Impostos e taxas

E os Correios alegam que a demora não é deles e sim da alfandega ou receita federal, eu já acho que isso é uma estratégia para desestimular a importação e fazer com que a pessoa compre no mercado local.

O Correios é ineficiente e ineficaz, isso todo mundo sabe, mas a receita tb não fica muito atrás. Segundo eles, a demora se dá pela quantidade de caixas que chegam diariamente e a falta de pessoas para agilizar a liberação...

Mas por via de regra toda compra internacional de US$50 ou mais (somando produto + frete) deveria pagar imposto.

 

Eu preferiria pagar o imposto em todas as encomendas e recebe-las em um prazo aceitável do que conviver com essa de paga ou não paga e a demora para receber...

acidburner posted:

....Eu preferiria pagar o imposto em todas as encomendas e recebe-las em um prazo aceitável do que conviver com essa de paga ou não paga e a demora para receber...

Eu preferiria não pagar impostos e receber rápido.....!!!! 

(assim como é na maior parte do mundo)

Marcus posted:
acidburner posted:

....Eu preferiria pagar o imposto em todas as encomendas e recebe-las em um prazo aceitável do que conviver com essa de paga ou não paga e a demora para receber...

Eu preferiria não pagar impostos e receber rápido.....!!!! 

(assim como é na maior parte do mundo)

é então, mas aqui no Brasil tem que pagar o imposto, então não tem o que fazer... a não ser que mudem a legislação...

imagine se toda importação não houver imposto, quem comprará produtos no Brasil? ninguém... Eu também gostaria de não ter de pagar imposto, mas a única coisa que não paga-se imposto no Brasil é flatular... fazer o que...

Parece piada, mas não é ... da Turquia até o Brasil 14 dias, provavelmente de camelo rápido pois embarcaram em avião.

Mas de Curitiba até Gramado vai levar 48 DIAS ÚTEIS  e a receita já fez a parte dela.

Simulei pelo Google ( só para me irritar mais ) 

De avião são apenas 1 hora e 5 minutos ( certo... vamos dar mais tempo para desembarque e transfer de 1 hora e 20 de Porto Alegre ou Caxias)

De carro, sem parar para lanches são apenas 9 h 26 min (728.5 km) via BR-101

De bicicleta são 39 h (612.4 km) via BR-116  ... 39 horas

Caminhando toda a distancia são 127 horas (607.0 km) via BR-116 ou apenas 5 dias a pé... 

...... 5 dias ...

O pior de tudo isto é que estou pagado o transporte em avião .... Mas muitos vão dizer que não fui taxado, sim, mas não justifica a ineficiência dos Correios, e de onde se conclui que:

O Camelo é mais rápido que os  Jumentos 

 

2018-02-26 09:42
CURITIBA / PR, Forwarded, of Integrated Logistics Unit in CURITIBA / PR for Unleashed Unit without tax. Useful 48d Delivery / BR

2018-02-16 15:15
CURITIBA / PR, Received by the Brazil Post

2018-02-02 00:12
TURKEY, Forwarded, from Country in TURKEY to Unity in BRAZIL / BR

Ouvi na Voz do Brasil um deputado reclamando da Receita Federal onde os funcionários fazem corpo mole.  Eles querem receber bônus e outras vantagens a título de produtividade (isto deveria ser para coisas além do serviço normal mas eles consideram que o trabalho normal é algo extraordinário).

No discurso o deputado cita que o mesmo serviço que na alfandega do Paraguay demora 3 horas, do lado tupiniquim leva 30 dias...

É lesivo ao país e penso que deveria ser tratado como caso de violação da segurança nacional.  Este nosso país fica travado em diversos níveis e não tem um maluco que ponha ordem na casa...

Wolf posted:

Ouvi na Voz do Brasil um deputado reclamando da Receita Federal onde os funcionários fazem corpo mole.  Eles querem receber bônus e outras vantagens a título de produtividade (isto deveria ser para coisas além do serviço normal mas eles consideram que o trabalho normal é algo extraordinário).

No discurso o deputado cita que o mesmo serviço que na alfandega do Paraguay demora 3 horas, do lado tupiniquim leva 30 dias...

É lesivo ao país e penso que deveria ser tratado como caso de violação da segurança nacional.  Este nosso país fica travado em diversos níveis e não tem um maluco que ponha ordem na casa...

Wolf, muito bem colocado. Em minha percepção, o atraso, aliado a perdas, danos, serviço mal prestado e caríssimo,  geram danos irreparáveis ao pais inteiro e não só a empresários ou usurários, estas perdas deveriam ser tratados como atitudes de "lesa pátria", com penas de expulsão do serviço publico alem de reclusão. Mas não, são premiados com "bônus" quando trabalham e fazem o que é obrigação 

Em tempo ( alias muito tempo): O jumento (burro mesmo) que trás minha encomenda, que chegou em Curitiba em 02 de fevereiro, ainda esta na estrada para Gramado ... quando chegar, darei capim de bônus para eles.

No fundo é uma questão de cultura, vejam os países em que as pessoas são honestas e põe o dever e nacionalismo a frente de tudo, os frutos são naturalmente a ordem e progresso, mas aqui dá vergonha que venha escrito na bandeira e seja o contrário, desordem e retrocesso...

O Brasil queimou etapas, tínhamos que voltar ao tempo dos déspotas esclarecidos, colocar o povinho no rumo e ir soltando aos poucos, até chegar a um governo democrático.

E comprando aqui dentro do Brasil mesmo não melhora muito, o tempo para se receber qualquer coisa que não venha das proximidades é uma vergonha.  Um kit mediano enviado por Sedex sai por uma fortuna e se voce compra em um estado longe do seu a facada é sangrenta...

Lá fora os caras ganham bem, as coisas são baratas, as remessas tem custo razoável e são rápidas.  Já o brasileiro sofre com esse negócio de comprar um e pagar tres, e tem que ficar feliz quando o pacote não se perde no caminho...

Quanto às taxações, duas novidades:

A 1ª é que desde maio de 2016 todas as encomendas internacionais que estejam com preço + frete abaixo de US$100,00 estão liberadas de impostos, quando o destinatário for de um dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, áreas legisladas pelo TRF4. Isso foi causado por decisão da Turma Regional de uniformização do TRF-4, depois de inúmeras causas vitoriosas de consumidores. Essa decisão foi enviada à RF, que desde então vem sendo obrigada a liberar as mercadorias nestes 3 estados.

A 2ª é que todas as encomendas internacionais estão sendo taxadas em R$15,00 pelos correios. É a mesma taxa que já era cobrada das encomendas taxadas pela RF, agora estendida a todas as encomendas, mesmo as liberadas pela RF.

Inicialmente estão sendo taxadas todas as encomendas registradas no "minhas Importações" dos correios, mas já estão atingindo a pelo menos 10% das não registradas lá. Foi por isso que os correios criaram esse cadastro, para poderem controlar e taxar as encomendas. as restantes encomendas ainda estão sendo pouco taxadas, por falta de pessoal nos correios para detectar e taxar as encomendas.

Precisamos descobrir uma maneira legal de isentar as encomendas dessa taxa, pois é ilegal, pelo menos nas não taxadas, onde os correios não fazem nada, além de entregar as encomendas, como foi combinado no ato da postagem. Nesses casos a taxa é considerada sobretaxa, e portanto ilegal.

Advogados, se manifestem, por favor!

Um Abração!

Se realmente procede que as encomendas destinadas ao Sul não estão sendo taxadas se o valor total for inferior a Us 100 é uma boa noticia,entretanto não sabemos como esta sendo efetuada a fiscalização se automatica  pela declaração do remetente ou por amostragem em caso do Raio X mostrar algo inconsistente,algo assim como um celular declarado abaixo do valor real,ou pior ainda a volta da velha amostragem e ai vai a sorte.Quanto as encomendas em tese todas deveriam estar inscritas   no minhas importações se o controle fosse efetivamente informatizado como prometeram,não é o remetente que escolhe inscrever ou não tal mercadoria e sim o sistema.Se as compras internacionais aparecerem lá são taxadas e os 15 reais é aquele lançe que o correio criou para despacho pois não ganha nada com carta comum as R ou sem registro.Os chineses já se  antenaram e muitos não oferecem mais R e sim as L que é remunerada e chega rápido aqui, em um mes recebi cinco encomendas nesta modalidade e felizmentente não taxada e nem taxa extra a ser paga,claro todas elas abaixo de cem dolares,ate fiquei tentado com uns modelos novos da trumpeter e hobbyboos acima dos cem dolares mas desisti pois tenho a impressão que nunca montaria eles,mas enfim vamos acompanhar.

Quanto à informação que passei sobre a isenção, é real, foi confirmada antes de postar. é que eu estranhei que de dois anos pra cá passou tudo direto, aí fui verificar e descobri essa ordem do TRF4 à RF.

Obviamente estamos falando de pacotes onde os valores declarados são reais.

Quanto à taxa de R$15,00, acho que não me fiz entender.

Se a taxa for aplicada sobre os produtos taxados pela RF, até seria aceitável, pelo fato de haver trabalho extra dos correios. Agora, o que reclamo é que no caso de encomendas não taxadas, não há absolutamente nenhum trabalho extra realizado pelos correios, o que torna isso uma sobre-taxação, e nesse caso ilegal. É mais uma taxação criada para que o povo pague os roubos do PT & Cia.

As informações de que os 1ºs pacotes taxados são das pessoas cadastradas no "minhas Importações" foi fornecida no site dos correios.

Um Abração!

É lei federal que os produtos até 100 dolares sejam livres de taxação, mas uma grande parte do Governo e da Receita Federal se fazem de desentendidos e fizem uma regra interna (que não tem o valor que um lei tem) para taxar as importações que passem de 50 dolares por que eles sempre precisam aumentar as receitas do Governo.

 

Mas umas das maiores sacanagens na minha opinião é o que faz parte do calculo do valor máximo que pode ser isento. O valor do frete nunca deveria ser considerado na soma para se atingir os 100 dolares.

O valor de 100 dolares teriam que ser só dos produtos comprados, o frete é uma prestação de serviço que você é obrigado contratar para que os seus produtos sejam entregues. 

Sobre essa isenção que o Paulo falou no RS, infelizmente para minha pessoa não procede. Tive alguma porção de taxação em 2016 e um pouco menos em 2017. Isso para compras sempre abaixo de 100 dólares. Esse ano comprei pouco e não fui taxado.

Aproveitando, gostaria de dividir uma dúvida com vocês sobre esse novo sistema da receita e correios: fiz uma compra dos EUA de 88 dólares (já com frete somado). A encomenda chegou via Rio de Janeiro (Galeão). A receita abriu, verificou o pacote e fechou. Essa encomenda chegou ontem na minha casa. A princípio, ok, sem taxação, pois estou com a encomenda em mãos.

A dúvida que procede é que recebi no mesmo dia uma carta dos correios avisando que esta mesma encomenda se encontra no GEARI do RJ aguardando o pagamento de tributo via site dos correios. E o pior é que essa encomenda veio com a nota por fora da caixa, mostrando os exatos gastos de 88 dólares. A receita taxou sobre 110 dólares. E é a mesma encomenda, pois bate o rastreio. No rastreio dos correios, ela consta como entregue.

A dúvida é: estou com a encomenda. Pago o tributo mesmo assim? E ainda com valor errado?

Eu achei muito estranho, pois já recebi o pacote. E eles alegam que o pacote está no RJ. Muito confuso isso ....

O que você sugerem?

E se não pagar, qual encomenda que volta?

Eu tinha a dúvida se ficaria com o CPF queimado caso não pagasse o tributo, mas o boleto pode ser gerado por qualquer contribuinte ...

Eu iria aproveitar para irritar. Com a nota em mãos, iria contestar o valor e ver até onde essa historia iria dar. 

Eu fiz uma encomenda na Hannants ,que já chegou a Curitiba. Antes e depois de checar tentei incluir no "minhas importações " mas não consigo entender como este sisteminha funciona.

Fiz um questionamento no site e a resposta foi mais confusa ainda.

Em geral, sou contra privatizações. Mas o dia que privatizar essa porcaria vou rir dos funcionários. Vá trabalhar mal assim na Rússia .

 

A cobrança dos tributos é via correios,entretanto os funcionários dos correios não lançam impostos e sim cobram agora via internet e entregam então privatizar os correios não mudaria nada,tenho reebido encomendas em tempo recorde para mim esta funcionando não posso reclamar,Quanto a uma encomenda ser entregue sem o devido pagamento de tributos provavelmente foi um descuido ou erro  de um funcionário ou algo bugado do sistema,pois as noticias veiculadas sobre cobrança de impostos de importação é que seriam automaticas e só abririam em caso de suspeita de subfaturamento.Para mim o sistema tá ainda é no manual mesmo,tem pouco fiscal e as coisas são pinçadas por amostragem e o minhas impoortaçoes tá confuso eu mesmo tenho encomendas já entregues que aparecem como fora do Brasil. Uma vez que a encomenda foi recebida pelo destinatário ela é dele.Espera um pouco e vê se eles mandam outra carta,o pior que pode acontecer é a receita te intimar  a pagar o que eu acho pouco provável.  Agora se você quer pagar os impostos sobre os 88 entra no sistema e vê se   ele aceita a solicitação e fim.

Entrei no meu login no site dos correios "minhas importações" e o que eu noto é que não tem como gerar doc para pagar.

Para encomendas tributadas, o padrão no site é o seguinte: ao lado do track number, existe um ícone de cifrão para gerar o doc. E também existe uma bolinha amarela que significa que existe uma ação pendente para a entrega do pacote.

No track em questão, não existe o ícone de cifrão e a bolinha amarela é uma seta verde, indicando que não existe ação e que o status está finalizado. Portanto, não tem como pagar esse tributo.

Mas é engraçado receber esta carta. Eu acho que o Pak43 matou a charada: o sistema bugou ou ainda está no modo de teste para alguns casos.

Valeu!

CASTR0 posted:

Parece piada, mas não é ... da Turquia até o Brasil 14 dias, provavelmente de camelo rápido pois embarcaram em avião.

Mas de Curitiba até Gramado vai levar 48 DIAS ÚTEIS  e a receita já fez a parte dela.

Simulei pelo Google ( só para me irritar mais ) 

De avião são apenas 1 hora e 5 minutos ( certo... vamos dar mais tempo para desembarque e transfer de 1 hora e 20 de Porto Alegre ou Caxias)

De carro, sem parar para lanches são apenas 9 h 26 min (728.5 km) via BR-101

De bicicleta são 39 h (612.4 km) via BR-116  ... 39 horas

Caminhando toda a distancia são 127 horas (607.0 km) via BR-116 ou apenas 5 dias a pé... 

...... 5 dias ...

O pior de tudo isto é que estou pagado o transporte em avião .... Mas muitos vão dizer que não fui taxado, sim, mas não justifica a ineficiência dos Correios, e de onde se conclui que:

O Camelo é mais rápido que os  Jumentos 

 

2018-02-26 09:42
CURITIBA / PR, Forwarded, of Integrated Logistics Unit in CURITIBA / PR for Unleashed Unit without tax. Useful 48d Delivery / BR

2018-02-16 15:15
CURITIBA / PR, Received by the Brazil Post

2018-02-02 00:12
TURKEY, Forwarded, from Country in TURKEY to Unity in BRAZIL / BR

Finalmente chegou!!!!!!  

Data da chegada ao Brasil - Curitiba:  2018-02-16

Data de recebimento em Gramado: 2018-08-10

Total de dias em transito: 175 dias (25 semanas ou 5 meses e 22 dias)

O pior de tudo isto é que paguei o transporte em avião 

Alguem deve ter reclamado que os correios não estavam cumprindo aquela diretiva de entregar os R em até 40 dias uteis após a liberação da alfandega que algumas começaram a  deslanchar eu até tive uma surpresa pois compreis uns cotonetes de ponta muito fina que é usado em cosmética para tentar limpar o aerografo por dentro, foi entregue em menos de trinta dia e pasmem em um domingo que eles fizeram um mutirão,pela informação que tive dependendo do lugar o qu eles tinham para entregar foi entregue.

Eu consegui pagar pelo tal Minhas Importações. 

Estava acompanhando pelo app de rastreamento e vi que a encomenda foi retida. Entrei no site e havia um botão com um olho (Visualizar DIS).

Baixou um PDF com o valor do imposto, que estava bem errado, para mais.

Fiz a contestação pelo site, com cópia do e-mail de cobrança e do extrato do Paypal, que foi como paguei a compra.

Aceitaram a contestação, geraram um novo DIS, me aplicaram uma multa, por alguma razão hermética (BASE LEGAL DECRETO 6.759/2009 ART. 711), mais a taxa de 15 contos do correio.

Paguei pelo cartão de crédito, lá mesmo no site, e recebi a encomenda em casa.

Abri uma reclamação no correio e recebi uma resposta tão doida que acho que misturaram com a pergunta de outra pessoa.

Mas entrei de novo no rastreio e vi a linda notícia: Objeto encaminhado 
de CENTRO INTERNACIONAL em CURITIBA / PR para Unidade Operacional em Liberado sem imposto. Entrega 40d úteis / BR

:-)

Aqui as coisas estão funcionando. Nas últimas semanas recebi tudo o que estava trancado desde janeiro. Até duas encomendas que estavam dadas como perdidas.

Além disso, fiz uma compra na Hannants, postada dia 06 de agosto e recebi o pacote aqui dia 16 de agosto, liberada até sem os 15 pilas dos correios. Apenas 10 dias.

Um abração!

Fiz a contestação pelo site, com cópia do e-mail de cobrança e do extrato do Paypal, que foi como paguei a compra.

Aceitaram a contestação, geraram um novo DIS, me aplicaram uma multa, por alguma razão hermética....

É manifesta a intenção do pessoal da RF de evitar reclamações e contestação, eu tive uma encomenda sobretaxada mas decidi pagar para evitar o desgaste...

Os Correios anunciaram na segunda-feira (27) que passaram a cobrar pelo serviço de despacho postal em todas as encomendas vindas do exterior. A taxa, de R$ 15, era aplicada somente aos pacotes tributados pela Receita Federal, mas precisou ser estendida devido ao aumento das importações nos últimos anos, segundo a estatal.

taxa de despacho postal era cobrada desde 2014 para encomendas tributadas pela Receita Federal, independente do peso, medida ou tipo de produto. Esse serviço, segundo os Correios, se refere ao recebimento dos objetos, inspeção por raio X, formalização da importação, tratamento de eventuais inconformidades, recolhimento e repasse dos impostos, entre outras atividades.

A estatal afirma que estendeu a cobrança a todos os pacotes porque “com o aumento das importações, a empresa precisou injetar mais recursos na operação para manter o padrão do serviço(chega parecer piada kkk)”. Em novembro de 2017, os Correios já acusavam as lojas chinesas de burlarem as regras postais para pagar tarifas mais baixas. No começo do ano, a empresa anunciou que acabaria com a gambiarra do frete grátis.

Segundo os Correios, a taxa de despacho postal cobrada pela empresa, de R$ 15, é “quatro vezes menor que a média praticada por outros operadores logísticos para realizar procedimentos similares”. O valor pode ser pago por boleto bancário ou cartão de crédito, e o prazo de entrega passa a contar a partir da data da confirmação do pagamento.

Na prática, a medida dos Correios torna pouco atraente a compra de produtos de baixo custo em lojas do exterior, que muitas vezes desembarcavam no Brasil com frete grátis. Como a taxa é aplicada inclusive na modalidade Pequenas Encomendas Simples, a mais utilizada em compras internacionais, sem código de rastreamento, o “frete mínimo” em qualquer site chinês passa a ser de R$ 15.

Nosso "sócio", o estado, vai dar mais uma faturada e continuará a ser ineficiente, tratando mal consumidor e os funcionários dos Correios, e apesar da sobretaxa os importados continuam a ser opção mais baratas do que os produtos produzidos aqui graças a carga tributária em cascata sobre empresas e a circulação.

O nosso "estado" tira de quem produz e é útil, transferindo para o que ou quem é ineficiente, inútil ou improdutivo, merecimento aqui é palavrão, e é assim nas "democracias" onde a quantidade se sobrepõe a qualidade, mas como disse o colega, pelo menos ainda não veio a proibição ou teto de importação...  

Como eu digo, apesar dos pesares aproveitem enquanto der porque em "República Banana"  tudo é imprevisível e instável...

Boa tarde colegas, já tem algum tempo que compro na europa, alguns vendedores não aceitam ``sugestão`` de colocar o valor da compra um pouco abaixo dos 50 dolares, mesmo a compra mais o frete terem custado mais que esse valor, porém tenho notado que após trocar uns emails com os vendedores, dos quais tenho comprado com mais frequência, eles tem concordado e colocam na declaração um valor em torno de 50 dolares. Como compro mais que esse valor para compensar o frete que também é muito caro, até agora não fui taxado com o imposto de importação. Então mesmo com a cobrança desses 15 reais, se não tiver a taxa de importação não fica tão caro, embora não concorde e acho que é um abuso por parte dos correios. A propósito recebi hoje uma compra nas condições acima descritas, que passou sem cobrança de imposto e sem essa taxa de 15 reais. Boa sorte a todos. Abraços

Pessoal, faz dois dias que estou com uma encomenda parada em Curitiba aguardando o pagamento da famigerada taxa de 15 reais para liberação da entrega. O pagamento deve ser feito diretamente na página do rastreamento, e não no "Minhas Importações", já que o pacote não foi tributado. Acontece que simplesmente não consigo pagar a taxa, pois o botão "Pagar" não funciona, sempre dá erro. Liguei para o serviço de atendimento ao cliente e me disseram que o problema se deve ao excesso de acessos, e que eu deveria continuar tentando em vários horários. Já tentei entrar até à uma da manhã e não consegui. Já tentei por vários navegadores, também. Mais alguém aqui está tendo esse problema?

Saudações,

Luiz Cláudio

lcsmiranda posted:

Pessoal, faz dois dias que estou com uma encomenda parada em Curitiba aguardando o pagamento da famigerada taxa de 15 reais para liberação da entrega. O pagamento deve ser feito diretamente na página do rastreamento, e não no "Minhas Importações", já que o pacote não foi tributado. Acontece que simplesmente não consigo pagar a taxa, pois o botão "Pagar" não funciona, sempre dá erro. Liguei para o serviço de atendimento ao cliente e me disseram que o problema se deve ao excesso de acessos, e que eu deveria continuar tentando em vários horários. Já tentei entrar até à uma da manhã e não consegui. Já tentei por vários navegadores, também. Mais alguém aqui está tendo esse problema?

Saudações,

Luiz Cláudio

Tive que ir agora há pouco no correio para outros fins e perguntei sobre isso. O funcionário falou que ontem foi a implementação desse sistema e que ele está realmente com problemas. Disse para aguardar e ir tentando, pois logo logo irá regularizar. Ele me mostrou o e-mail enviado aos funcionários sobre esse problema. E as recomendações são de aguardar. É um bug mesmo.

E aquele período de 30 dias será estendido.

Resta aguardar.

Incluir Resposta

Curtidas (0)
×
×
×
×