Para os iniciantes..e outros nem tanto..

Boa noite.

Todos nós somos iniciantes! De um jeito ou outro sempre tempos algumas dúvidas, não importa nosso tempo de modelismo. Que tecle as primeiras letras quem nunca passou por isso.

Nos meus pouso anos de modelismo (15 anos) eu pude tecer algumas considerações:

A) Não existem verdades absolutas: sempre ouvimos e lemos que um tipo de pintura é ótima, um material é melhor que o outro. Bobagem! Cada um deve usar a técnica com a que melhor se identificar! Uso tintas acrílicas faz tempo, mas não furto a de vez em quando utilizar o esmalte.  Estou até querendo investir na tinta poliéster. O que quero dizer é que devemos usar a técnica que nos sentimos melhor, sem deixar de experimentar coisas novas.

B) O melhor equipamento é aquele que seu dinheiro pode comprar : Tem gente que o seu sonho de consumo é ter um aerógrafo de US$ 250.00. Se você pode pagar por isso, beleza, cai pra dentro. Caso seu orçamento te permita um Paasche H de ação simples, também estamos bem. Vejo gente que faz trabalho primorosos com aerógrafos Xing Ling , como também vejo trabalhos medíocres com Iwata. A ferramenta ajuda muito mas o usuário também tem que participar do processo. Adoraria muito ter nas minhas mãos um Paasche Raptor, mas o bolso no momento só dá pra um Steula. É o que tem pra hoje.  Portanto desencane e seja feliz como puder.

C) Você vai fazer muita lambança antes de montar um kit decente: Nada mais óbvio. Eu de vez em quando apronto uma besteirinha, mas já perdi um kit inteirinho de um FW-190, tentando tirar tinta com thinner. Eu não tinha a informação que fluido de freio fazia esse serviço sem destruir o plástico. Faz parte do aprendizado.

D) Prepare-se pra encheção de saco : Principalmente de sogra e sogro que acham que a gente monta carrinho, aviaozinho, trenzinho e outros inhos. Meu primeiro casamento foi um verdadeiro cabo de guerra com relação a isso . Eu coloquei num ouvido uma placa de ENTRADA e no outro SAÌDA. Algumas namoradas, ou até mesmo a mãe também torram a paciência.  Faz parte do pacote. As pessoas criticam aquilo que não compreendem.

E) Cuide da sua saúde : Se possível compre uma máscara pra proteger seus pulmões.  Eu sou alérgico e quero usar tinta automotiva (auto mortífera, como alguns de nós carinhosamente chamam). lembre-se que nem mesmo as tintas acrílicas são tão inofensivas como aparentam ser. Algumas tem álcool isopropílico na fórmula. Um conselho que ouvi há uns dez anos sobre aerografia : Se você sente o cheiro da tinta, você está respirando ela. É melhor pagar 50 reais pra se proteger do que pagar três vezes mais num tratamento do pneumologista.

F) Pesquise sempre.: A cada dia novas técnicas ficam disponíveis, novos kits e  materiais também. Vale a pena ser xereta neste aspecto.

Isso aqui é só pra começar. Lembre-se que fazemos parte de uma comunidade e que o hobby é pra relaxar e enriquecer nosso conhecimento e nã ser motivo de stress. Com a palavra os amigos

Original Post

Concordo plenamente.

Já faz muito tempo um gerente meu me disse que eu tinha que arrumar uma forma de ganhar dinheiro com "aquilo",o plastimodelismo.

Eu lhe respondi que então deixaria de ser um "hobby".

Eu também sempre digo que de nada vale uma ferramenta de ouro ("aquele" aerógrafo" por exemplo) se não souber usar.

Varinha mágica não existe.

Orlando

Dale Gardner posted:

Concordo plenamente.

Já faz muito tempo um gerente meu me disse que eu tinha que arrumar uma forma de ganhar dinheiro com "aquilo",o plastimodelismo.

Eu lhe respondi que então deixaria de ser um "hobby".

Eu também sempre digo que de nada vale uma ferramenta de ouro ("aquele" aerógrafo" por exemplo) se não souber usar.

Varinha mágica não existe.

Orlando

Concordo. Não adianta você comprar um Bugatti se você dirige mal e porcamente um Uno Mille!

Concordo com tudo o que foi registrado até agora... mas vale lembrar que ambas vertentes do plastimodelismo (amadora e profissional) são plenamente capazes de produzir os mesmos resultados! Já vi modelos lindos e com um nivel de detalhamento excepcional feitos por hobby e outros nem tanto, como resultado de encomenda. A diferença é que podemos fazer bons modelos por dinheiro, mas nunca sem a paixão pelo hobby.

Tive uma namorada que com um mês de namoro, na primeira vez em que foi a minha casa resolveu arrumar meus armários. Quando viu os kits começou a falar que aquilo era coisa de infância e que eu deveria me desfazer de tudo, pois ficava guardando coisas do passado e que achava um absurdo o pai dela guardar os cadernos do colégio, etc. etc.

Imediatamente pensei que aquilo não iria dar certo e vejam que eu estava sem montar nada há anos, mas não queria me desfazer de nada.

Na primeira oportunidade que tive, pulei fora do namoro.  

Se com um mês já está tentando me mandar, imagina depois de casado!!!

Rogério Araujo posted:

Tive uma namorada que com um mês de namoro, na primeira vez em que foi a minha casa resolveu arrumar meus armários. Quando viu os kits começou a falar que aquilo era coisa de infância e que eu deveria me desfazer de tudo, pois ficava guardando coisas do passado e que achava um absurdo o pai dela guardar os cadernos do colégio, etc. etc.

Imediatamente pensei que aquilo não iria dar certo e vejam que eu estava sem montar nada há anos, mas não queria me desfazer de nada.

Na primeira oportunidade que tive, pulei fora do namoro.  

Se com um mês já está tentando me mandar, imagina depois de casado!!!

Sei como é...antes de me casar pela segunda vez, tive uma namorada que me falou algo parecido. No meu primeiro casamento minha ex-sogra ficava com esse mesmo mimimi...

Gato Gordo posted:
Rogério Araujo posted:

Tive uma namorada que com um mês de namoro, na primeira vez em que foi a minha casa resolveu arrumar meus armários. Quando viu os kits começou a falar que aquilo era coisa de infância e que eu deveria me desfazer de tudo, pois ficava guardando coisas do passado e que achava um absurdo o pai dela guardar os cadernos do colégio, etc. etc.

Imediatamente pensei que aquilo não iria dar certo e vejam que eu estava sem montar nada há anos, mas não queria me desfazer de nada.

Na primeira oportunidade que tive, pulei fora do namoro.  

Se com um mês já está tentando me mandar, imagina depois de casado!!!

Sei como é...antes de me casar pela segunda vez, tive uma namorada que me falou algo parecido. No meu primeiro casamento minha ex-sogra ficava com esse mesmo mimimi...

Eu sou uma pessoa abençoada então , pois minha mulher até gosta que eu monte, mais obviamente após ter brincado com nossos filhos e curtido minha familia algo do qual não abro mão. 

Ps: sigo um eterno iniciante...

Minha primeira noiva, viva me zuando, dizendo que se alguma coisa acontecesse comigo, ela chamaria o caminhão de lixo pra levar tudo, mas fora isso, ela me deixava em paz...

Já a minha segunda noiva, tinha uma menininha de 4 anos que ficou maluquinha com tantos aviõezinhos... A mãe dela não criava caso e até já imaginava a menina montando junto comigo, mas ela terminou comigo e meu sonho acabou...   

A maioria das mulheres querem toda a atenção voltada pra elas e, reclamam se vc se dedica a alguma coisa que elas não entendem... O engraçado, é que muitas tbm colecionam coisas... Felizmente, há aquelas que se não apoiam, pelo menos ficam de fora e toleram, desde que é claro vc faça a sua parte, como por exemplo, emprestar o cartão de crédito ou não reclamar dos gastos quando chega a fatura...   

Acho que já sei pra quem passar estas sábias palavras

Afinal, é apenas um hobby e como tal deve ser respeitado o espaço que ele ocupa bem como deve haver harmonia entre o plasti e as outras atividades do dia a dia

E por incrivel que pareça, dna patroa incentiva o hobby, mas sempre tenho que equilibrar o tempo que gasto com outras coisas

Monto desde os quinze anos (fazem só 53,kkkkkk), mas minha esposa não acha ruim, até me pinta algumas coisas as vezes. Eu monto com as técnicas que conheço e sempre procurando melhorar, mas, sem me estressar se alguém vai achar que ta ruim ou se ta bom, se eu gostei é o que interessa. Não monto para concursos pois por melhor que fica sempre tem um mala que vai achar um defeito na cor, nos detalhes ou na montagem, por isso fico contente quando termino um e começo outro. Seja feliz e monte como voce gosta.

As mulheres não compreendem, mas também tem suas manias.
Tive uma namorada que tinha cerca de 70 bermudas diferentes, vivia comprando roupas de modinha e depois que saíam de moda (questão de meses) dava tudo pras amigas e parentes. Tem mulheres que fazem coleções de bolsas e sapatos e o pior é que só serve se for grife, Louis Vitton, Gucci, Dolce Gabana, etc. Coisas muito mais caras do que um bom kit.

Tenho dado sorte com as mulheres mais próximas:  minha mãe comprava kits prá mim, minha primeira mulher gostava de miniaturas (tinha aquelas casas de bonecas 1/12 ), às vezes ia comigo nos opens e me dava kits de presente de aniversário de vez em quando. Minha atual namorada vai em todos os opens que eu vou e ainda pergunta quando vai ter para comprar material de pintura prá ela. Já me ajudou a carregar um Schnellboot 1/35 da Italeri prá lá e prá cá numa viagem internacional. Minha filha quer aprender e está prá começar uma locomotiva da Hobby Boss.

Incluir Resposta

Curtidas (10)
BuhlerLelloBorisKris HoboldFabio MorettiFaiscaMarcio BernardigianvalenteLuis Pachecojniltonsantanna
×
×
×
×