posted:

Meu caro,

Cada um tem as suas preferidas e no meu caso são as acrílicas Tamiya no aerógrafo e Vallejo Model Color no pincel.

Opcionalmente, havendo pressa, tem muita coisa no Mercado Livre, na loja da Tamiya aqui no Brasil e nas lojas online brasileiras de modelismo.

 

 

Compro muita coisa pelo ML, inclusive tintas. O que ocorre é a dificuldade de encontrar as cores que preciso, sem falar na demora para receber o produto. Tenho duas Tamiyas compradas há um mes, e ainda não as recebi (culpa do COVID). Os correios não estavam preparados para a "explosão" das compras pela web. Este mundo vai mudar brutal e rapidamente consequência da pandemia. Exs. O q acontecerá com tipos de lojas físicas em shoppings? Os próprios shoppings terão que repensar seus negócios. Viagens a trabalho: Com os aplicativos tipo Zoom, muitas se tornarão desnecessárias, com reflexos nas cias de aviação, hotéis, etc..  e por ai vamos.

[ ]s

Flores

 

Não é o meu caso, mas na minha opinião quem monta Militaria 1/35  e aviação na escala 1/48 e maiores o   grande entrave no momento é o preço dos kits e o frete,já que há escassez de voos. Tintas como já foi descrito pelos colegas é uma questão de adaptação,quando monto militaria alemão com ou sem camuflagem,eu mesmo faço minhas quimicas com suvinil,demora um pouco para secar mas não tenho pressa,de vez em quando uso acrilex e quando monto algo com cor prata  vou de automotiva,tenho uns sets de pintura da AK,estão no fim  mas resolvi não comprar mais vou fazendo minha quimica no olho suvinil,acrilex e não fica tão ruim.

Flores,

Há outros lugares para comprar as tintas Tamiya por um preço menos extorsivo do que no ML. No ML só compensa se se tem frete grátis ou reduzido.

Procure na Special Forces, Ricelomshop ou na página da própria Tamiya Brasil.

A Ricelom está com um bom estoque no momento.

Outra opção de boas acrílicas mais perto de você, que ajuda no frete:

https://www.ammobrasil.com.br/

 

Last edited by Staffa
@amflores posted:

Artemius,

Interessante e válidas suas colocações. 

Confesso que nunca usei as Acrilex. São boas para aerógrafos?

Não custa experimentar.

Valeu!

[ ]s,

Flores

Eu não uso Acrilex ou Decorfix no pincel, apenas em aerógrafo. Em pincel, só as estrangeiras que ainda tenho, ou as óleo Winsor & Newton, que estão acabando e já passei a usar as tintas óleo da Corfix. São muito boas, baratas e com boa variedade.

O que os plastimodelistas mais reclamam, quanto a Acrilex, é acertar o ponto de diluição, aquele chamado "ponto de leite".

Assim, para você usufruir dessa tinta tem que fazer experiencias, que não são poucas. Mas, como pode-se comprar um pote de 35 ml por 4-5 reais, não dólar, e usar água da torneira, destilada ou Vidrex, experimentar sai muito barato.

Baixe uma tabela de cores e seus constituintes, e mãos à obra.

Faça as misturas que quiser, apenas vá registrando as quantidades envolvidas. Tenha à mão potes para receber as novas misturas e após encontrá-las, na diluição adequada, filtre-as com Perfex para dentro de vidros ou potes, rotule e está pronto.

Lembre-se que é interessante sempre que usar acrílicas, lavar o aerógrafo com água ou Vidrex para mantê-lo livre de alguma borra que pode formar durante períodos muito longos de aplicação. Eu, ao final de uma sessão de pintura, desmonto o aerógrafo, limpo as peças e, em alguns casos, deixo de molho em Vidrex.

Se conseguir se acertar com a Acrilex, podes comprar potes de 250ml de preto fosco, preto brilhante e branco por algo ao redor de R$25,00 cada, em média, para fazer misturas mais baratas ainda.

Mas, friso novamente, tem que fazer experiências para pegar a mão da danada. Quando isso ocorre, pode-se fazer a diluição até dentro do pote do aerógrafo...

Espero ter contribuído.

Abs. e uma boa semana para nós e nossas famílias.

@artemius111 posted:

Eu não uso Acrilex ou Decorfix no pincel, apenas em aerógrafo. Em pincel, só as estrangeiras que ainda tenho, ou as óleo Winsor & Newton, que estão acabando e já passei a usar as tintas óleo da Corfix. São muito boas, baratas e com boa variedade.

O que os plastimodelistas mais reclamam, quanto a Acrilex, é acertar o ponto de diluição, aquele chamado "ponto de leite".

Assim, para você usufruir dessa tinta tem que fazer experiencias, que não são poucas. Mas, como pode-se comprar um pote de 35 ml por 4-5 reais, não dólar, e usar água da torneira, destilada ou Vidrex, experimentar sai muito barato.

Baixe uma tabela de cores e seus constituintes, e mãos à obra.

Faça as misturas que quiser, apenas vá registrando as quantidades envolvidas. Tenha à mão potes para receber as novas misturas e após encontrá-las, na diluição adequada, filtre-as com Perfex para dentro de vidros ou potes, rotule e está pronto.

Lembre-se que é interessante sempre que usar acrílicas, lavar o aerógrafo com água ou Vidrex para mantê-lo livre de alguma borra que pode formar durante períodos muito longos de aplicação. Eu, ao final de uma sessão de pintura, desmonto o aerógrafo, limpo as peças e, em alguns casos, deixo de molho em Vidrex.

Se conseguir se acertar com a Acrilex, podes comprar potes de 250ml de preto fosco, preto brilhante e branco por algo ao redor de R$25,00 cada, em média, para fazer misturas mais baratas ainda.

Mas, friso novamente, tem que fazer experiências para pegar a mão da danada. Quando isso ocorre, pode-se fazer a diluição até dentro do pote do aerógrafo...

Espero ter contribuído.

Abs. e uma boa semana para nós e nossas famílias.

Usei o programa de mistura para fazer as cores que necessitava e pintei mais de 20 kits com os tons de acrilex que fiz. Hoje eu ainda tenho muitas cores e as uso para pintar especialmente os interiores, uma vez que ainda não consegui o 'ponto de leite' com elas para usar no aerógrafo.  

pra usar acrilex acrilica no aerografo nao é o "ponto de leite", e isso vale para todas acrilicas puras (voce sabe porque é a base de agua, atoxica e nao inflamavel), revell por exemplo é igual acrilex.

Essas tintas tem que dilur no maximo 50% e aumentar a pressao do aerografo ate sair :-) tendo as manhas é facil mas demora pra pegar a mao, tem que entender que essas tintas sao de cobertura lenta e gradual por isso tem que passar varias demaos finas e esperar secar entre elas (uso um secador pra secar rapido), o segredo é passar a demao sem saturar (quando ela aglutina em gotas na superficie) ou escorrer.

pra facilitar alguns usam vidrex, brilho facil e eu ate ja usei future pra diluir 

mas geralmente eu só coloco umas gotas de detergente na agua que usa pra diluir pra quebrar a tensao superficial da agua.

é so aprender que depois fica facil

e colocar na cabeca que nao existe fabricante de tinta para o hobby, a Acrilexs sim é fabricante, os outros so reembalam tinta usada em outras finalidades em potinhos e adicionam algum aditivo.


tamiya/mr hobby - poliester automotivo a base de agua

tom colors aerotech - poliester automotivo de thinner

pr color duco

war scenic esmalte, tem cheiro de coralit  e seca no pote

alclaid - duco bem diluido em thinner

etiletes Tamiya - olfa

e por ai vai...

 

 

Apenas um pitaco: embora haja uma celeuma em torno das tintas Acrilex, conheço quem as usa com excelentes resultados. Parece ser meio manhosa para aplicar no aerografo, mas quem conseguiu está satisfeito.

Particularmente, pinto com duco (laca automotiva), mas acho que existem "n" possibilidades e cabe ao modelista avaliar e verificar à qual melhor se adapta.

Just my 2 cents

Sidney

 

Como colocou o Sidney acima, usar qual o tipo de tintas em plastimodelismo é apenas uma questão de escolha individual de cada um.

Pinto há anos com aerógrafo, buscando nas misturas que faço com a Acrilex e Decorfix, o "ponto de leite" e as minhas montagens no fórum são a prova de que consegui isso.

Indiquei o "ponto de leite" porque funciona para mim (a prova acima) e por que não funcionaria para os demais? Precisa-se apenas experimentar até encontrá-lo.

Acho que devemos falar do que provamos com modelos.

Abs e uma boa semana para todos nós.

Last edited by artemius111
@artemius111 posted:

Como colocou o Sidney acima, usar qual o tipo de tintas em plastimodelismo é apenas uma questão de escolha individual de cada um.

Pinto há anos com aerógrafo, buscando nas misturas que faço com a Acrilex e Decorfix, o "ponto de leite" e as minhas montagens no fórum são a prova de que consegui isso.

 

Acho que devemos falar do que provamos com modelos.

Abs e uma boa semana pata todos nós.

Meus modelos acrilex: 1/144, 1/72 e 1/48, no pincel.

Ontem abri um pedido na Tamiya Brasil para comprar tintas acrílicas brancas brilhantes... a preço de ouro... hoje de manha testei a tinta automotiva acrílica branca vendida pelo Dryco... desisti da compra das tintas Tamiyas... resultado superior a um preço bem mais acessível... 

 

branco, preto, prata, as cores basicas é so ir em loja de tinta automotivas ali ma esquina e comprar porque essas usa bastante, eu dica de compra lá: esponja microabrasiva 600 e 1200, lixa 320, 500, 1200, 1500 2000, massa rapida lazzuril que é a melhor putty, verniz rapido lazuril que é o verniz mais pratico e barato

tem:
duco brilhante, duco fosco, polliester semi brilho

No fundo muitos odeiam acrilex (e revell, humbrol, hataka, mig todas diluidas em agua) porque se comparar com automotivas, tamiya, gunze por ex parecem ruim mas a diferenca é unicamente a volatilidade do diluente, thinner tem alta volatilidade, seca quase instantaneamente quando bate na superficie, aí tem ancoragem facil porque nao satura nem escorre, ai cobre muito mais facil e rapido. diluido na agua tem que ir na manha diluindo menos, sem tentar cobrir de cara com demaos finas para nao escorrer e aplicar mais demaos e esperar secar entre elas.

dica de teste: a tamiya ou mr hobby pode diluir com qualquer coisa menos aguarraz. dilui com agua, thinner, alcool e ve que se diluir com agua ela fica a mesma coisa que acrilex no aerografo, escorre igual se tentar cobrir de cara

@amflores posted:

Gente, bom dia!

Tendo em vista os modelos apresentados, desistí de mostrar os meus.

Parabéns.

Flores

Não faça isso!

Não faça como alguns que aparecem aqui querendo ditar cátedra sem mostrar nenhum modelo montado e/ou completo. Postam, postam e postam teorias e não se tem nada prático, visível que comprove o que dizem fazer.

 

Participe dos GBs ou das bancadas virtuais para primorar suas técnicas, ampliar seus horizontes, receber dicas para melhorar, ou seja, botar a cara ao vento...

É assim que se aprende sobre alguma coisa: fazendo.

Mesmo errando, continue fazendo e mostrando. É assim que se cresce...

Participe e envolva-se para aprender e também ensinar. Somos seres sociais. Interaja com alguns dos melhores plastimodelistas do país que o vão ajudar, sem nenhum problema. E muitos outros esforçados, como eu, que sempre podem contribuir com alguma coisa.

É o melhor e o único caminho para o aperfeiçoamento no hobby.

Grande abraço e um bom fim de semana para nós e nossas famílias.

@anghinoni posted:

branco, preto, prata, as cores basicas é so ir em loja de tinta automotivas ali ma esquina e comprar porque essas usa bastante, eu dica de compra lá: esponja microabrasiva 600 e 1200, lixa 320, 500, 1200, 1500 2000, massa rapida lazzuril que é a melhor putty, verniz rapido lazuril que é o verniz mais pratico e barato

tem:
duco brilhante, duco fosco, polliester semi brilho

No fundo muitos odeiam acrilex (e revell, humbrol, hataka, mig todas diluidas em agua) porque se comparar com automotivas, tamiya, gunze por ex parecem ruim mas a diferenca é unicamente a volatilidade do diluente, thinner tem alta volatilidade, seca quase instantaneamente quando bate na superficie, aí tem ancoragem facil porque nao satura nem escorre, ai cobre muito mais facil e rapido. diluido na agua tem que ir na manha diluindo menos, sem tentar cobrir de cara com demaos finas para nao escorrer e aplicar mais demaos e esperar secar entre elas.

dica de teste: a tamiya ou mr hobby pode diluir com qualquer coisa menos aguarraz. dilui com agua, thinner, alcool e ve que se diluir com agua ela fica a mesma coisa que acrilex no aerografo, escorre igual se tentar cobrir de cara

tintas como as Aerotech que me parece a Dryco assumiu ou produz algo equivalente, são ótimas no aerografo. Quando era fácil achar as aerotech/prcollors nas lojas em SP (e tbm achar lojas fisicas) não abria mão delas para pintura de aviação no aerografo, bem como do primer e verniz brilhante porem, no pincel a coisa não era viavel e o jeito era recorrer às Tamiya..... principalmente quando se fala em figuras ou os detalhes de militaria ou naval (onde muitas vezes retoques são necessários.....)

 

Com o diluente adequado (tenho usado o da Gunze para a linha acrilica, até pq a Gunze estava mais barata e fácil de achar que a tamiya, mas já usei em ambas alcool comum a 96º ou isopropilico, e dura muito) Gunze e Tamiya e mesmo quando se pega o jeito, a tão odiada acrilex funciona bem.

 

tudo é uma questão de nos adequarmos com o que melhor encontrarmos e atender às nossas necessidades de habilidades.

 

Certa vez, antes de encontrar as Tamiyas (por volta de 2011) cheguei até mesmo a testar o branco de uma tal "Mural" que achei na Leroy pois o branco da Vallejo não cobria de jeito nenhum...... rsrsrsrsrs

 

Bom, peguei algumas cores que uso mais na Tamiya.... repus o que pude de Gunze e agora estou esperando chegar primer, vernizes e três cores da Tom Color para testar aqui, pois nos próximos meses e adentrando 2021 teremos escassez de tintas e muita coisa para o hobby.

Já usei muito poliéster automotivo.Mais precisamente em carros,caminhões e motos.

Pelo que sei:

-Sim, o primmer é necessário para a tinta pegar melhor, para que a tinta não ataque o plástico e para que a cor do plástico, em alguns casos, não altere a cor.

-Limpeza do arógrafo com thinner próprio para este tipo de tinta:diluente PU.

-Quanto ao verniz não sei dizer, até hoje só usei bicomponente.

Espero ter ajudado.

Orlando

Incluir Resposta

×
×
×
×
Link copied to your clipboard.
×