Glossário, Dicionário ou afins.

Fernando

Como diria Jack, o Estripador: Vamos por partes Maneiro !!!! Maneiro !!!!
Sim, o Tolueno acaba evaporando do pincel assim da mesma forma que evapora se tu deixares o vidro com a tampa aberta por muito tempo.
Quanto a aplicação do Tolueno nas partes eu sugiro tu fazeres primeiro um encaixe à seco para depois aplicares um pouco, passe uma ou no máximo duas vezes dependendo da superfície a ser colada e as junte. Muito cuidado para não colocares muito do Tolueno pois as peças podem derreter pricipalmente as peças muito pequenas ou finas.
O Tolueno amolece o plástico e quando evapora ele funde as peças.
Quanto ao tempo de secagem eu não sei dizer ao certo, mas eu faço o seguinte: eu seguro as peças na posição por mais ou menos 1 minuto e depois as coloco de lado para terminar de colar, mas é bom ficar atento pois muitas vezes acontece de a peça sair da posição na qual ela deve ficar.
Oi pessoal!
Gostei da idéia de se montar um glossário, dicionário ou qualquer coisa do tipo, podia até ser ilustada passo a passo, acho que quanto mais gente contribuindo mais rico ficaria esse negócio, até porque em cima de um só tópico haveria varias definições e varios modos de se fazer. Eu mesmo, vendo as sugestões dos colegas sobre qual cola usar, me cadastrei pra falar que uso somente thinner para colar meus kits,é mais barato do que toda essa "farmacia" rárárá, que vocês falaram. Más brincadeiras a parte o thinner funciona legal, geralmente uso ele com pincel, mas inventei outra técnica para colar peças onde tem uma área maior a ser colada.
Se alguem
quote:
Originalmente publicado por Fernando Galdiano- Ribeirão:
usar Coralit ( o Yan já conseguiu me convencer ! Maneiro !!!!)

Sério mesmo? Que legal saber disso! Bem-vindo ao clube!!!

Maneiro !!!!Maneiro !!!!Maneiro !!!!Maneiro !!!!

Sobre os kits que são só de encaixe, eles são chamados "snap-kits", e que eu saiba o fabricante que mais lança modelos nesse estilo é a Revell. Na Commerce-Center mesmo tem alguns desses, mas são indicados para iniciantes ou aqueles que não vêem no modelismo um hobby, mas apenas uma distração rápida.

Captou ???

Um abraço!
Gomes.

Dá uma lida nas páginas iniciais do tópico tem muita explicação nelas.

FUTURE é uma "cera" de base acrílica, aqui no Brasil temos uma substituta (Não é similar, não heim???), que é a Brilho Fácil incolor, que dá para quebrar um galhão, inclusive muito utilizada para diluir as tintas decorfix e acrilex.

Abraços
um tempo atras, quando nao se deluia cocina com acetona,encontravamos acetona pura, dai sim, vc pega acetato e misturava com acetona, dai da essa cola que usamos para colcar kits, essa acetona de hoje vem com agua dai nao funciona,ou use thinner dos mais violentos possiveis e mergulhe sprue ,até derretelos e dai sim com pincel vc consegue colar, mas nao fica bom nao.para ficar bom , tem que cer com acetona pura mesmo, é só pegar com algum amigo que seja quimico.dai resolve.mas tem muita gente que em vez de colar, fica cheirando o acetona, dai vira viciado em colas de sapateiros e por ai vai
Gostei desta iniciativa que serve até mesmo para os experientes!
Meu acréscimo que dou é:
thinner, já ouvi falar que é simplesmente solvente em inglês, mas que no Brasil significa um solvente em outra fórmula (aliás, os thinners feitos hoje em dia no Brasil estão péssimos, não mais como antigamente).
Nos kits, o que o pessoal gosta de chamar de "baixo relevo", é sinônimo de ranhura.
Já os de "alto relevo" é friso.
Olá.
Muito boa essa iniciativa !
Sou novo por aqui e tambem no modelismo, então não conheço os termos específicos e são muitos, né?
Inclusive, tenho muita curiosidade na area de representação de cenarios. Como ainda não conheço nada, não sei dizer se seriam dioramas, vinhetas ou o que? Não sei se essa parte é só ligada ás cenas militares ou se existem representações de cenas do cotidiano civil tambem.
Mas sem duvida , esse topico de termos , ou glossario será muito util para quem , como eu está iniciando.
Obrigado e um abraço á todos!!!!
Posso me entrometer? Respondendo ao "FERRO":
Cada modelista da o nome que bem intender a sua peça, cenario, etc...
Técnicamente (ao meu ver): Diorama: é um cenário em grande escala retratando alguma cena de ação (como exemplo A Batalha de Watherloo, num sei se escrevi certo :P).
Vinheta: normalmente é um cenário bemmmm menor (não muito mais que 20 ou 30cm) com poucas figuras e enfocando apenas uma parte de um todo... voltando ao exemplo: é muito mais vistoso você ver dois ou três soldados lutando sós contra um tanque com muita enfaze na ação (vinheta), do que ver toda a batalha de watherloo (diorama) retratada...

Ao meu ver é isso, porem isso pode mudar de modelista para modelista...

Lembrei de uma técnica para o glossario:

Weathering (desgaste): técnica usada quando se quer retratar uma figura ou veiculo em condições reais (um soldado ou um tanque não cruzam quilometros e ficam limpos). Consiste básicamente na junção do "wash" com o "drybrush" e se possivel na utilização de um aerografo. Como é feito: aplicado o "wash", utilizase o aerografo nas cores correspondetes ao cenário (lógicamente se um soldado esta no desento sua roupa não se suja de lama), sendo assim um tanque no deserto ganha em pontos ESPECIFICOS (não exagere para não pesar o efeito) borrifos de cores mais amareladas (areia) ou marrom claro (bemmmmmm claro). Por ultimo aplica-se o "drybrush". Esta técnica tem como principal intuito cimular "poeira" ou "terra" acumulada sobre os objetos.

Caso tenha escrito alguma besteira me avisem. Mas a meu ver o que descrevi está correto...Legal !!!
Prezados amigos,sou novo no hobbi e gostaria de ajuda. Tenho alguns kits que fiz a muito tempo atrás pintados a pincel, e na época não conhecia nenhuma técnica, porém, gostaria de fazer uma reforma em todos, monta-los e pinta-los novamente com as técnicas encontradas nesse site. É aí que preciso de ajuda dos amigos, para fazer esse "up-grade" tenho a necessidade de desmonta-los e retirar toda a tinta. Claro, estão colados, vem a pergunta: Existe alguma ténica onde posso desfazer o kit (descola-los) para monta-los novamente??? Já sei que para tirar a tinta é só megulhar as peças em fluído de freio, estou certo??? Bom amigos, desculpe minha ignorância, mas mesmo assim fico no aguardo de uma resposta... Abração á todos.
Norbiato, o Upgrade é algo trabalhoso e requer um pouco de prática, mas se você for paciente pode sair um trabalho bacana. Se realmente precisar remover a pintura, dê um "banho" com solda cáustica no kit, como fazer isso? Simples, pegue uma bacia; ou um balde plástico; ou até mesmo um Tuppeware grande coloque soda cáustica com um pouquinho de água. Usando luvas de borracha (pois a soda em contato com a pele poderá lhe causar lesões), pegue o kit e mergulhe na solução por algumas horas (1 ou 2 horas) depois é só pegar uma escova de dentes usada (velha) e esfregar a pintura debaixo de uma torneira com água corrente, sai bem fácil. No caso de tintas esmalte é mais complicado, você teria que seguir o mesmo procedimento só que usando fluído de freio.
No caso de ter que descolar peças, siga as seguintes regras:

1º A peça realmente precisa ser removida? Evite ao máximo remover peças delicadas, pois com certeza irão estragar, só remova o que realmente for necessário e tenha certeza que depois irá conseguir colocá-la de volta no lugar.

2º Se a peça realmente tiver que ser removida, a melhor maneira será usando um estilete e cortanto os pinos onde ela foi encaixada, aplicando uma certa pressão para soltá-las, você pode também (dependendo do caso) utilizar uma pequena espátula ou uma pequena chave de fenda (aquelas de relojoeiro). Sempre com muito cuidado e paciência. Você poderia usar acetona ou algum solvente mais forte para remover a cola, porém isso pode estragar definitivamente o kit pois geralmente estes solventes usados para remover a cola atacam o plástico do kit, podendo derretê-lo, p0ortanto não recomendo.

3º Depois de desprendê-las, limpe-as e remova rebarbas e restos de tinta que ainda se encontram nela, e faça o mesmo no local onde estavam coladas.

4º Não tente por exemplo corrigir erros do passado, o que está errado deixe assim (claro que se isso não for comprometer o trabalho), por exemplo: se as rodas foram coladas e não rodam, deixe assim...não tente removê-las e fazer rodar novamente. Isso requer uma experiência muito grande, e algum conhecimento de "scratch", não aconselho a iniciantes tentar fazer este tipo de "conserto". Porém em casos extremos onde foi feita uma colagem errada (por exemplo: a suspensão foi colada do lado contrário) aí não tem jeito, pois denotaria um erro grosseiro.

Bom, para servir como guia dê uma sapeada nesta matéria, talvez te ajude um pouco, ela está dividida em 4 partes:

http://www.webkits.com.br/news/templates/news.asp?articleid=317&zoneid=28

http://www.webkits.com.br/news/templates/news.asp?articleid=319&zoneid=28

http://www.webkits.com.br/news/templates/news.asp?articleid=320&zoneid=28

http://www.webkits.com.br/news/templates/news.asp?articleid=321&zoneid=28

Um abraço e boa sorte.

Fabio M. Moretti

PS: Depois da empreitada, poste fotos do "upgrade" aqui no fórum.
quote:
Originalmente publicado por Hades:
Soriedem

Não sei se é bem isso, mas creio que seja algumas peças feitas com aquele metal de proteção que tem nos disquetes, daí a nomenclatura fazendo alusão no sentido figurado do Photo Etched (PE).

Acho que é isso, me corrijam se estiver errado por favor.

Abraços.


É isso aí Hades! O nome é uma brincadeira com Phot-etched, e é quando vc usa aquele metal que é a capa móvel da abertura dos disquetes para cortar peças que serão usadas no seu modelo. Idem para o termo skol-etched, ou seja, usa-se latinha de cerveja ou refrigerante para cortar peças, tipo - cintos de segurança da cabine de aviões, correias de todo tipo, proteção para faróis, etc. O limite é a imaginação.
quote:
Originalmente publicado por Geiso Lawdel:
em que ocasião posso usar o jet


O Jet no plastimodelismo pode atuar como uma cola líquida. Imagine que você tenha duas superfícies, tais como as duas metades da fuselagem de um avião. Você junta as duas metadas e vai passado a cola líquida (no caso, o Jet) levemente com um pincel. A cola líquida vai "escorrer" e fundir as duas metades. O resultado é muito bom.

Aqui você encontra uma boa discussão sobre as colas líquidas e o Jet, incluindo as impressões de quem tem experiência no seu uso.

Outra utilidade do Jet é atuar no processo de produção de cópias de resina. Neste excelente artigo sobre cópias de resina, há uma boa descrição da utilização do Jet para a produção de cópias.

[ ]s
quote:
Originalmente publicado por Geiso Lawdel:
alem do jet qual outro produto pode substitui lo e qual sua finalidade
obrigado


A finalidade eu postei logo acima: atuar como cola líquida ou participar do processo de produção de cópias de resina.
Outras colas líquidas: Tamiya Extra Thin Cement (específica para plastimodelismo) e Vipi Flash (é o mesmo que o Jet, ambos muito utilizados por protéticos - o nome oficial é "resina autopolimerizante").

Acontece que o Jet e seus similares são muito mais baratos que as colas líquidas específicas, tais como o Tamiya Extra Thin Cement.

Um abraço,
Geraldo Ribeiro

Incluir Resposta

Curtidas (3)
LelloLihH PandaHCASTR0
×
×
×
×