Preview - Marcel Bloch MB. 151C.1 Dora Wings 1/48

MB 151 -Box

Preview - Marcel Bloch MB. 151C.1 Dora Wings 1/48

Dados do kit:

Fabricante: Dora Wings - Item DW48017 - Escala 1/48

O Avião

MB 151 - Real 1 - MB.151 em voo [1938)

O Bloch MB.150 (mais tarde, com as versões MB.151 a MB.157) foi um caça monoplano francês de asas baixas desenvolvido e produzido pela Société des Avions Marcel Bloch (SNCASO). De construção totalmente metálica, possuía trem de pouso retrátil e um cockpit totalmente fechado. Foi desenvolvido para atender aos requisitos da competição do Ministério da Aeronáutica Francesa de 1934, que buscava um caça com novo design e, apesar da competição ter sido vencida pelo Morane-Saulnier M.S.406, decidiu-se prosseguir com o seu desenvolvimento.

Desenvolvido para atender aos requisitos da competição do Ministério da Aeronáutica Francesa de 1934, que buscava um caça com novo design e, apesar da competição ter sido vencida pelo Morane-Saulnier M.S.406, decidiu-se prosseguir com o seu desenvolvimento.

Em seu primeiro desenvolvimento, o protótipo foi incapaz de decolar. Modificações possibilitaram que, finalmente, fizesse seu voo inaugural em Villacoublay, em 4 de maio de 1937 com André Curvale nos controles.

Os testes de serviço realizados no MB.150 determinaram que a aeronave parecia promissora, desde que fossem feitos alguns melhoramentos. Isso levou à adoção de uma asa maior e reforçada, assim como de motor mais refinado, o Gnome-Rhone 14N-7. Durante a primavera de 1938, após a conclusão de testes adicionais, foi feito um pedido para um lote de pré-produção de 25 aeronaves.

A reformulação do design do MB.150 levou ao aprimoramento dos MB.151 e MB.152, que entraram no serviço de esquadrão com o Armée de l'Air. As primeiras aeronaves forram entregues aos esquadrões incompletas (capô temporário do motor, mira não instalada, coletores de escape sem protetores de chamas, etc.). Consequentemente, não era impossível usar a aeronave em operações e, em 1º de setembro de 1939, dois dias antes da França entrar em guerra, apenas o esquadrão número 1 do grupo de caça GC I / l havia começado a utilizar o MB 152.

Prosseguindo em seu desenvolvimento, um modelo aprimorado, designado como MB.155, oferecia a possibilidade de maior alcance. O MB-155 foi então encomendado já em 1940, mas apenas 10 aeronaves foram concluídas antes da queda da França. Posteriormente, o modelo MB.157 foi desenvolvido durante o governo de Vichy (governo francês sob domínio alemão), usando um motor mais pesado e mais potente. Embora fosse promissor, não chegou a entrar em produção. A excelência de seu design foi confirmada pelos alemães, que o testaram em 1942. O MB.157 atingiu 710 km/h de velocidade; no entanto, acabou destruído durante um ataque aéreo aliado.

Dos 632 Bloch aceitos pela Força Aérea Francesa, até o final de 1940 restavam apenas 320 aeronaves. Em seis semanas, cerca de 270 Bloch haviam sido destruídos em combate ou abandonados diante do inimigo que avançava. Das vinte e cinco aeronaves encomendadas pela Real Força Aérea Grega em dezembro de 1939, apenas nove MB 151 foram entregues e designados ao 24º Grupo de Caças, com sede no aeródromo Thriasson Eleusinos, para defender Atenas e Pyrea. O MB 155, uma versão aprimorada do MB 152, foi colocado em produção em série e um pequeno número foi construído. As versões MB 153 (1939) e MB 157 (1942) nunca progrediram além do estágio do protótipo.

MB 151 - Profile MB 150MB 151 - Profile MB 151MB 151 - Profile MB 152MB 151 - Profile MB 155C-1MB 151 - Profile MB 157O kit

Pessoalmente eu sempre curti alguns aviões franceses da Segunda Guerra (a despeito de suas curtas carreiras, dada a rápida queda da França). Embora a Tamiya tenha lançado, já há um bom tempo, o Dewoitine D.520 na 1/48, modelos de caças franceses WW2 na 1/48 são escassos e, em geral, esquecidos pelos grandes fabricantes, como é o caso dos caças MS 406 e do próprio MB 151-155. Lembro-me que a Hobbycraft lançou o MS 406* e a Classic Airframes, o MB 152 e o MB 155, mas nenhum deles apresenta uma qualidade similar à dos kits atuais.

MS 406 AZ Models

* Em 2007 a AZ Models lançou um kit do MS 406 na 1/48: AQUI.

Assim, confesso que fiquei contente ao saber que a Dora Wings iria lançar a série dos MB (previstos o 151, 152 e 155). Depois de ver as primeiras imagens e primeiros comentários, comprei o meu de um vendedor do eBay na Polônia. O kit chegou aqui em cerca de 45 dias, paguei a taxa de 15 reais do Correio, mas não fui taxado. No fim, saiu por cerca de 160 reais (taxa de 15 reais inclusa).

Ao abrir a caixa do MB 151C.1 da Dora Wings você encontra 109 peças injetadas em plástico cinza claro, uma pequena parte em resina cinza, 7 partes em plástico transparente, 21 partes em PE, um set de máscaras para o canopi e marcações para quatro diferentes versões.

As partes injetadas em poliestireno cinza são bem moldadas, sem rebarbas, mas apresentam algumas manchas, que acredito serem oriundas do processo de moldagem – talvez resíduo do desmoldante. Embora não afete o relevo, a precaução manda fazer uma limpeza (ou lavagem) com água e detergente neutro, de forma a remover resíduos que possam, posteriormente, afetar a aderência da tinta ou, até mesmo, reagir com a pintura.

MB 151 -Sprue 1MB 151 -Sprue 3MB 151 -Sprue 5

As linhas dos painéis, em baixo relevo, me agradaram, são finas e com boa profundidade, sem ser exagerada. Não há pinos de encaixe, então será preciso cuidado extra para alinhar corretamente as peças, antes de cola-las.

MB 151 -Sprue 2MB 151 -Sprue 4

As transparências são OK, mas para deixar o canopi aberto e mostrar o cockpit será necessário substituir uma parte do canopi, pois a parte central (que desliza) e a traseira são uma peça só. A ideia seria cortar a parte traseira e fazer uma parte central deslizante VF (vacum formed), pois a original certamente não deslizará sobre a traseira, se cortada. Alguns modelistas certamente optarão por fechar e fim de papo. Esta grade traz ainda dois tipos de para-brisa e as transparências das luzes de navegação.

MB 151 - Transparencias HS

A montagem segue uma sequência tradicional, cockpit/fuselagem/asas, mas há uma peça que normalmente vem moldada na fuselagem ou na asa, que é justamente a junção das duas. Esta diferença, quase certamente, garantirá fortes emoções ao modelista, que deverá garantir que os dois lados estão corretamente alinhados e com o mesmo ângulo antes da colagem definitiva. Nesta hora, uma boa vista frontal da aeronave poderá ser de grande auxílio.

MB 151 -Sprue 7

O cockpit possui um nível de detalhamento mediano, mas algumas peças em PE ajudam a dar uma levantada na aparência final (assento, cintos). O painel de instrumentos é uma peça de plástico injetado com os dials e outros detalhes em alto relevo, meio básico demais. Um decal traz os mostradores, e aí o modelista vai ter que optar entre usá-lo ou adotar outra técnica (ou ainda esperar para ver se sai um set de detalhamento, tipo o “Zoom” da Eduard).

Os estabilizadores horizontais e leme vem em peças separadas. O kit traz um motor com bom nível de detalhes e fios de ignição em PE – um ótimo acréscimo, em minha opinião. O capô do motor vem dividido em três partes, então, mais uma vez, será necessária atenção especial para garantir um perfeito alinhamento das partes, antes da colagem (lembrando que não há pinos para facilitar a tarefa).

MB 151 -PE e mascara

MB 151 -Sprue 6

O kit traz ainda uma pequena peça de resina rotulada "2". Embora não apareça nas instruções, ela será usada: é uma duplicata para a peça de plástico G25, que representa uma tampa utilizada no porão das rodas. Como só vem uma peça injetada na grade e duas são necessárias, para remendar este erro o fabricante forneceu a peça que faltava em resina.

 MB 151 - Transparencias

As instruções vêm em 6 páginas impressas em papel brilhante de boa qualidade, com mais 4 páginas adicionais, cada uma com uma das versões para as quais são fornecidos os decais.  

MB 151 - Instructions 1MB 151 - Instructions 2

MB 151 -Version A

MB 151 -Version BMB 151 -Version CMB 151 -Version D

Particularmente, gostei muito das versões que vem no kit, e os decais são bem impressos e parecem estar ok.

 MB 151 - Decais

Conclusões

É um bom kit, com bons detalhes, de um avião que merecia ter uma opção na 1/48 melhor que o antigo Classic Airframes. Como não acredito que os fabricantes mais conhecidos venham a lança-lo (confesso que por algum tempo tive esperanças com a Hobbyboss), acho que quem quiser um bom modelo, está bem servido.

É um modelo fácil? Não, não é. Vai exigir paciência, em especial no teste dos encaixes, para garantir que nada dê errado. No entanto, um modelista com alguma experiência lidará com isto com o pé nas costas.

Pessoalmente, gostei muito do modelo e fiquei satisfeito com a compra.

Arte dos MB 152 e & 155 da Dora Wings:

Box 152Box 155

 

Attachments

Images (27)

Incluir Comment

Comentários (3)

Newest · Oldest · Popular

Lindo desconhecido. E merecido a referência. Achei todas as quatros pinturas, muito bonitas. O Pato parece o Pato Donald pré histórico. Mas lembrando que o Pato foi criando nessa época. Pela turma da Disney. É uma referência legal. 

Muito obrigado Sidney. Dos caças monomotores franceses da Segunda Guerra,, os meus favoritos são o Bloch MB-152 e o Dewoitine D520. O Morane-Saulnier M.S.406 eu acho muito feio. Um abraço. Mauro Borges Cupertino Em domingo, 27 de outubro de 2019 14:16:14 GMT-3, Webkits Modelismo <alerts@hoop.la> escreveu:

Publicado por Sidney: Preview - Marcel Bloch MB. 151C.1 Dora Wings 1/48
| == To reply by email, write above this line. == |
|
| |
| Olá, Cupertino: We're sending you this notification because you are following the blog and/or author below. New Blog Post
| Título personalizado: Preview - Marcel Bloch MB. 151C.1 Dora Wings 1/48 Autor: Sidney | |

Ver esta Blog Post Webkits Modelismo https://webkits.hoop.la To adjust your email notifications for this site, please update your notification settings. To suspend ALL email notifications from this site, click here. |

|
×
×
×
×
Link copied to your clipboard.
×